quinta-feira, 9 de maio de 2019

Temer se entrega à Polícia Federal em São Paulo.

Cumprindo decisão judicial, o ex-presidente Michel Temer se entregou à Polícia Federal (PF) em São Paulo. Temer vai cumprir prisão após revogação do habeas corpus que o mantinha livre. Ele deixou sua casa, na Zona Oeste da capital, e seguiu escoltado até a Superintendência da Polícia Federal na tarde desta quinta-feira.

O ex-presidente é acusado de chefiar uma organização criminosa que teria recebido mais de R$ 1 milhão em propina nas obras da usina nuclear de Angra 3, operada pela Eletronuclear. Temer foi denunciado pelo Ministério Público pelos crimes de corrupção, peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

O Ministério Público Federal do Rio de Janeiro afirma que a soma dos valores de propinas recebidas, prometidas ou desviadas pelo suposto grupo chefiado por Temer ultrapassa R$ 1 bilhão e 800 milhões de reais.

Temer ficará preso na sede da Superintendência da Polícia Federal na Lapa, Zona Oeste da capital paulista. A defesa do ex-presidente pediu nesta quinta-feira liberdade ao Superior Tribunal de Justiça. No pedido de habeas corpus, o advogado diz que não há motivos para manter Temer preso porque os fatos apurados ocorreram há muito tempo. 

O ex-presidente Temer tem direito a uma sala de estado maior, o que não há no prédio da Lapa. Por volta das 18h25, ele deixou a sede da PF para fazer exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal.

Além deste processo, Temer é réu em mais cinco ações na Justiça.

Obrigado pela audiência. Aqui você fica bem informado.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Não divulgamos links.Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do M.V News.