Após boatos de greve, policiamento segue normal no Rio de Janeiro.

Após boatos de greve, policiamento segue normal no estado do Rio de Janeiro. Ontem (09/02), o governador do Rio, Luiz Fernando Pezão, disse que a possibilidade de greve da PMERJ era um boato e que os responsáveis por isso deveriam ser presos. 

Pezão chegou a pedir ajuda da Força Nacional de Segurança para auxiliar o Governo no caso de qualquer necessidade de reforço da segurança no estado. Leia aqui.

Na manhã desta sexta-feira (10/02), alguns familiares de policiais estão fazendo protestos em alguns batalhões, porém não está atrapalhando a saída dos policiais. A movimentação é considerada normal no Rio de Janeiro e o policiamento segue nas ruas. 

Ouça a reportagem completa no vídeo acima.

Comentários

Naldo Benny pede ajuda para encontrar carro roubado do filho.