domingo, 26 de maio de 2019

Manifestantes vão às ruas em apoio a Bolsonaro; Ex-jogador da Seleção Brasileira é preso por fraude + Notícias.

Bom dia! Hoje é domingo, dia 26 de maio. 
Notícias do Momento - Aqui você fica bem informado!

Manifestantes vão às ruas em apoio a Bolsonaro e às reformas do governo -  Ao menos oito estados e o Distrito Federal tiveram protestos a partir da manhã deste domingo (26) em defesa do presidente Jair Bolsonaro e de medidas do governo, como a reforma da Previdência e o pacote anticrime apresentado pelo ministro da Justiça, Sérgio Moro. 
As convocações ganharam força após os protestos em defesa da educação do último dia 15, contra os cortes anunciados pelo governo para os ensinos superior e técnico federais. (Fonte: G1).
Ex-jogador e dirigente de futebol são presos por fraude em renda de jogos - Uma operação da Polícia Civil no Distrito Federal prendeu, neste sábado (25), o ex-jogador do Fluminense e da Seleção Brasileira, Roni. A prisão foi durante o jogo entre Botafogo e Palmeiras, no estádio Mané Garrincha, em Brasília. Também foi detido o presidente da Federação de Futebol do Distrito Federal, Daniel Vasconcelos. As prisões ocorreram após dois anos de investigação sobre um grupo criminoso especializado em fraudar o erário na realização de jogos de futebol. Os advogados dos suspeitos não quiseram falar sobre as prisões. (Fonte: G1).
Lady Francisco: atriz será velada em teatro no Rio - O público terá a oportunidade de prestar as últimas homenagens a Lady Francisco, falecida na tarde deste sábado. A causa da morte, segundo o filho Oscar, foi falência múltipla dos órgãos. O velório da atriz está sendo realizado neste domingo, das 10h até 16h, na sala Fernanda Montenegro, no Teatro do Leblon. Fãs da artista terão a chance de despedir de Lady, pois será aberto ao público. O corpo dela será cremado na próxima segunda-feira, no cemitério da Penitência, no Caju, cerimônia apenas para familiares. (Fonte: O Dia). 
Mega-Sena acumula para R$ 48 milhões - O concurso 2154 da Mega-Sena foi realizado na noite deste sábado (25), em São Paulo. Nenhum apostador cravou as seis dezenas e o prêmio máximo, que seria de R$ 3 milhões, acumulou para R$ 48 milhões. O próximo sorteio será na quarta-feira (29). Os números sorteados foram: 07 - 25 - 41 - 47 - 50 - 53. Segundo a Caixa Econômica Federal, 36 apostas fizeram a Quina, ficando com prêmio no valor de R$ 49.285,49 cada. Outros 2951 sortudos acertaram a Quadra e receberão R$ 858,92.
O coração também tem sentimentos? Veja como ele reage a raiva e ao amor - Dizem que é no coração que se origina o amor, a generosidade, a coragem. Mas é de lá também que apontam o surgimento da tristeza, da magoa, da raiva. Quando sentimos raiva ou entramos num estado de irritação intensa, junto a essas reações, há ainda uma imediata constrição ou dilatação dos vasos, boca seca, suores, hipertensão arterial, aumento da agregação plaquetária e depressão do sistema imunitário - alterações que contribuem para o desencadeamento dos eventos cardiovasculares. E quando esse sentimento se torna constante, trazendo junto a ele a mágoa, pessimismo e tristeza, pode promover uma constante liberação de hormônios no corpo que estimulam a vasoconstrição. Assim, quando as emoções negativas agem de forma continua no organismo, elas podem desencadear uma crise hipertensiva, arritmia ou infarto do miocárdio.

Já as emoções relacionadas com o amor, a positividade, alegria e o bom humor levam ao relaxamento muscular, a vasodilatação, relaxamento intestinal, secreção glandular, salivação, calor sem sudorese, ou seja, manifestações que ajudam a prevenir as doenças cardiovasculares. As informações são do site "Viva Bem", do "Portal UOL". (Fonte: Viva Bem).

sábado, 25 de maio de 2019

Luísa Sonza desabafa sobre polêmica envolvendo Carlinhos Maia e Whindersson Nunes + Notícias

Bom dia! Hoje é sábado, dia 25 de maio. 
Notícias do Momento - Aqui você fica bem informado!

