terça-feira, 30 de outubro de 2018

Mercosul não será prioridade no governo Bolsonaro, afirma Paulo Guedes.

Notícias do Momento. Aqui você fica bem informado.
Que as coisas vão mudar no governo do presidente eleito Jair Bolsonaro não restam dúvidas. A começar pela relação com o Mercosul, a organização intergovernamental que estabelece uma integração econômica configurada atualmente em uma união aduaneira, na qual há livre-comércio e política comercial comum entre os países-membros. Atualmente formada por quatro membros plenos: Argentina, Brasil, Paraguai e Uruguai - a Venezuela se encontra suspensa e a Bolívia aguarda a ratificação parlamentar de seu protocolo de adesão como membro pleno.

Se depender Paulo Guedes, futuro ministro da área econômica de Bolsonaro, o Mercosul não terá nenhuma prioridade. Recentes declarações de Guedes à imprensa geraram surpresa e desconcerto nos membros do bloco econômico. 

Analistas e diplomatas ouvidos pela BBC News disseram que as afirmações de Paulo Guedes tiveram forte impacto principalmente na Argentina, segundo maior país do Mercosul depois do Brasil.

Bolsonaro convida Moro para ministro da Justiça; Lula recomenda calma ao PT e pede apoio a Haddad.

Notícias do Momento. Aqui você fica bem informado.
Inscreva-se no canal e ative o sino para receber notificações sobre novos vídeos.

Bolsonaro deve indicar Sérgio Moro para o Ministério da Justiça ou STF.

A gente começa está edição com a informação de que o juiz federal Sérgio Moro, responsável pela Operação Lava Jato, pode ser o futuro ministro da Justiça do governo Jair Bolsonaro. Ontem à noite, o presidente eleito concedeu entrevista ao Jornal Nacional e disse que convidará Sérgio Moro para ser o futuro ministro da Justiça ou então o indicará para uma vaga de ministro do Supremo Tribunal Federal.

Lula recomenda calma ao PT e pede apoio a Haddad

De Curitiba, o ex-presidente Lula recomendou que o PT espere baixar a poeira antes de definir sua estratégia política ante o governo de Jair Bolsonaro (PSL).

Contra exílio ou cadeia, Boulos convoca manifestações.

O presidenciável Guilherme Boulos anunciou que várias cidades brasileiras terão atos nesta terça (30). O objetivo das manifestações é se contrapor ao discurso de  Bolsonaro que no último dia 21 prometeu "uma limpeza nunca vista na história desse Brasil."Entre o exílio e a prisão escolhemos a rua", disse Boulos.

Após denúncias de tortura, Exército abre inquérito para apurar caso

O Exército Brasileiro instaurou ontem um inquérito para investigar denúncias de tortura dentro do quartel, na Vila Militar, após uma operação do Exército no Complexo da Penha, em agosto. Segundo as denúncias, quatro presos informaram que foram espancados com pedaços de madeira e levaram chicotadas com fios elétricos dentro de uma sala vermelha na 1º divisão do Exército. O prazo para a conclusão do inquérito é de 40 dias.

MS vai apurar conduta de médica que condicionou alta de paciente a voto

A Secretaria Municipal de Saúde de Campo Grande (MS) informou que vai instaurar um procedimento administrativo para apurar a conduta da médica Beatriz Padovan Vilela - que, em um post no Facebook publicado neste domingo, 28, afirmou que a alta de paciente dependeria do voto de cada um, é atribuído à servidora. 

segunda-feira, 29 de outubro de 2018

Caetano Veloso, Maria Bethânia e Xuxa terão que "devolver o dinheiro da lei Rouanet

Notícias do Momento. Aqui você fica bem informado.

Integrante da base de apoio do presidente eleito Jair Bolsonaro, o ainda senador Magno Malta, que continua no exercício de seu mandato até o final do ano, uma vez que, não conseguiu se reeleger pelo estado do Espírito Santo este ano, disse ontem que a partir de janeiro do ano que vem o Congresso aprovará a posse de arma de fogo para o cidadão comum no país. Informação divulgada pela imprensa nesta segunda-feira.

Magno Malta fez um discurso no alto de um trio elétrico próximo a residência de Bolsonaro, na Barra da Tijuca, zona oeste do Rio de Janeiro. Na ocasião, o político disse ainda que não passarão no país propostas em direção a descriminalização das drogas ou do aborto.

O aliado de Bolsonaro disse também que Caetano Veloso, Maria Bethânia e Xuxa terão que "devolver o dinheiro da lei Rouanet. 

Malta afirmou que o país é cristão, formado por "católicos, evangélicos, judeus, homens e mulheres". Ele afirmou ainda que não é fake news a informação difundida pela campanha de que o kit anti homofobia tinha como objetivo "ensinar homossexualismo para crianças de seis anos".  Ao dizer isso, ele citou o nome da ministra Rosa Weber reiterando que a informação não é fake news. Malta  foi ovacionado pelo público e disse que os opositores de Bolsonaro atacam "valores de fé, de vida e da família" brasileira. As informações foram divulgadas pelo site Notícias ao Minuto.

Notícias do Momento

Bolsonaro vence em 16 unidades da Federação, Haddad em 11.

Notícias do Momento. Aqui você fica bem  informado.
Com 55,13% dos votos válidos, o candidato Jair Bolsonaro (PSL) ganhou em 15 estados e no Distrito Federal. O oponente, o candidato do PT, Fernando Haddad, liderou em 11 estados.

Bolsonaro venceu no Acre, no Amapá, no Amazonas, no Distrito Federal, no Espírito Santo, em Goiás, no Mato Grosso, no Mato Grosso do Sul, em Minas Gerais, no Paraná, no Rio Grande do Sul, no Rio de Janeiro, em Rondônia, em Roraima, em Santa Catarina e em São Paulo.

As unidades da Federação onde Bolsonaro obteve os melhores resultados foram Acre (77,22%), Santa Catarina (75,92%), Rondônia (72,18%), Roraima (71,55%) e Distrito Federal (69,99%).

Haddad venceu em Alagoas, na Bahia, no Ceará, no Maranhão, na Paraíba, em Pernambuco, no Piauí, no Rio Grande do Norte, no Sergipe, no Pará e no Tocantins. As maiores vantagens foram registradas no Piauí (77,05%), no Maranhão (73,26%), na Bahia (72,69%) e no Sergipe (67,54%).

Bolsonaro venceu em quatro das cinco regiões: Norte (51,9%), Centro-Oeste (66,55%), Sul (68,27%) e Sudeste (65,37%). Haddad venceu somente no Nordeste, com 69,69% dos votos válidos. No exterior, Bolsonaro obteve 70,98%, contra 29,02% de Haddad.

Fonte: Agência Brasil

domingo, 28 de outubro de 2018

TSE registra troca de 912 urnas e 17 prisões

Notícias do Momento. Aqui você fica bem informado.
Eleições 2018 - 2 turno
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) informou que foram registradas 912 substituições de urnas eletrônicas que apresentaram defeito em todo o país até as 10h.

Segundo o tribunal, o número representa  0,17% do total de 454,4 mil urnas utilizadas no pleito deste ano. Até o momento, não foram registrados locais com votação manual.

A Justiça Eleitoral também registrou 17 prisões por propaganda eleitoral, que é proibida no dia da eleição. As prisões foram registradas no Ceará, Distrito Federal, Pará, na Paraíba, em Pernambuco, no Paraná, em Santa Catarina e São Paulo.

Neste segundo turno, os eleitores de 13 estados e do Distrito Federal vão às urnas para escolher os governadores e vices e o futuro presidente da República. Nos outros 13 estados, as eleições para o governo estadual foram definidas no primeiro turno, e os eleitores vão votar somente para presidente.

Fonte: Agência Brasil.

sábado, 27 de outubro de 2018

Bolsonaro mantém favoritismo, mas diferença dele para Haddad diminui. Veja as últimas pesquisas Datafolha e Ibope.

Notícias do Momento. Aqui você fica bem informado.
Eleições 2018 - Pesquisas Datafolha e Ibope.

O Ibope divulgou neste sábado (27) a última pesquisa do instituto sobre a intenção de voto para o 2º turno da eleição presidencial. Segundo o instituto, Jair Bolsonaro (PSL) venceria se eleição fosse hoje. Mas a distância dele para Fernando Haddad (PT) diminuiu.

Segundo instituto, nos votos válidos, os resultados foram os seguintes: Jair Bolsonaro (PSL): 54%
e Fernando Haddad (PT): 46%.  Nos votos totais, os resultados foram os seguintes: Jair Bolsonaro (PSL): 47% - Fernando Haddad (PT): 41% - Em branco/nulo: 10% - Não sabe: 2%.

A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos - Foram entrevistados: 3.010 eleitores. O nível de confiança da pesquisa é de 95%. 

O instituto Datafolha também divulgou sua última pesquisa sobre a intenção de voto para o 2º turno da eleição presidencial neste sábado. O instituto afirma que, um dia antes da eleição, Jair Bolsonaro (PSL), mantém o favoritismo, mas a diferença dele para Fernando Haddad (PT) diminuiu. Nos votos válidos, os resultados foram os seguintes: Jair Bolsonaro (PSL): 55% e Fernando Haddad (PT): 45%.

