Conto de fadas, não! Realidade.

Vacina contra HPV foi proibida em todo o Brasil [BOATO].

Assunto: Boato que circula pela Internet.
Ministério Público Federal proíbe vacina contra HPV.

Vacina contra HPV foi proibida em todo o país? 

Olá pessoal. Circula pela Internet uma informação sobre a vacina contra o HPV que tem deixado muita gente preocupada. 
Vacina contra HPV foi proibida em todo o Brasil [BOATO].
Segundo informações, "a vacina contra o HPV pode deixar seus filhos debilitados por toda a vida ou até mesmo levá-los à morte por conter metais pesados, vírus transgênicos e conservantes, além de destruir a capacidade natural do indivíduo".

Além do alerta de que a vacina contra o HPV pode causar danos à saúde. O texto também faz menção a uma "máfia que só visa lucrar". Será que essa história de que a vacina contra o HPV foi proibida em todo Brasil procede? 

O primeiro fato que precisamos considerar nesta história é que o Ministério Público Federal não pode proibir a vacina contra o HPV. O MPF pode solicitar à Justiça que proíba, conforme noticiou o portal de notícias G1. É verdade que o órgão pediu a suspensão da vacina, mas o pedido foi negado pela Justiça Federal em 27 de abril deste ano. 

A mensagem sobre a vacina contra o HPV ganhou repercussão rapidamente nas redes sociais, mas, como podemos constatar, não é verdade que o MPF proibiu a vacina.  Inclusive, o Ministério da Saúde afirma que a vacina contra o HPV continua disponível para toda a população-alvo.

Vacina contra o HPV é segura.

A vacina contra HPV é segura para as adolescentes. De acordo com  pesquisas feitas em países que adotam a imunização há mais tempo e especialistas, os riscos de ocorrerem eventos adversos são parecidos com os de outras vacinas que já fazem parte do calendário vacinal. Com informações do portal de notícias G1 e programa Bem Estar.

Conclusão

Essa história de que MPF proibiu vacina contra HPV em todo o Brasil é BOATO.

Pílula Zumbi chegou ao Brasil? 

Comentários

Veja também

Preso processa policiais após ter uma ereção de 4 dias.