sábado, 9 de fevereiro de 2019

Sete corpos de vítimas de incêndio no Flamengo foram identificados.

A Polícia Civil do Rio de Janeiro confirmou a identificação, por meio de exame de arcada dentária, de jogadores das categorias de base do Flamengo, que morreram nesta sexta-feira (8).

O primeiro deles foi Pablo Henrique da Silva Matos, 14 anos e o corpo já seguiu para Oliveira (MG), cidade de 40 mil habitantes no interior do estado. Os outros são: Arthur Vinícius Barros da Silva Freitas, que completaria 15 anos hoje (9); Vitor Isaías, de 14 anos; Samuel Thomas Rosa, de 15 anos;  Gedson Santos, de 14 anos, da cidade de Itararé (SP); Athila Paixão, de 14 anos, atacante do clube, nascido na cidade de Lagartos (SE); e o goleiro Christian Esmério Cândido, 15 anos, do Rio de Janeiro. Com isso, sobe para sete o número de jogadores identificados. Dez jovens morreram no incêndio no alojamento do CT do Flamengo.

Vítimas internadas -  Segundo a Secretaria Municipal de Saúde,  Jonathan Cruz Ventura segue internado no Centro de Tratamento de Queimados (CTQ) do Hospital Municipal Pedro II, no bairro de Santa Cruz. Os outros estão fora de perigo, são eles: Cauã Emanuel, de 14 anos, e Francisco Diego, de 15.  Eles continuam internados no Hospital Vitória, na Barra da Tijuca. Os jovens inalaram muita fumaça durante o incêndio.

Na hora do incêndio, 26 jovens dormiam no alojamento. Dez morreram, três ficaram feridos e 13 conseguiram escapar. 

A 5ª Promotoria de Justiça da Infância e da Juventude, do Ministério Público do Rio de Janeiro, instaurou nessa sexta-feira (8) procedimento administrativo para apurar responsabilidades do Flamengo no tratamento aos adolescentes das categorias de base. Na ação, o MP pediu que fossem observadas pelo clube todas as peculiaridades inerentes ao serviço de acolhimento de crianças e adolescentes, desde o acompanhamento pedagógico, social, psicológico e médico, passando pela adequação das instalações do alojamento. Na área criminal, a investigação está a cargo da 42ª Delegacia de Polícia (Recreio dos Bandeirantes) e conta com o apoio do Grupo de Atuação Especializada do Desporto e Defesa do Torcedor. Com informações da Agência Brasil.

Obrigado pela audiência.

 

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Não divulgamos links.Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do M.V News.