Luísa Sonza desabafa sobre polêmica envolvendo Carlinhos Maia e Whindersson Nunes  - A cantora Luísa Sonza decidiu falar pela primeira vez sobre a polêmica briga entre Carlinhos Maia e Whindersson Nunes, que tiveram uma discussão acalorada e aos olhos dos fãs nas redes sociais.  Ela fez um desabafo em seu Instagram após receber uma mensagem tensa do marido, Whindersson -- que está em depressão.
Luísa falou ainda sobre a depressão de Whindersson, que piorou após a briga com Carlinhos, e disse que ficou perplexa com tanta história inventada. A cantora também negou que tenha sido chamada por Carlinhos e Lucas para ser madrinha do casamento deles. (Fonte: UOL).

Papa nomeia mulheres para cargos-chave no Vaticano  - O Papa Francisco nomeou quatro mulheres como consultoras na secretaria-geral do Sínodo dos Bispos, considerado um departamento chave no Vaticano, nesta sexta-feira (24). É a primeira vez que mulheres ocupam este cargo na Igreja Católica, informou a Santa Sé, desde que o sínodo foi fundado, há mais de 50 anos.
O Sínodo é uma assembleia de bispos que representam o conjunto de todos os bispos da Igreja Católica e tem a missão de ajudar o Papa no governo da Igreja. (Fonte: G1).

Idosa morre após médicos repassarem plantão para estudante - Na cidade de Santo Antônio da Barra, no sudoeste de Goiás., dois médicos e um estudante de medicina estão sendo investigados pela morte de uma paciente. A médica responsável pelo plantão teria contratado outro colega para trabalhar por ela, que por sua vez passo a função a um estagiário e que foi embora antes do horário.
O caso aconteceu no último dia 15 de maio no centro de saúde da cidade. Uma mulher de 75 anos deu entrada na unidade passando mal, mas não havia ninguém para fazer o atendimento e acabou morrendo. Ao tomar conhecimento do caso, a prefeita de Santo Antônio da Barra exonerou a médica responsável pelo plantão. 

A Polícia informou que está investigando o caso e ainda vai ouvir testemunhas. Se ficar comprovado que houve negligência, os envolvidos podem responder por homicídio culposo.(Fonte: G1)

Repórter da Record é afastado após ser acusado de assédio sexual - A Record afastou, nesta sexta-feira, o repórter Gérson de Souza, do programa 'Domingo Espetacular', após ter sido denunciado por 12 mulheres de assédio sexual. Segundo o portal UOL, ele permanecerá afastado até o dia 10 de julho, quando entra de férias. A emissora só tomará novas decisões depois que o inquérito policial terminar. 
Nesta quinta-feira, duas jornalistas foram à Polícia Civil de São Paulo para denunciar o repórter. Hoje, mais dez funcionárias da Record foram a delegacia para denunciá-lo também. (Fonte:O DIA ). 

Obrigado pela audiência

sexta-feira, 24 de maio de 2019

Sede de projeto ‘Coração Suburbano’ de Elymar Santos é invadida.

'Ninguém é obrigado a continuar como ministro meu', diz Bolsonaro.

Justiça bloqueia R$ 3,57 bilhões do MDB, PSB, políticos e empresas.

O Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4) determinou o bloqueio de mais de R$ 3,57 bilhões, incluindo valores e bens dos partidos MDB e PSB, de empresas, políticos e outros indivíduos. Cabe recurso da decisão. 
Justiça bloqueia R$ 3,57 bilhões do MDB, PSB, políticos e empresas.
O bloqueio abrange R$ 1.894.115.049,55 do MDB, de Valdir Raupp (MDB-RO), da Vital Engenharia Ambiental, de André Gustavo de Farias Ferreira, de Augusto Amorim Costa, de Othon Zanoide de Moraes Filho, Petrônio Braz Junior e espólio de Ildefonso Colares Filho; e mais R$ 816.846.210,75 do PSB. O deputado Eduardo da Fonte (PP-PE), por sua vez, teve  R$ 333.344.350,00 bloqueados. 