Nos votos totais, os resultados foram os seguintes: Jair Bolsonaro (PSL): 47%. Fernando Haddad (PT): 39% - Em branco/nulo/nenhum: 8% - Não sabe: 5%.

A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos - Foram entrevistados: 18.371 eleitores em 340 municípios. O nível de confiança da pesquisa é de 95%. 

Notícias do Momento | Fonte: G1

Ciro pede que a população vote pela democracia, mas não declara apoio a Haddad.

Notícias do Momento - Aqui você fica bem informado.
O aguardado posicionamento do candidato do PDT à Presidência, Ciro Gomes não pode ser considerado uma ajuda ao candidato petista Fernando Haddad. No primeiro turno, Ciro ficou em terceiro lugar recebendo mais de 13 milhões de votos.

No vídeo, que você vai ver a seguir, Ciro Gomes diz que não quer tomar lado na disputa presidencial e pede que a população vote pela democracia, contra a intolerância e pelo pluralismo. No entanto, Ciro afirma que "ninguém está obrigado a votar contra convicções e ideologias".

sexta-feira, 26 de outubro de 2018

Bolsonaro diz que Haddad jogou Bíblia no lixo e vai acabar com a Operação Lava Jato.

Notícias do Momento. Aqui você fica bem informado.
Inscreva-se no canal e ative sino para receber notificações sobre novos vídeos.
Dê seu like e compartilhe o vídeo para ajudar o canal! Obrigado!

Já está repercutindo bastante um novo vídeo divulgado pelo candidato Jair Bolsonaro em suas redes sociais nesta sexta-feira. Na reta final da campanha presidencial, Bolsonaro denuncia que seu adversário, o candidato petista Fernando Haddad, vai acabar com a Operação Lava Jato e concederá indulto a Lula. 

No vídeo, que você vai assistir a seguir, Bolsonaro diz ainda que Haddad jogou uma Bíblia no lixo zombando da fé cristã. Segundo Bolsonaro, o candidato do PT é inimigo da família brasileira. Veja o vídeo: 

Notícias do Momento.

Haddad vai seguir em busca do apoio de Ciro Gomes até domingo.

Notícias do Momento - O candidato à Presidência da República pelo PT, Fernando Haddad, afirmou nesta quinta-feira (25), em Recife, que tem feito todos os acenos possíveis para que Ciro Gomes (PDT), terceiro colocado no primeiro turno, declare apoio à sua candidatura. No último dia 7, Ciro disse que não votaria em Bolsonaro, mas em seguida viajou para a Europa e não chegou a participar da campanha de Haddad. Ele retorna ao país amanhã (26). O PDT, partido de Ciro, declarou "apoio crítico" à candidatura de Haddad, também sem participar de atos de campanha do petista.
"Vou continuar fazendo aceno porque boto o país acima de tudo. Temos que ter humildade, tem que partir de mim o exemplo, esses gestos, para demonstrar que vamos fazer um governo amplo, de unidade nacional, democrático e popular, que vai ter que tomar medidas, mas sempre olhando quem mais precisa do Estado", afirmou Haddad. O presidenciável disse ainda que conversou novamente com o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, e pediu para que eles compartilhem o que chamou de "momento da virada" nas eleições.

O petista também comentou outros apoios recebidos nos últimos dias, como os da candidata derrotada no primeiro turno Marina Silva (Rede), do ex-presidente nacional do PSDB Alberto Goldman e do senador eleito por Pernambuco, Jarbas Vasconcelos (PMDB). "Essas pessoas se vêem obrigadas a demonstrar, por gestos, esse risco que estamos correndo. Eles sabem o que representa o Jair Bolsonaro, saído do porão da ditadura, uma pessoa que enaltece a tortura, a violência, em todo o discurso", criticou Haddad.

O presidenciável também fez um apelo pelo voto dos indecisos e voltou a direcionar críticas ao adversário: "Entre erros e acertos, nossos governos mudaram a vida de dezenas de milhões de pessoas. Vamos corrigir os erros e manter os acertos. Agora o que eles querem é transformar acerto em erro. O Bolsonaro já se comprometeu com a política econômica do Temer. Por acaso está dando certo a política econômica do Temer? Antes da eleição ele já convidou o DEM para o governo. É o caminho do desastre".

Nordeste

Após conceder entrevista à imprensa, Fernando Haddad participou de um comício na Pátio do Carmo, no centro do Recife. Ele estava acompanhado da esposa, Ana Estela, do senador Humberto Costa (PT-PE), além do governador de Pernambuco, o aliado Paulo Câmara e o prefeito da capital do estado, Geraldo Júlio, ambos do PSB.

Durante seu discurso aos apoiadores, Haddad comentou o resultado da pesquisa do Instituto Datafolha, divulgado na noite de hoje e afirmou estar confiante em uma virada. "No Datafolha, em três dias, a distância entre nós caiu seis pontos. O Bolsonaro disse no domingo que vai varrer a oposição. Pois ele não vai ter oposição porque ele não vai ser governo. Nós vamos virar", disse. Segundo o levantamento, considerando os votos válidos, Bolsonaro tem 56% da preferência, enquanto Haddad aparece com 44%. No levantamento anterior, os candidatos tinham 59% e 41%, respectivamente.  

Haddad segue em agenda pelo Nordeste durante esta sexta-feira. Pela manhã, participa de uma caminhada no centro de João Pessoa. À tarde, embarca para Salvador onde terá um encontro, a partir das 16h, com artistas, no bairro de Ondina e depois também faz uma caminhada na região. Às 20h, participa da última sabatina antes das eleições, na TVE da Bahia, com transmissão simultânea pela Rádio Educadora da Bahia e redes sociais.  

Notícias do Momento - Fonte: Agência Brasil

Bolsonaro promete "dar um ippon" na corrupção, violência e ideologia.

Notícias do Momento - O candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, pediu hoje (25) tranquilidade no dia 28 aos eleitores independentemente de suas escolhas. Com uma faixa preta de jiu-jitsu na cintura, ele prometeu “dar um ippon [termo usado em artes marciais para golpe perfeito] na corrupção, na violência e na ideologia”. Ao mencionar ideologia, ele se referiu à educação.
Bolsonaro promete "dar um ippon" na corrupção, violência e ideologia.
“Quais são as máximas nas escolas públicas hoje, não interessa o nível delas? É a formação de militantes. Queremos uma escola sem partido. Não é não discutir política. Você pode discutir política, mas não pode ter um aluno com uma posição diferente do professor e ter nota rebaixada ou ser reprovado de ano. Essa ideologia tem que deixar de existir no nosso Brasil.”

A afirmação foi feita durante entrevista coletiva à imprensa, após o candidato ser presenteado com uma faixa preta de jiu-jitsu, do mestre Robson Gracie, considerado uma das maiores referências de artes marciais no mundo.

Mais uma vez, Bolsonaro criticou o que chama de “kit gay”, que seria um conjunto de conteúdos sobre gênero e orientação sexual, que não chegou a ser distribuído pelo governo federal. Segundo ele, o Estado não tem que interferir no assunto. “Minha luta é contra [tratar disso] no material escolar. Quem trata de sexo é papai e mamãe”, disse o candidato, reconhecendo que incentivou a discussão para esclarecer o que defende.

Cultura

Questionado se pensa em fundir os ministérios da Educação e Cultura, o candidato evitou responder. Porém, criticou o que classifica como má aplicação dos recursos da Lei Rouanet – como são disponibilizados os recursos para os projetos artísticos-culturais. Segundo ele, a Cultura no país tem de ser tratada com respeito. “Não tem que mudar a lei, mas temos que tratar com carinho os recursos”, disse.

Política externa

Bolsonaro negou que pretenda romper com o Acordo de Paris, assinado pelo Brasil e mais 194 países há três anos, e que se compromete a reduzir emissões de gases de efeito estufa (GEE) no contexto do desenvolvimento sustentável. Segundo ele, manterá os compromissos do Brasil, desde que sejam dadas garantias de que o país não perderá soberania sobre parte do território da Amazônia.

“Vamos então colocar no papel que não está em jogo vincular a independência de nenhuma terra indígena, que mantenho o Acordo de Paris.”

Imigrantes em Roraima

Se eleito no domingo (28), Bolsonaro tem uma proposta pronta para tentar resolver a crise dos imigrantes venezuelanos. De acordo com ele, a alternativa é a construção de campos de refugiados, argumentando que o estado de Roraima “não suporta” a quantidade de pessoas que vem recebendo.

O candidato rebateu a hipótese de fechamento da fronteira. “É uma fronteira seca e muito extensa. Não teria como fechá-la.” Ele afirmou ainda que pretende recorrer à Organização das Nações Unidas (ONU) para buscar soluções para o impasse.

Questionado sobre a relação com governantes de outros países da região, Bolsonaro afirmou que já conversou com o presidente da Argentina, Maurício Macri, e disse que vai buscar o diálogo com os outros vizinhos.

Eleições

A três dias das eleições, Bolsonaro recebeu jornalistas brasileiros e estrangeiros, após passar mais de três horas na casa do empresário Paulo Marinho, onde tem feito gravações de campanha e alguns encontros políticos. Em um tom mais suave, ele comparou as vésperas do segundo turno aos momentos finais de disputa no futebol.

“Não estamos disputamos o final de um campeonato. O que está sendo colocado em jogo agora, no próximo domingo, é o destino do Brasil nos próximos quatro anos. O voto responsável é que poderá fazer o Brasil melhor para todos.”

