Suspeito de estuprar enteada de 3 anos diz que estava sob influência de um espírito.

Suspeito de estuprar enteada de 3 anos diz que estava sob influência de um espírito.
Policiais da Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), no Distrito Federal, prenderam o padastro de uma menina de apenas três anos. Ele é acusado de estupro. O suspeito foi preso na última quarta-feira. O crime ocorreu na casa da menina.

De acordo com relatos de testemunhas, o padastro da menina tinha participado de um culto evangélico acompanhado da companheira e do sogro. Na reunião, o homem teria incorporado um espírito nominado 'Exu das almas preciosas'. O padastro teria abusado da criança por estar sob influência dessa entidade.

Em seu depoimento, o padastro contou que pode ter cometido o crime em razão da dominação do espírito. Após passar pela perícia e ser examinado pelos médicos, o homem foi indiciado e permanece preso à disposição da Justiça. Com informações do jornal Extra.

Leia também: 

Comentários

Motorista usa manequim para enganar polícia e acaba no tribunal.