Também foi alvo da decisão o senador Fernando Bezerra (PSB-PE) que, junto com o espólio de Eduardo Campos, político do PSB já falecido, teve bloqueados R$ 258.707.112,76.

Os bloqueios foram pedidos pelo Ministério Público Federal (MPF) no âmbito de uma ação de improbidade administrativa ainda inconclusa que trata de desvios na Petrobras investigados pela Lava Jato.

Pela decisão, o bloqueio visa "garantir a efetividade do resultado final da ação – em que apurada a existência de um amplo esquema criminoso, com prejuízos expressivos para toda a sociedade". 

Em relação aos partidos políticos, a força-tarefa da Lava Jato e a Petrobras pediram que o bloqueio não alcance as verbas repassadas por meio do fundo partidário que, pela lei, são impenhoráveis.

A medida concedida pelo TRF4 diz respeito a dois esquemas de corrupção: um envolvendo contratos vinculados à Diretoria de Abastecimento da Petrobras com a construtora Queiroz Galvão; outro correspondente ao que seria o pagamento de propinas no âmbito da Comissão Parlamentar de Inquérito encarregada de apurar os fatos, para acobertar o esquema instaurado pelas empreiteiras e ex-dirigentes.

A Justiça pediu ainda o bloqueio de R$ 107.781.450,00 do espólio de Sérgio Guerra; R$ 200.000,00 de Maria Cleia Santos de Oliveira e Pedro Roberto Rocha; R$ 162.899.489,88 de Aldo Guedes Álvaro e 3% do faturamento da Queiroz Galvão.

Outro lado 

O MDB disse, por meio de nota, que o bloqueio não se refere ao MDB Nacional, que não é parte no processo. "A decisão é para o MDB Rondônia. Pela legislação, os diretórios estaduais do partido são financeiramente e judicialmente autônomos, inclusive sendo pessoas jurídicas distintas”.

O PSB disse que o bloqueio se mostra “indevido, precipitado e exorbitante”. O partido diz que a única acusação contra si “baseia-se na suposição de que as doações eleitorais recebidas durante a campanha eleitoral de 2010, e regularmente declaradas à Justiça Eleitoral, consistiriam em vantagem ilícita para a campanha de reeleição de Eduardo Campos ao Governo do Estado de Pernambuco”.

O partido acrescenta que o Supremo Tribunal Federal (STF) “já rejeitou denúncia contra o senador Fernando Bezerra exatamente por esses mesmos fatos, a indicar que o resultado dessa ação também será pela improcedência”.

A legenda diz ainda prestar seu “total apoio às investigações, confiando que a condução isenta e equilibrada da apuração resultará no pleno esclarecimento dos fatos, isentando o partido e o ex-governador e ex-presidente do PSB Eduardo Campos - que infelizmente não está mais entre nós para se defender - de qualquer acusação”.

Por meio de nota, Fernando Bezerra disse que as acusações na ação de improbidade não se sustentam e que os mesmos fatos já foram alvo de uma denúncia arquivada pelo STF em dezembro do ano passado, “ante o reconhecimento de que as provas não eram suficientes para justificar nem sequer o início de uma ação penal contra o senador”. O parlamentar acrescentou já ter recorrido da decisão provisória do TRF4 e que as acusações contra ele já estariam prescritas.

Sobre o bloqueio, o deputado Eduardo da Fonte (PP-PE) disse ter ficado “surpreso pelo absurdo”. Ele acrescentou que “esse caso já foi rejeitado pelo STF. Confiamos na Justiça para que possamos esclarecer esses fatos. A verdade prevalecerá”.

O ex-senador Valdir Raupp (MDB-RO) disse que a decisão da Justiça Federal se refere a uma doação eleitoral feita ao diretório regional do MDB/RO e não a sua pessoa. "Esta doação consta na prestação de contas feitas à Justiça Eleitoral, em 2010. Trata-se, portanto, de um tema já esclarecido e que  os advogados irão tomar as medidas judiciais necessárias". 

A Queiroz Galvão disse que não comentará a decisão judicial.

A Agência Brasil tenta contato com os demais citados.