Bolsonaro assegurou que vai votar no domingo, afastando rumores de que ficaria em casa, e descartou preocupação com o que classificou como “oscilação” de pesquisa diante da queda de dois pontos percentuais na intenção de votos, apontada na última pesquisa Ibope.

Notícias do Momento. Fonte: Agência Brasil.

Datafolha: Bolsonaro tem 56%; Haddad, 44% — General diz que Bolsonaro não vai a debate por ameaça 'terrorista'.

Notícias do Momento. Aqui você fica bem informado.

Em meio a preocupação com fake news, Raquel Dodge se reúne com OEA

A gente começa está edição com a notícia de que a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, reúne-se hoje (26) à tarde com integrantes da Missão de Observação Eleitoral da Organização dos Estados Americanos (OEA). O encontro ocorre a dois dias do segundo turno e logo depois de a chefe da missão chamar de fenômeno “sem precedentes” a disseminação de notícias falsas na internet e aplicativos. A difusão de fake news se tornou assunto recorrente no país desde o primeiro turno das eleições. 

O grupo de observadores reúne 48 especialistas de 38 nacionalidades. Eles vão se dividir entre o Distrito Federal e 11 estados para o acompanhamento do segundo turno das eleições. Ao final, será elaborado um relatório que vai ser encaminhado à Organização dos Estados Americanos.

Datafolha divulga terceira pesquisa para presidente no segundo turno

O Datafolha divulgou nesta quinta-feira (25) o resultado da mais recente pesquisa do instituto sobre o 2º turno da eleição presidencial. O levantamento foi realizado nesta quarta-feira (24) e quinta-feira (25) e tem margem de erro de 2 pontos, para mais ou para menos. Nos votos válidos, os resultados foram os seguintes: Jair Bolsonaro (PSL): 56% e Fernando Haddad (PT): 44%. No levantamento anterior, Bolsonaro tinha 59% e Haddad, 41%. Para calcular os votos válidos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição. Segundo o Datafolha, a pesquisa foi feita entres o dias 24 e 25 de outubro e ouviu 9.173 eleitores. O nível de confiança segundo o instituto é de 95% considerando a margem de erro, que é de 2 pontos, para mais ou para menos.

Bolsonaro não vai a debate por ameaça de "atentado terrorista"

O general da reserva do Exército Augusto Heleno afirmou em vídeo divulgado na tarde desta quinta-feira no Twitter - que o candidato Jair Bolsonaro, não comparecerá a debates antes do segundo turno das eleições porque há uma ameaça do candidato ser alvo de um "atentado terrorista" - que estaria sendo articulado por uma "organização criminosa". Segundo o general Heleno, que é um dos principais integrantes da campanha de Bolsonaro e, já foi até anunciado por Bolsonaro como futuro ministro da Defesa, há uma "recomendação de que toda vez que fosse sair de casa fizesse um vasculhamento no entorno da casa dele e jamais saísse de casa com hora marcada".

O vídeo com a fala de Heleno foi divulgado no Twitter numa conta intitulada "General Mourão", em referência ao candidato a vice-presidente da chapa, o também general da reserva do Exército Hamilton Mourão. A agencia Reuters tentou entrar em contato com o general Heleno a fim de obter detalhes sobre as declarações, mas, até o momento, não teve retorno.

Garotinho perde guerra contra desembargador no TRF-2

O Tribunal Regional Federal da 2ª Região negou nesta quinta-feira o pedido do ex-candidato ao governo do Rio de Janeiro Anthony Garotinho que questionava a parcialidade do desembargador Marcello Granado. Garotinho argumentou que o magistrado era favorável ao candidato e ex-juiz Wilson Witzel, do PSC, porque Granado replicou no Facebook postagem do procurador de Justiça Marcelo Rocha Monteiro sobre uma entrevista de Witzel a um jornal, como o blog publicou em primeira mão.

Para o desembargador Abel Gomes, o Granado apenas compartilhou em seu perfil a postagem do promotor. Gomes explicou que o ex-juiz fala na matéria sobre questão jurídica envolvendo a legítima defesa e que, por isso, o promotor de justiça a replicou com o comentário “até que enfim um candidato que conhece o Código Penal”. Gomes entendeu que a motivação do magistrado, que é professor de direito processual penal, foi acadêmica e não política.

Notícias do Momento

quinta-feira, 25 de outubro de 2018

Rosinha Garotinho terá que pagar R$100 mil de indenização ao desembargador Luiz Zveiter.

Notícias do Momento. Aqui você fica bem informado.

Ex-governadora do Rio de Janeiro é condenada a pagar R$ 100 mil por danos morais. Por determinação do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, Rosinha Garotinho terá que pagar R$ 100 mil por acusações sem provas ao ao desembargador Luiz Zveiter. 

Segundo a decisão, Rosinha Garotinho teria indicado que desembargador era responsável por corrupção passiva, associação criminosa e constrangimento ilegal. A ex-governadora utilizou o blog e o Facebook de seu marido, o também ex-governador Anthony Garotinho, para realizar publicações contra o desembargador.

A assessoria de Rosinha Garotinho informou que a ex-governadora vai recorrer da decisão. 

Notícias do Momento

Com críticas ao PT, Roberto Justus declara apoio a Bolsonaro.

Eleições 2018. Segundo turno. Na reta final, Bolsonaro ganhou mais um apoio. O apresentador de TV e também empresário Roberto Justus gravou um vídeo declarando publicamente seu apoio ao candidato Jair Bolsonaro.  

No vídeo, que você vai ver a seguir, Roberto Justus faz criticas contundentes em relação a administração do Partido dos Trabalhadores e diz ainda que Bolsonaro, mesmo sendo polêmico, tem boa vontade e não tem compromisso com ninguém. Veja o vídeo:

LEI Nº 8.213: Período de Carência e Salário de Benefício.

Prepara-se para o Concurso do INSS. Ola, bem vindo! Este é sexto vídeo da série sobre Direito Previdenciário. Continuamos a leitura da Lei 8.123. Colabore, ajude o canal. Inscreva-se e ative o sino para receber notificações sobre novos vídeos. Dê seu like. Compartilhe o vídeo nas redes sociais.

Neste vídeo, para você que quer saber mais sobre a Previdência Social, vamos abordar os períodos de carência e vamos dar inicio a seção 3, que trata do cálculo do valor dos benefícios.  A subseção primeira, trata do salário de benefício. Os artigos 24, 25, 26 e 27 são destinados aos períodos de carência. Do artigo 28 ao 32, começa a questão do cálculo do valor dos benefícios. Começando pelo Salário de Benefício.

Concurso do INSS

Bolsonaro afirma que Haddad só chegará ao poder 'com fraude'; Placas do Mercosul são suspensas em todo Brasil.

Notícias do Momento. Aqui você fica bem informado!

TSE nega pedido de Haddad para entrevista em horário de debate na Globo

O ministro Sérgio Banhos, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), negou na noite desta quarta-feira pedido feito pela campanha do candidato do PT à Presidência, Fernando Haddad, que tentava obrigar a TV Globo a entrevistar o petista no horário previsto para que a emissora realizasse o debate com o adversário dele no segundo turno, o líder das pesquisas de intenção de voto, Jair Bolsonaro (PSL). Segundo o ministro, a legislação citada pelos advogados de Haddad não impõe que a emissora tenha que entrevistar o candidato do PT.

Bolsonaro afirma que Haddad só chegará ao poder 'com fraude'

O candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, declarou, nesta quarta-feira, que seu adversário na disputa, Fernando Haddad (PT), só chegará ao poder por meio de "fraude". Bolsonaro manifestou principalmente sua desconfiança em relação à cidade de São Paulo, onde obteve 44% dos votos no primeiro turno contra 19% para Haddad. A última pesquisa atribui 51% para o candidato do PT e 49% para Bolsonaro, um empate técnico. Durante a campanha, Bolsonaro já havia questionado abertamente a confiabilidade do sistema de voto eletrônico. No primeiro turno, em 7 de outubro, Bolsonaro obteve 46% dos votos, e ao conhecer os resultados denunciou que "problemas" com as urnas eletrônicas o impediram de vencer por maioria absoluta.

Gilmar Mendes arquiva outro inquérito contra Aécio Neves

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou o arquivamento de um inquérito contra o senador Aécio Neves (PSDB-MG), no qual é investigado por supostamente ter atuado para fraudar registros do Banco Rural remetidos à Comissão Parlamentar Mista de Inqúerito (CPMI) dos Correios, em 2005.O arquivamento havia sido pedido pela Procuradoria-Geral da República em setembro. Gilmar Mendes acatou os argumentos da PGR. Este é o segundo inquérito contra Aécio arquivado pelo ministro este ano.

Placas do Mercosul são suspensas em todo Brasil.

O Conselho Nacional de Trânsito anunciou nesta quarta-feira (24) a suspensão das novas placas do Mercosul, após acatar liminar do Tribunal Regional Federal da 1ª região (TRF-1). O estado do Rio de Janeiro, que tinha sido o primeiro a adotar o sistema, terá de parar a instalação. Em comunicado, o Contran disse que recorreu da decisão, por meio da Advocacia-Geral da União (AGU), e "aguarda no mérito ou em instância superior a possível mudança da decisão final".

quarta-feira, 24 de outubro de 2018

PT vai ao TSE para tentar garantir entrevista de Haddad na Globo após debate cancelado.

