Homem foi ameaçado de morte por boato no WhatsApp.

O serralheiro Carlos Luiz Batista, de 39 anos, viu sua vida mudar de uma hora para outra por causa de um boato que circula pelas redes sociais e aplicativos de mensagens, como WhatsApp. Veja que absurdo! Pegaram uma foto no perfil dele no Facebook e relacionaram a um sequestrador de crianças. Na mensagem compartilhada por milhares de pessoas, Carlos era chamado de Júlio César, um suposto morador de Mesquita, na Baixada Fluminense, que fez um “pacto com o bicho ruim” para poder “matar crianças”.  No áudio que circula pelo WhatsApp, a voz de um rapaz ainda pede que o alerta seja espalhado para o “máximo de grupos” possíveis para que Júlio fosse encontrado e “picotado”. 

Junto com o áudio estava a foto que Carlos havia acabado de usar para atualizar seu perfil do Facebook.  Em entrevista ao Portal da Band, o serralheiro disse que já recebeu diversas ameaças. "Eu virei o cara mais procurado do Rio de Janeiro. Minha foto começou a rodar por grupos de policiais e justiceiros; recebi várias ameaças”, relatou ao Portal da Band. “Soube que a foto rodou todo o Rio de Janeiro, além de outros municípios, como Duque de Caxias e Niterói, e chegou até em São Paulo e Maceió."

Carlos Luiz Batista registrou queixa na Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática e também divulgou um vídeo no Facebook, onde aparece ao lado de sua família, relatando que foi vítima de um boato maldoso. Veja o vídeo:

Quando foi registrar o boletim de ocorrência, Carlos ficou sabendo que seu caso não era o único. Muita gente compartilhar boatos, mas temos que compartilhar a verdade. Carlos é trabalhador, pai de família e foi vítima. Clique aqui para compartilhar este caso no Facebook. Para divulgar no Twitter, clique aqui!

Leia também:
Boato diz que homem ameaçou matar 30 crianças no Brasil.
Aprovado o fim do 13º salário? É notícia falsa.
Polícia descobre laboratório clandestino de Coca-Cola no Brasil?

Washington Luiz, repórter do Momento Verdadeiro.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PF deflagra 59ª fase da Operação Lava Jato.

Toffoli determina votação secreta na eleição do Senado.