Notícias do Momento. Aqui você fica bem informado!

Uma notícia que acaba de chegar é a de que a campanha de Fernando Haddad entrou hoje com um pedido no Tribunal Superior Eleitoral para garantir que o petista seja entrevistado pela TV Globo no horário que estava previsto para que a emissora realizasse o debate do petista com Bolsonaro no segundo turno. 

O debate ocorreria na próxima sexta-feira, entretanto, o candidato Bolsonaro já anunciou que não vai comparecer. Para a campanha de Haddad, a posição da Globo de cancelar o debate após o não comparecimento de Bolsonaro "não coaduna com o interesse público e, principalmente, com a lisura e rigidez do processo eleitoral verdadeiramente democrático".

A campanha de Haddad argumenta que apesar de haver a liberalidade de um player não participar do debate, isto não pode significar a ausência de sua realização, sob pena de deixar o espaço político, próprio deste evento tradicional, vazio e, por conseguinte, prejudicado o processo de escolha do próximo Presidente da República. Com isso, a defesa de Haddad pede a concessão de uma liminar para garantir o direito do petista de ser entrevistado no horário previsto pela emissora para o debate.

Ontem o Ibope divulgou o resultado da segunda pesquisa sobre o 2º turno da eleição presidencial. Nos votos válidos, os resultados foram os seguintes: Jair Bolsonaro (PSL) tem 57% e Fernando Haddad (PT), 43%. Na pesquisa anterior, Bolsonaro tinha 59% e Haddad, 41% dos votos válidos.

Notícias: Exército quer investigação sobre coronel que ameaçou o TSE; Bolsonaro e Haddad: Ibope divulga índice de rejeição.

Notícias do Momento. Aqui você fica bem informado.
Ouça a reportagem completa no vídeo abaixo:

2ª Turma do STF pedirá à PGR investigação sobre vídeo com ofensas a Rosa Weber

A gente começa está edição com a notícia de que a 2ª Turma do STF decidiu pedir à PGR  investigação sobre vídeo com ofensas a Rosa Weber. Nesta terça-feira, os ministros aprovaram, por 5 votos a zero, o requerimento para que a Procuradoria Geral da República (PGR) investigue o vídeo publicado na internet com ofensas à presidente do Tribunal Superior Eleitoral, Rosa Weber, e a outros ministros do tribunal.

Ibope aponta opinião dos eleitores sobre Bolsonaro e Haddad com índice de rejeição

Ontem o Ibope divulgou nova pesquisa de intensão de votos para presidente apontando qual a opinião dos eleitores sobre os candidatos, índices de rejeição e certeza do voto. Para medir os índices, o Ibope perguntou: "Para cada um dos candidatos a Presidente da República citados, gostaria que o(a) sr(a) dissesse qual destas frases melhor descreve a sua opinião sobre ele". Na sequência, o entrevistado apontava se "com certeza votaria nele", "poderia votar nele", "não votaria nele de jeito nenhum", "não o conhece o suficiente para opinar".

MP Eleitoral processa Crivella por uso da máquina administrativa

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, poderá ser multado por conduta vedada nas eleições pela Procuradoria Regional Eleitoral do Rio de Janeiro. A ação por conduta vedada de agente público teve origem no uso da estrutura da Comlurb em prol das candidaturas de Eduardo Lopes, Crivella Filho e Alessandro Costa num evento em 13 de setembro.

Bolsonaro chama movimentos sociais de 'coitadismo' e diz que vai 'acabar com isso'.

Em entrevista à TV Cidade Verde, do Piauí, Bolsonaro classificou como "coitadismo" os movimentos sociais que defendem as causas de grupos minoritários. O presidenciável afirmou que "tudo é coitadismo no Brasil" e que vai "acabar com isso".  Ouça a reportagem completa no  vídeo acima.

Notícias do Momento

terça-feira, 23 de outubro de 2018

Notícias: Sem Bolsonaro, Globo cancela debate; Haddad recebe apoio de torcidas organizadas.

Notícias do Momento. Aqui você fica bem informado.

A gente começa esta edição falando sobre o desfecho de um suposto sequestro envolvendo uma cabeleireira. O caso já foi solucionado pela Polícia Civil de Mato Grosso, que descobriu que não houve nenhum sequestro. Na verdade, segundo informações da polícia, Alline Figueiredo da Cruz, de 28, anos, que era considerada desaparecida desde a última quarta-feira (17), simulou um sequestro para ficar com o amante dela, Marcelo de Souza Arruda. Eles se conheceram pelo Facebook.

Alline foi encontrada no último domingo dizendo que foi vítima de sequestro. No entanto, em depoimento à polícia, ela confessou que simulou o desaparecimento para ficar com Marcelo. O casal viajou para uma propriedade rural no Distrito de Mimoso.

Sem Bolsonaro, TV Globo cancela debate do 2º turno

Globo cancela debate. Em time que está ganhando não se mexe! Bolsonaro, liderando todas as pesquisas de intenção de votos para presidente, e praticamente com a faixa presidencial nas mãos, sem ter que enfrentar o cara a cara com seu adversário, o petista Fernando Haddad, já deixou claro que neste momento não tem nenhum interesse em participar de debate na TV. Ciente disso, a TV Globo confirmou, ontem à noite, o cancelamento do debate televisivo entre os candidatos à Presidência, Jair Bolsonaro e Fernando Haddad, que estava marcado para a próxima sexta-feira (26). A decisão foi anunciada depois que a campanha do PSL informou à emissora que o capitão reformado não participará do evento por questões de saúde.

Dólar inicia a semana em baixa - A cotação da moeda norte-americana fechou o primeiro pregão da semana em baixa de 0,74%, cotada a R$ 3,68. O Ibovespa, índice da B3, também começou a semana em alta, registrando valorização de 1,63%, com 85.596 pontos. Os papéis de grandes empresas também fecharam o pregão de hoje em alta, como Petrobras com valorização de 2,35%, Vale com alta de 3,25% e Itau subindo 1,46%.

Petista recebe apoio de torcidas organizadas - Nesta segunda-feira, Fernando Haddad recebeu o apoio de 69 torcidas organizadas e coletivos de futebol em um ato de campanha em São Paulo. Torcedores do Corinthians, do Palmeiras e de outros clubes subiram ao palco do teatro da PUC-SP, ergueram bandeiras e gritaram em apoio ao petista. Ao redor de Haddad, os torcedores fizeram uma versão do "poropopó", canto tradicional das arquibancadas para provocar o adversário. Os organizados entregaram ao presidenciável um manifesto no qual se dizem a favor da democracia e contra o fascismo que eles vêem representado na candidatura de Jair Bolsonaro, do PSL. Os torcedores citaram uma fala recente de Bolsonaro para argumentar que, caso eleito, o candidato agiria para acabar com as organizadas.

Militares terão espaço, mas não vão ocupar 1/3 dos ministérios. Em entrevista ao programa Conexão Repórter, do SBT, o presidenciável Jair Bolsonaro afirmou que os militares não ocuparão um terço do seu ministério, caso eleito. Bolsonaro também disse que a permissão de posse de armas pela população será um projeto apresentado logo no início do seu eventual governo. Bolsonaro ainda sugeriu o porte de armas para caminhoneiros com o objetivo de combater o roubo de cargas. Na entrevista, o presidenciável negou que haja risco de fechar o Congresso

segunda-feira, 22 de outubro de 2018

Ministros do Supremo Tribunal Federal reagem a fala do filho de Bolsonaro.

Notícias do Momento. Aqui você fica bem informado.
Ministros do Supremo reagiram a fala de Eduardo Bolsonaro.
O filho de Bolsonaro se envolveu em uma enorme polêmica ao responder uma pergunta durante um curso preparatório para o concurso da Polícia Federal. Eduardo Bolsonaro disse que “basta um soldado e um cabo” para fechar o Supremo Tribunal Federal (STF).

Acontece que a divulgação do vídeo provocou reações intensas entre os ministros do Supremo Tribunal Federal, responsável por resguardar o cumprimento da Constituição. Desde ontem, ao menos três ministros já vieram a público repudiar as declarações de Eduardo Bolsonaro.  

O ministro Celso de Mello,  decano do Supremo, tachou de “golpista” a declaração do filho do Bolsonaro. O ministro disse que foi uma declaração, "além de inconsequente e golpista, que mostra bem o tipo (irresponsável) de parlamentar, cuja atuação no Congresso Nacional, mantida essa inaceitável visão autoritária, só comprometerá a integridade da ordem democrática e o respeito indeclinável que se deve ter pela supremacia da Constituição da República”, afirmou o magistrado, por escrito", ao jornal Folha de S.Paulo.

Já o ministro Marco Aurélio Mello afirmou que vivemos “tempos estranhos” e que a fala de Eduardo Bolsonaro representa uma falta de “respeito com as instituições pátrias”.

Para a ministra Rosa Weber, do STF e também presidente do TSE, os juízes brasileiros não devem “se abalar” com uma declaração que é, na sua visão, “de todo inadequada”.

Notícias do Momento

INSS: Direito Previdenciário (Lei 8.123) — Espécies de Benefícios e Serviços.

Direito Previdenciário - Chegamos ao capítulo 2 da LEI Nº 8.213, DE 24 DE JULHO DE 1991. Que dispõe sobre os Planos de Benefícios da Previdência Social. Este capítulo trata das prestações em geral. Das Espécies de Prestações e vai do artigo 18 ao artigo 23. 

Veja o vídeo:

Jair Bolsonaro nega que fecharia STF e defende Eduardo Bolsonaro.

Notícias do Momento. Aqui você fica bem informado.
Bolsonaro nega que fecharia STF e defende filho.
Está repercutindo bastante um vídeo em que Eduardo Bolsonaro, filho do presidenciável Jair Bolsonaro, diz que o Supremo Tribunal Federal poderia ser fechado por militares caso a candidatura de seu pai fosse barrada. 

"O pessoal até brinca lá: se quiser fechar o STF, você sabe o que você faz? Você não manda nem um jipe. Manda um soldado e um cabo. Não é querer desmerecer o soldado e o cabo não," comentou Eduardo Bolsonaro ao ser questionado sobre a possibilidade de o Supremo Tribunal Federal impedir que Bolsonaro assumisse a presidência se ele vencesse no primeiro turno das eleições e se o Exército poderia agir nesse caso.Veja agora um trecho do vídeo:

Eduardo Bolsonaro se manifestou numa rede social sobre o vídeo. Ele disse que apenas respondeu a uma "hipótese esdrúxula" sobre a impugnação de Jair Bolsonaro sem qualquer fundamento. Ele afirmou que jamais acreditou nessa possibilidade, mas que, se algo parecido acontecesse seria algo fora da normalidade democrática. E que citou apenas uma brincadeira que diz ter ouvido na rua. Eduardo Bolsonaro disse que se foi infeliz e atingiu alguém, pede desculpa tranquilamente e diz que não era a intenção dele. 

Bolsonaro se pronunciou sobre o caso. Ontem, ele negou a jornalistas que exista a possibilidade de o Supremo Tribunal Federal ser fechado. "Se alguém falou em fechar o STF, precisa de psiquiatra', disse Bolsonaro. O candidato disse ainda que desconhece o vídeo e que duvida que Eduardo tenha feito a afirmação. "Alguém tirou de contexto".

Notícias do Momento

domingo, 21 de outubro de 2018

Direito Previdênciário: Dependentes do segurado - Lei 8.123, de 24 de julho de 1991

Concurso do INSS - Direito Previdenciário - Neste vídeo a gente continua a leitura do sobre o Plano de Benefícios da Previdência Social, assunto tratado no terceiro título da Lei Lei 8.123, de 24 de julho de 1991, o vídeo anterior foi sobre os beneficiários segurados, este será sobre os dependentes do segurado.  O artigo que trata sobre este tema é o décimo sexto.

Veja o que diz a lei:

Tiririca garantirá R$ 17 milhões ao Partido da República nos próximos 4 anos.

Notícias do Momento. Aqui você fica bem informado.

Deputado reeleito, pela terceira vez seguida, o humorista Tiririca vai garantir 17 milhões de reais nos cofres do PR. Isso vai ocorrer porque, devido ao número de votos que conquistou, Tiririca será uma das principais fontes de recursos públicos para o PR, seu partido, nos próximos quatro anos.

Tiririca recebeu mais de 450 mil votos do eleitorado paulista e à regra que distribui os recursos do Fundo Partidário segundo a votação recebida por cada partido na eleição para a Câmara dos Deputados. De acordo com informações do jornal Estadão, se as regras não mudarem e o valor do Fundo Partidário se mantiver próximo ao nível atual, o PR terá, nos próximos quatro anos, um retorno superior a 1.300% sobre o investimento feito na campanha dele.

Para promover a candidatura  de Tiririca, o PR gastou R$ 1 milhão e 200 mil reais. Cabendo ressaltar que entre 2015 e 2018, Tiririca rendeu cerca de R$ 50 milhões para o PR, em valores atualizados, somente de recursos do Fundo Partidário – sem considerar o Fundo Eleitoral, que também é calculado segundo a votação.

Em seu primeiro discurso na tribuna da Câmara, Tiririca fez um desabafo e chegou a dizer que abandonaria a política. Mas, ao que parece, tudo não passava de mais uma piada. 

Depois dizem que pior do que está não fica!

Notícias do Momento

sábado, 20 de outubro de 2018

Tribunal Superior Eleitoral abre ação sobre compra de mensagens anti-PT no WhatsApp.

Notícias do Momento. Aqui você fica bem informado.
Agora é oficial: O Tribunal Superior Eleitoral abriu ação sobre mensagens anti-PT no WhatsApp.

Na última sexta-feira, o corregedor-nacional da Justiça Eleitoral, ministro Jorge Mussi, decidiu abrir ação de investigação judicial pedida pelo Partido dos Trabalhadores para que sejam investigadas as acusações de que empresas compraram pacotes de disparos em larga escala de mensagens no WhatsApp contra a legenda e a campanha de Fernando Haddad à Presidência, segundo informações do jornal Estadão. 

A partir de agora, Bolsonaro,  Hamilton Mourão e empresários, que foram apontados na ação do PT, tem 5 dias para apresentar defesa no processo. Ouça a reportagem completa no vídeo acima!

Notícias do Momento

sexta-feira, 19 de outubro de 2018

Processo contra Jair Bolsonaro já tem relator no Tribunal Superior Eleitoral.

Notícias do Momento. Aqui você fica bem informado. 
O processo contra o candidato Jair Bolsonaro já tem relator definido no  Tribunal Superior Eleitoral.
A ação movida pelo Partido dos Trabalhadores já está na mãos do ministro Jorge Mussi.

Já falei sobre esta ação em outro vídeo, que você pode ver clicando no card acima, também evou deixar como sugestão no final deste vídeo. Esse processo, que pede a inelegibilidade de Bolsonaro, é baseado em  uma reportagem do jornal Folha de S. Paulo, denunciando um esquema em que empresas pagaram em torno de 12 milhões de reais pelo envio de conteúdos contra Haddad no WhatsApp.

O PT espera que ao final das investigações, o processo seja julgado procedente e com isso, Bolsonaro seja considerado inelegível por abuso de poder econômico e uso indevido dos meios de comunicação. Os advogados do PT também afirmam que a campanha de Bolsonaro é beneficiada pela proliferação de fake news nas redes sociais. 

Jair Bolsonaro negou que sua campanha tenha relação com notícias falsas disseminadas no WhatsApp e redes sociais contra seu adversário. 

Notícias do Momento.

Notícias: PSL nega caixa 2 na campanha de Bolsonaro; Moro diz que não 'inventou' depoimento de Palocci.

Notícias do Momento -  Aqui você fica bem informado.

PSL nega caixa 2 na campanha de Bolsonaro

O presidente do PSL, Gustavo Bebiano, negou que a campanha do candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro, tenha feito uso de caixa 2. Ele se referiu às denúncias veiculadas na imprensa sobre a existência de um grupo de empresários apoiadores de Bolsonaro que financiaria o envio em massa de mensagens falsas via WhatsApp. Gustavo afirmou que denunciação caluniosa é crime. Segundo ele, Haddad será processado e precisará responder pelas suas alegações.

PGR diz que fake news não convêm à democracia nem ao eleitor

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, alertou que a disseminação de conteúdo falso não convém à democracia nem ao eleitor. Ela advertiu que o foco das campanhas políticas deve ser o eleitor. Raquel Dodge ressaltou ainda que a liberdade de expressão deve ser garantida, mas abusos não devem ocorrer. O combate à divulgação de notícias falsas nas redes sociais, as chamadas fake news, foi tema principal de uma reunião hoje conduzida por Raquel Dodge com procuradores eleitorais e os advogados das campanhas de Bolsonaro e Haddad, além do ministro Edson Fachin, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), e o ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann.

Bolsonaro deveria ir a debates

Para 73% brasileiros, o candidato do PSL à Presidência da República, Jair Bolsonaro, deveria comparecer a debates contra seu adversário no segundo turno, Fernando Haddad (PT). O número representa ser esta a posição, portanto, de três a cada quatro brasileiros entrevistados pelo instituto Datafolha, em nova pesquisa que foi divulgada na noite desta quinta-feira 18.

Outros 23% consideram que o presidenciável não deveria comparecer, enquanto 4% não souberam responder à pergunta. Dos entrevistados, 67% disseram considerar os debates como importantes para a decisão de voto nas eleições. Ao todo, 13% disseram considerar “um pouco importante”, enquanto 19% não levam os encontros  transmitidos pela televisão em consideração. A pesquisa Datafolha ouviu 9.128 pessoas entre os dias 16 e 18 de outubro. 

Moro diz que não 'inventou' depoimento de Palocci

Em resposta ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ) - que pediu explicações suas a partir de representação do PT -, o juiz federal Sérgio Moro afirmou que não 'inventou' o depoimento do ex-ministro Antonio Palocci (Fazenda/Casa Civil-Governo Lula e Dilma) e que não houve de sua parte 'qualquer intenção de influenciar as eleições gerais de 2018'. O corregedor nacional de Justiça, ministro Humberto Martins, havia pedido informações ao juiz da Operação Lava Jato, em 4 de outubro, pela retirada do sigilo de trecho da delação premiada de Palocci.

quinta-feira, 18 de outubro de 2018

PT move Ação de Investigação Judicial Eleitoral com pedido de inelegibilidade de Bolsonaro.

Notícias do Momento. Aqui você fica bem informado.
PT move ação contra Bolsonaro e pede inelegibilidade do candidato.

O Partido dos Trabalhadores tomou uma atitude inesperada na reta final do segundo turno em relação ao candidato Jair Bolsonaro, que vem liderando todas as pesquisas de intenção de voto para presidente. Nesta quinta, o PT protocolou uma Ação de Investigação Judicial Eleitoral (Aije) junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Na ação, o Partido dos Trabalhadores pede a inelegibilidade de Bolsonaro, entre outras medidas, em função do suposto esquema de propagação de notícias falsas contra o partido pago por empresários.

No Twitter, Bolsonaro disse que o PT não está sendo prejudicado por fake news, mas pela VERDADE. O candidato do PSL disse ainda que roubaram o dinheiro da população, foram presos, afrontaram a justiça, desrespeitaram as famílias e mergulharam o país na violência e no caos. Segundo Bolsonaro, os brasileiros sentiram tudo isso na pele, não tem mais como enganá-los.

LEI 8.123: Regime Geral de Previdência Social e Beneficiários

Concurso do INSS - Direito Previdenciário - Neste vídeo você vai aprender sobre o Plano de Benefícios da Previdência Social assunto tratado no segundo título da Lei Lei 8.123, de 24 de julho de 1991. O 9º artigo traz um capítulo único sobre os Regimes de Previdência Social. Também entramos no terceiro título da Lei 8.123, que trata sobre o Regime Geral de Previdência Social e começa com os Beneficiários, vai do 10º ao 15º artigo, com parágrafos, incisos e alíneas.

Direito Previdenciário - Veja outros vídeos e prepare-se para o Concurso do INSSTécnico do Seguro Social e Analista do Seguro Social.


Vamos preparar mais vídeos. Ajude a manter este trabalho. Faça uma doação! 
Banco Santander - Agência:1471 Conta Corrente: 01.032460.5
ou via Paypal: wgtoffer@gmail.com 

Votos válidos: Bolsonaro tem 60,9%; Haddad, 39,1%, mostra Paraná Pesquisas.

Notícias do Momento. Aqui você fica bem informado. Eleições 2018. Novo levantamento realizado entre os dias 14 e 17 de outubro de 2018, pelo instituto Paraná Pesquisas, mostra que o candidato ao Planalto pelo PSL, Jair Bolsonaro, lidera a corrida presidencial do 2º turno. 

Bolsonaro tem 60,9% das intenções de voto, enquanto seu adversário, Fernando Haddad (PT), aparece com 39,1%. Os números se referem a votos válidos, sem considerar brancos, nulos e indecisos.

Considerando as intenções de voto totais, Bolsonaro tem 52,9% e Haddad tem 33,9%. Os indecisos correspondem a 3,8% dos entrevistados, já aqueles que irão votar em branco ou não escolheram nenhum dos candidatos equivalem 9,4%.

Segundo o instituto, a pesquisa ouviu 2080 eleitores e foi realizada em 162 municípios brasileiros. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos e a confiança é de 95%. O registro no TSE é: BR-04446/2018.

Notícias do Momento. Fonte: Portal MSN

quarta-feira, 17 de outubro de 2018

Prepare-se para o Concurso do INSS: Princípios Básicos da Previdência Social - Lei 8.123.

Comece agora mesmo a se preparar para o concurso do INSS.  Neste vídeo você vai aprender sobre a Finalidade e os Princípios Básicos da Previdência Social - O primeiro título da Lei 8.123, de 24 de julho de 1991.

O 1º artigo diz que a Previdência Social, mediante contribuição, tem por fim assegurar aos seus beneficiários meios indispensáveis de manutenção, por motivo de incapacidade, desemprego involuntário, idade avançada, tempo de serviço, encargos familiares e prisão ou morte daqueles de quem dependiam economicamente.

O 2º artigo fala sobre princípios e objetivos da Previdência Social . O Art. 3º fala sobre a instituição do Conselho Nacional de Previdência Social e foi atualizado pela Lei nº 8.619, de 1993. O quarto artigo trata da competência do Conselho e o quinto artigo sobre a competência dos órgãos governamentais. O 6º artigo diz que haverá, no âmbito da Previdência Social, uma Ouvidoria-Geral, cujas atribuições serão definidas em regulamento. Ouça o conteúdo completo no vídeo acima.

Direito Previdenciário. Prepare-se para o Concurso do INSS.
Veja o vídeo sobre Auxílio Doença - https://youtu.be/_f9I2ISRa4M  

Vamos preparar mais vídeos. Ajude a manter este trabalho. Faça uma doação! 
Banco Santander - Agência:1471 Conta Corrente: 01.032460.5
ou via Paypal: wgtoffer@gmail.com

Jair Bolsonaro quer reverter restrição do WhatsApp.

Notícias do Momento. Aqui você fica bem informado. O candidato Jair Bolsonaro disse que, caso seja eleito, vai tentar reverter a restrição do WhatsApp de permitir que uma mensagem seja encaminhada de uma vez só a 20 contatos. A mudança foi feita para conter a disseminação de boatos. 

As declarações de Bolsonaro foram feitas em uma transmissão ao vivo por meio de suas redes sociais na última sexta-feira (12). Na live, o candidato disse ter ficado chateado com a mudança do app. Na ocasião, Bolsonaro criticava o plano de Fernando Haddad, candidato PT, de criar um "novo marco regulatório da comunicação social eletrônica", para "impedir que beneficiários das concessões públicas e controladores das novas mídias restrinjam o pluralismo e a diversidade".

Especialistas ouvidos pelo portal UOL acreditam que é difícil um presidente conseguir justificar a mobilização da máquina pública para modificar o produto de uma só empresa e que a interferência em empresas é típica de países autoritários. O WhatsApp informou que não vai comentar o caso.

Notícias do Momento

Temer é indiciado pela PF por corrupção ativa e lavagem de dinheiro.

Notícias do Momento. Aqui você fica bem informado. O presidente Michel Temer e mais dez pessoas foram indiciadas pela Policia Federal no inquérito que apura o suposto favorecimento da empresa Rodrimar S/A na edição do chamado Decreto dos Portos, que foi assinado em maio do ano passado pelo presidente. 

Eles foram indiciados pelos crimes de corrupção passiva, corrupção ativa, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

Os indiciamentos estão no relatório final da investigação, entregue hoje (16) ao relator do caso no Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Luís Roberto Barroso. Após receber o documento, Barroso pediu parecer da Procuradoria-Geral da República (PGR), que terá 15 dias para se manifestar sobre eventual denúncia contra os acusados. A filha de Temer, Maristela de Toledo Temer Lulia também está na lista de indiciados. 

O advogado do presidente no processo envolvendo o inquérito dos portos, Brian Prado, informou que ainda não teve acesso ao relatório e não se manifestará a respeito por enquanto. Com informações da Agência Brasil.

Notícias do Momento

YouTube saiu do ar; empresa já resolveu o problema.

Notícias do Momento. Aqui você fica bem informado. Ontem à noite, o YouTube saiu do ar ou apresentou instabilidade no Brasil e em diversos países de acordo com relatos publicados na página do Facebook do site. 

Há relatos de brasileiros, norte-americanos, australianos, marroquinos, entre outros.

Em nota publicada no Facebook, o YouTube agradeceu os usuários pelos relatos da falha nos sites do YouTube e informou que uma equipe da empresa trabalhou para resolver o problema. Com informações da Agência Brasil.

Notícias do Momento.

terça-feira, 16 de outubro de 2018

Denúncias de fraude em urnas serão registradas on-line.

Notícias do Momento. O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, disse hoje (16) que todas as denúncias feitas por cidadãos nas seções eleitorais sobre irregularidades no processo de votação serão registradas em tempo real e disponibilizadas on-line para acompanhamento da apuração do caso.
Jungmann e a presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministra Rosa Weber, assinaram nesta terça-feira (16) um termo de orientação conjunta com diretrizes a serem seguidas por mesários e presidentes das seções eleitorais diante de denúncias sobre fraude nas urnas.

Nesses casos, os mesários e presidentes de seção deverão fazer o registro das denúncias e enviá-las em tempo real ao sistema da Justiça Eleitoral, por meio de uma funcionalidade acrescentada ao aplicativo Pardal, que já se encontra disponível.

“A grande vantagem aqui é que toda e qualquer denúncia estará registrada e colocada em rede aberta, e vocês vão poder conferir o se, o quando e o como, e qual o resultado daquela apuração. Essa é amaneira mais transparente que você pode dar a qualquer tipo de problema que seja verificado por qualquer eleitor ou eleitora”, disse Jungmann após assinar o termo, no TSE.

Segundo o ministro, o objetivo é desencorajar que denúncias sejam feitas após o eleitor deixar a seção eleitoral. Desse modo, acredita o ministro, ficaria mais fácil separar situações verdadeiras de boatos que tenham como objetivo somente abalar a credibilidade da urna eletrônica. Ainda de acordo com Jungmann, reclamações posteriores necessitariam assim apresentar também uma justificativa para não terem sido feitas na hora da votação.

“Acredito que qualquer denúncia que venha a ser feita, deve ser devidamente investigada e apurada. Agora, não entendo por que se você tem a mesa ali, o mesário está ali, o presidente [da seção] está ali, ele tem um aplicativo, tem a determinação de fazê-lo [registrar a denúncia], por que fazer depois? No mínimo uma justificativa tem que ser dada a esse respeito”, defendeu o ministro.

Jungmann informou que espera receber até o fim de semana um relatório da Polícia Federal (PF) com o resultado das investigações sobre todas as irregularidades em urnas eletrônicas relatadas no primeiro turno das eleições. Ele disse que “quem usa fake news para tirar a credibilidade ou para deturpar ou causar comoção, aí de fato não tem jeito, tem que ser punido”.

Notícias do Momento.

Famoso repórter policial Gil Gomes morre aos 78 anos em SP.

Notícias do Momento. Aqui você fica bem informado. Uma notícia triste acaba de chegar. Morreu hoje, aos 78 anos, o ex-repórter policial, Gil Gomes

Gil passou mal ontem e foi encaminhado ao Hospital São Paulo, mas não resistiu. Gil Gomes morreu.

A informação foi confirmada pela família do jornalista.

Gil Gomes sofria de Mal de Parkinson desde 2005. Gil se tornou um dos grandes nomes do rádio e da televisão brasileira por seu trabalho no jornalismo investigativo.

Gil Gomes deixa quatro filhos e nove netos.

Notícias do Momento.

Pagamento de abono salarial para nascidos em outubro começa nesta terça.

Notícias do Momento. Correntistas da Caixa Econômica Federal que nasceram em outubro começam a receber, a partir desta terça-feira (16), o abono salarial do Programa de Integração Social (PIS). Os demais beneficiários começam a recebê-lo na quinta (18). Os pagamentos deste mês devem beneficiar 1,8 milhão de trabalhadores e injetar R$ 1,38 bilhão na economia brasileira.

De acordo com a Caixa, a gratificação será para trabalhadores nascidos em outubro e os valores a serem pagos variam entre R$ 80 e R$ 954, de acordo com o tempo de trabalho no ano passado.

Têm direito os inscritos no PIS ou no Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público (Pasep) há pelo menos cinco anos. 

Notícias do Momento

Votos Válidos: Bolsonaro tem 59%; Haddad tem 41%; aponta Ibope.

Notícias do Momento. Aqui você fica bem informado. Eleições 2018. Nova pesquisa de intenção de votos do Ibope indica que o candidato Jair Bolsonaro (PSL) tem 59% das preferências contra 41% das menções a Fernando Haddad (PT), considerando apenas os votos válidos, não computando as respostas de votos em branco, nulo ou indeciso.

Levando em conta todas as respostas da pesquisa de opinião, Bolsonaro lidera com 52% das intenções de voto e Haddad tem 37% das preferências. Conforme o levantamento, 9% responderam estar dispostos a anular ou votar em branco, e 2% disseram não saber ou não quiseram responder.

Diferente dos resultados apurados pelo Ibope no primeiro turno, o índice de rejeição de Jair Bolsonaro é menor em comparação ao de Fernando Haddad.

O levantamento do Ibope ouviu 2.506 pessoas no sábado e domingo (13 e 14 de outubro). Como outras pesquisas de intenção de voto do instituto, a margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. A margem de confiança é de 95%.

A pesquisa do Ibope foi registrada na semana passada na Justiça Eleitoral. O número do registro é: BR-01112/2018. 
Com informações da Agência Brasil.

Notícias do Momento

segunda-feira, 15 de outubro de 2018

Menina é raptada e estuprada por detento ao visitar irmão dentro de presídio no Ceará.

Notícias do Momento. Uma menina de 11 anos foi raptada e estuprada por um detento ao visitar irmão dentro de um presídio no estado do Ceará.

A imprensa informa que o fato ocorreu no último sábado dentro da Casa de Privação Provisória de Liberdade, na Região Metropolitana de Fortaleza. 

Segundo o Conselho Penitenciário do Estado do Ceará, a vítima é irmã de um preso e foi violentada por um outro detento da unidade. O presidente do Conselho, Cláudio Justa, a criança estava com a mãe para ajudar a entregar produtos pessoais para o irmão, que está recolhido na unidade prisional. 

Durante a visita, porém, um detento levou a menina para dentro de um compartimento do presídio e estuprou a criança. A mãe da criança notou o sumiço dela e acionou a segurança da unidade. Agentes penitenciários realizaram buscas, encontraram a criança e capturaram o suspeito em flagrante. 

A polícia informou que o detento já estava preso por estupro de vulnerável. 
O crime demonstra a insegurança no interior da unidade prisional, que sofre com a superlotação. Com informações do portal G1.

Notícias do Momento

Príncipe Harry e Meghan Markle esperam o 1º filho.

Notícias do Momento. Nesta segunda-feira, dia 15 de outubro de 2018, o Palácio de Kensington anunciou que a duquesa Meghan, esposa do príncipe Harry, está grávida do primeiro filho.

O anúncio foi feito no Twitter oficial do Palácio de Kensington no dia em que o duque e a duquesa de Sussex iniciam uma viagem pela Oceania. 

A viagem real, que teve a Austrália como ponto de partida, é a primeira de Megahn e Harry desde que se casaram, 5 meses atrás.

O bebê, que deve nascer na primavera de 2019 no Reino Unido, será o sétimo na linha sucessória da coroa britânica. Com informações do portal G1.

Notícias do Momento

sábado, 13 de outubro de 2018

Haddad chama Edir Macedo de "charlatão" e IURD diz que vai processá-lo por calúnia.

Notícias do Momento. Aqui você fica bem informado. O candidato a presidência da República pelo PT, Fernando Haddad, se envolveu em uma enorme polêmica ao falar o que pensa sobre seu adversário e alguns aliados dele. Haddad criticou a união de Bolsonaro com Paulo Guedes, ao qual chamou de neoliberalismo desalmado e o bispo Edir Macedo, líder da Igreja Universal, a quem se refere como charlatão. 

Veja o vídeo com as declarações de Haddad: 

A declaração de Haddad sobre o Edir Macedo causou muita indignação e repercutiu bastante nas redes sociais, chegando a entrar para um dos assuntos mais comentados no Twitter, por exemplo. Fato é que a Igreja Universal do Reino de Deus saiu em defesa de seu líder e já disse que vai processar Haddad por calúnia. 

Em nota à imprensa, a IURD classificou as declarações de Haddad como levianas, preconceituosas e criminosas. A IURD diz ainda que o candidato responderá na Justiça pelo ódio religioso que tenta espalhar e por suas calúnias. E o povo saberá dar resposta a ele.

Haddad ainda não se pronunciou a respeito dos fatos relacionados a Igreja Universal.

Notícias do Momento



Novas placas de carros do Mercosul são suspensas.

Notícias do Momento. Decisão da Justiça suspende as novas placas de carros do Mercosul. Essa semana a Justiça federal suspendeu a adoção das placas do Mercosul no país. Pela troca da placa, o cidadão tem que pagar R$ 219,35.
O Rio de Janeiro foi o primeiro estado a implantar o novo modelo. Os demais estados tem até 1º de dezembro para começar a troca das placas. Porém, atendendo ao pedido feito pela associação das empresas fabricantes e lacradoras de placas automotivas de Santa Catarina, a desembargadora federal Daniele Maranhão, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, em Brasília, concedeu uma liminar suspendendo as novas placas. 

Em sua decisão, a magistrada apontou duas causas para a suspensão. A primeira é que o Denatran ficaria responsável por credenciar os fabricantes, só que essa função é dos Detrans. E a segunda, é que o Brasil teria que ter implantado o sistema de consultas e troca de informação das novas placas e só então adotar o novo emplacamento. O que ainda não foi feito. 

Sobre a decisão, o Denatran informa que ainda está aguardando ser notificado para tomar as medidas cabíveis. Já o Detran do Rio de Janeiro, disse que continuará os processos de emplacamento normalmente. O órgão disse ainda que aguarda um posicionamento do Ministério das Cidades/Denatran sobre o caso. Com informações do jornal "Extra".

Boletos vencidos a partir de R$ 100 podem ser pagos em qualquer banco.

Boletos vencidos a partir de R$ 100 podem ser pagos em qualquer banco.
Notícias do Momento - A partir deste sábado (13), os boletos com valor a partir de R$ 100, mesmo vencidos, poderão ser pagos em qualquer banco. A medida faz parte da nova plataforma de cobrança da Federação Brasileira de Bancos (Febraban) que começou a ser implementada em julho do ano passado.

Para serem aceitos pela rede bancária, em qualquer canal de atendimento, os dados do boleto precisam estar registrados na plataforma. Segundo a Febraban, os clientes que tiverem boletos não registrados na Nova Plataforma, rejeitados pelos bancos, devem procurar o beneficiário, que é o emissor do boleto, para quitar o débito.

O novo sistema permite o pagamento em qualquer banco, independentemente do canal de atendimento usado pelo consumidor, inclusive após o vencimento, sem risco de erros nos cálculos de multas e encargos. Além disso, segundo a Febraban, o sistema traz mais segurança para a compensação de boletos, identificando tentativas de fraude, e evita o pagamento, por engano, de algum boleto já pago.

As mudanças estão sendo feitas de forma escalonada, tendo sido iniciada com a permissão para quitação de boletos acima de R$ 50 mil. Entretanto, em junho deste ano, após dificuldades de clientes para pagar boletos, a Febraban alterou o cronograma.

A previsão inicial era que a partir de 21 de julho deste ano fossem incluídos os boletos com valores a partir de R$ 0,01. A expectativa era de que em 22 de setembro o processo tivesse sido concluído, com a inclusão dos boletos de cartão de crédito e de doações, entre outros. Pelo novo cronograma, os boletos a partir de R$ 0,01 serão incluídos a partir do próximo dia 27 e os boletos de cartões de crédito, doações, entre outros, no dia 10 de novembro de 2018.

Segundo a Febraban, apesar de o sistema passar a processar documentos de menor valor, com volume maior, os bancos não preveem dificuldade na realização dos pagamentos, com base nos testes feitos nas fases anteriores. Com a inclusão e processamento desses boletos no sistema, a Nova Plataforma terá incorporado cerca de 3 bilhões de documentos – aproximadamente 75% do total emitido anualmente no país. Nas próximas fases, serão incorporados 1 bilhão de boletos de pagamento.

A Febraban lembra que a nova plataforma é resultado de uma exigência do Banco Central, com incorporação de dados obrigatórios, como CPF ou CNPJ do emissor, data de vencimento, valor, além do nome e número do CPF ou CNPJ do pagador.

Notícias do Momento - Fonte: Agência Brasil.

sexta-feira, 12 de outubro de 2018

Bolsonaro admite que pode não ir aos debates.

Notícias do Momento. Aqui você fica bem informado. 
Independente da recomendação médica, o candidato Jair Bolsonaro admite que pode sim ter como estratégia de campanha não ir a debates com Haddad, com quem disputa o segundo turno da eleição presidencial.

Á CBN, Bolsonaro justificou o fato de não ir aos debates. Ele disse que Haddad seria um "ventríloquo de Lula".

Bolsonaro indagou: Vou debater com Haddad ou ventríloquo do Lula? Gostaria de fazer uma pergunta para Haddad: ele vai permitir que crime organizado seja comandado dentro do presídio [se for presidente]?

Segundo o candidato, Haddad não vai ser o presidente. Bolsonaro afirmou ainda que não faria questão de ir a debates apresentar suas propostas porque os eleitores dele o conhecem. 

Também por estas razões, Bolsonaro diz que estrategicamente pode decidir não ir aos debates. Com informações do UOL.

Notícias do Momento

Juiz decide manter Cabral na cela de isolamento.

Notícias do Momento. O Tribunal de Justiça confirmou que o juiz da Vara de Execuções Penais do Rio (VEP), Rafael Estrela, decidiu  manter na cela de isolamento o ex-governador Sérgio Cabral, preso na Cadeia Pública Werling de Oliveira (Bangu 8). O magistrado rejeitou o pedido dos advogados de defesa de Cabral para que ele recebesse visita regular familiar e tivesse acesso a aparelho de TV na cela.
Juiz decide manter Cabral na cela de isolamento.
Na última terça-feira (9), uma vistoria da corregedoria da Secretaria de Administração Penitenciária (Seap), em ação conjunta com o Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ) constatou que Cabral e outro detento foram flagrados com uma quantidade de dinheiro acima do permitido. Como punição, ele ficará dez dias sem receber visitas e sem poder assistir televisão em sua cela.

Na decisão de hoje, o juiz Rafael Estrela escreveu “que indeferiu o pedido de suspensão do isolamento porque tal ato se configuraria como supressão de poderes, desrespeitando assim a discricionalidade da autoridade da Seap, prevista na Lei de Execuções Penais”.

Cabral está preso desde novembro de 2016. Investigações que se desdobraram da Operação Lava Jato o apontaram como líder de diversos esquemas de corrupção no período em que foi governador do Rio de Janeiro.

Com informações da Agência Brasil.
Notícias do Momento

quinta-feira, 11 de outubro de 2018

Pediatras pedem uso racional de exames por imagens em crianças.

Notícias do Momento - Uma campanha da Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP) alerta para os riscos da exposição excessiva de crianças e adolescentes a exames de diagnóstico por imagem como tomografias computadorizadas e raios x.
Pediatras pedem uso racional de exames por imagens em crianças.
A proposta é estimular o uso racional dessas ferramentas, contando com o apoio de pais e profissionais de saúde. Também há a preocupação, por parte de pediatras, em fazer com que técnicos responsáveis pela execução dos exames façam as adaptações necessárias aos equipamentos, adequando-os às características físicas desses pacientes.

“Para os médicos, os exames de imagem (raios x, tomografias, ultrassonografias e ressonância) são muito úteis à medicina e, por vezes, essenciais ao diagnóstico em adultos e crianças. Entretanto, alguns desses exames emitem radiação nociva à saúde e, por isso, a SBP, em parceria com outras entidades nacionais e internacionais, lança uma campanha que alerta sobre o uso racional dessas ferramentas. Além dos pediatras, os radiologistas e outros técnicos envolvidos no processo também devem ser bem orientados”, explicou a entidade, por meio de comunicado.

Para a presidente da SBP, Luciana Rodrigues Silva, é preciso cautela para não expor crianças e adolescentes a riscos desnecessários. Essa população, segundo ela, possui tecidos e órgãos ainda em desenvolvimento e apresenta, portanto, maior sensibilidade aos efeitos da radiação ionizante sobre o corpo humano. Quanto mais jovem for o paciente, maiores são as chances de desdobramentos adversos.

A orientação é que, durante a consulta, os especialistas façam uma investigação atenta e solicitem o exame apenas quando sinais e sintomas exigirem. Pediatras e demais médicos devem ainda alertar os pais sobre os riscos.

“Não são raros os casos em que os procedimentos decorrem de um pedido da própria família”, lembrou Luciana, ao destacar ser fundamental individualizar a situação de cada paciente, com bom senso crítico e uma boa hipótese diagnóstica, antes de solicitar exames complementares e, em muitas oportunidades, até discutir a possibilidade com o radiologista.

Números

Dados do Sistema de Informações Ambulatoriais do Sistema Único de Saúde (SUS) mostram que cerca de 350 milhões – 4% de todos os procedimentos médicos por imagem nos últimos dez anos – foram realizados em crianças e adolescentes de até 19 anos. Um ponto que chama a atenção, segundo a SBP, é que, embora o tamanho dessa população tenha diminuído no período, o volume de exames de diagnóstico por imagem aumentou em todo o país.

De acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), em 2008 havia no Brasil 67,9 milhões de crianças e adolescentes de 0 a 19 anos, algo em torno de 36% da população daquele ano. Já em 2017, o número passou para 63 milhões, baixando a representatividade do grupo pediátrico para 30% da população brasileira. Ao comparar os dois números, a queda foi de 7%.

Apesar da mudança no perfil demográfico, no caso das tomografias computadorizadas, o volume de exames realizados em pacientes com idade até 19 anos dobrou nesse intervalo de tempo, passando de 225,4 mil em 2008 para 466,9 mil no ano passado. As maiores variações percentuais foram observadas no Espírito Santo (aumento de 466%), no Rio de Janeiro (420%), no Acre (351%), em Santa Catarina (249%), em Mato Grosso do Sul (214%), no Amazonas (190%), em Alagoas (186%), no Paraná (167%), em Goiás e no Tocantins (ambos com 143%).

Já as unidades da Federação onde o aumento percentual foi menos significativo foram Paraíba (com alta de 48%), Distrito Federal (47%), Ceará (25%), Minas Gerais (13%) e Sergipe, onde não foi percebida mudança no número de exames realizados. Em São Paulo, estado que responde pela maior produção desse tipo de procedimento no país, o número cresceu 94%, saltando de 71.420 em 2008 para 138.838 em 2017.

“A SBP reconhece que uma parte dessa alta produtividade pode ser consequência da ampliação no número de equipamentos disponíveis para exames, em especial, nos estados menos desenvolvidos ou onde a rede pública recebeu investimentos mais consistentes na área. Contudo, argumentam os especialistas, o aumento proporcional é muito maior do que o crescimento da infraestrutura disponível, o que sugere a utilização dos procedimentos de modo não racional.”

De acordo com o Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde, atualmente existem 4.588 tomógrafos computadorizados em funcionamento no Brasil. Destes, 2.007 (44%) estão disponíveis no SUS, que atende a 160 milhões de brasileiros. No caso dos aparelhos de raios-X, são 25.243 unidades, das quais 10.286 (41%) estão na rede pública.

Os números mostram que a Região Sudeste, sozinha, concentra 40,5% dos tomógrafos computadorizados de todo o país. No caso dos equipamentos de raios x, o percentual chega a 41%. Só o estado de São Paulo concentra um quinto dos equipamentos de todo o país, com mais tomógrafos computadorizados (392) e raios x (1.900) no SUS do que a soma das regiões Norte e Centro-Oeste: 311 tomógrafos computadorizados e 1.775 raios x.

Calibragem

A médica radiologista Dolores Bustelo, uma das organizadoras da campanha, alerta que falhas na calibragem de equipamentos também constituem um problema frequente. Segundo ela, estudos confirmam ser possível reduzir as doses de radiação aplicadas durante os exames de tomografias computadorizadas, sem perder a qualidade do resultado e nem interferência no diagnóstico.

Ainda de acordo com a especialista, quando uma tomografia ou um exame de raio x são estritamente necessários para uma criança, devem ser usados aparelhos que permitam a sua adequação em função do peso do paciente e da extensão da área a ser analisada. Se bem manuseados, é possível reduzir significativamente a exposição à radiação.

Notícias do Momento