domingo, 31 de outubro de 2010

Dilma Rousseff os desafios da nova presidenta.

Reprodução/imagem-Artigo do
Momento Verdadeiro - A história brasileira registra a ascensão do *Lulismo. Nas graças do povão, Lula conduz brilhantemente os derradeiros meses de duas gestões cheias de altos e baixos, mas consagrada. Seu pedido foi acatado e o Brasil elegeu hoje sua primeira presidenta, agora apta a dar continuidade a era *Lulista que começou em 2003 e deverá prosseguir por mais quatro anos.
Dilma Rousseff é uma guerreira. Braço direito do operário nordestino, que foi diplomado e aprovado como presidente. Seu compromisso já foi anunciado, e será dar continuidade com o avanço projetado. Dilma assumirá o país e terá grandes desafios nessa jornada.
Saúde, educação, segurança pública, geração de empregos, são alguns dos problemas sociais que a nova presidente enfrentará, alguns foram até minimizados, mas ainda há muito que fazer para que os brasileiros tenham suas desigualdades solucionadas. Não basta seguir a sombra de seu idealizador que entre seus erros e acertos logrou êxodo e passa a faixa adiante.
Sobre cores verde, amarela, azul e branca, agora também pairam as marcas vermelhas acumuladas no suor e sangue de oito anos. A empatia e carisma dessa figura popular, que não pensou duas vezes e no Palácio da Alvorada substituiu o caviar pela feijoada, e os caríssimos vinhos importados, pela cachaça brasileira. Que lutou para zerar a fome e fez com que nosso país fosse mais reconhecido, que falou simplesmente seu português por onde passou.
Agora é sua vez de governar para todos. E nós todos os brasileiros que votamos ou não em você acompanharemos com os olhos atentos e críticos os próximos quatro anos. Que Deus te abençoe senhora presidenta.

* Lulismo - fenômeno político ocorrido no Brasil, em torno da popularidade do Presidente Lula. * Lulista - São os adeptos do Lulismo.
Por: Washington Luiz

Candidatos que fizeram prova do Concurso da Fiocruz no Rio, terão de refazê-las.

Reprodição: Fiocruz
Os candidatos de 48 perfis distintos de Tecnologista em Saúde Pública terão que refazer as provas aplicadas no Rio de Janeiro. A Fundação Getúlio Vargas responsável pela organização do concurso, identificou problemas de logística nos cadernos de provas. 

De Campos dos Goytacazes, cerca de 100 pessoas se locomoveram para a capital para prestar o concurso. Uma das candidatas revelou ao nosso site que fica cada vez mais dificil concorrer aos cargos publicos, pois para fazer a prova tem muito ônus, começando pelo valor da inscrição. 

- O investimento é muito alto, para se ter uma idéia, gastei R$ 100,00 com a inscrição, mais R$ 85,00 de excursão, fora a alimentação, pois passei um domingo inteiro por conta do concurso, é facil se desculpar, eles gastaram menos do que arrecadaram e agora ter de refazer? Gastar de novo com ida e vinda, sei que quem quer conseguir uma estabilidade atraves de concurso publico tem de ir onde está a oportunidade. Mas acho que não precisaria ser tão cara as inscrições, e já que é um concurso nacional deveria ser realizado em todas as cidades do país e não só nas capitais, pois desta forma diminui as possibilidades para quem quer algo fixo na vida. Relatou a candidata desaprovando a falta de responsabilidade dos organizadores do concurso.

 As novas provas serão realizadas no dia 28 de Novembro de 2010, e os locais e horários serão divulgados pelo site da organizadora.

Veja (aqui) os perfis que terão de refazer as provas.


Por: Gelsienny Terra

Eleições 2010 - II Turno

CanalVerdadeiro - Muito além do que mordomia, título, viagens, caberá ao presidente zelar por milhões de brasileiros. Então também cabe nesse momento aos cidadãos avaliarem e escolherem esse novo presidente de acordo com uma analise crítica individual, pois essa será sua, minha, nossa garantia de construirmos um país cada dia mais justo.

Por: Washington Luiz

sábado, 30 de outubro de 2010

Vazamento de gás pode ter sido causa da tragédia no Rio.

Reprodução - Duas crianças e duas mulheres estão entre mortos e outras 15 pessoas foram retiradas com vida dos escombros; suspeita é de que um vazamento de gás tenha provocado a tragédia

Rio de Janeiro - A quarta vítima fatal foi encontrada nos escombros do desabamento de um prédio residencial neste sábado (30) na Rua Laura de Araújo, na Cidade Nova, Centro do Rio de Janeiro. Foi Antônia Sátiro Soares que morava no 2º andar do edifício.


O prédio desabou por volta das 7h, segundo relatos dados por moradores da região à GloboNews. Eles contaram ter ouvido um forte estalo cerca de meia hora antes do desastre.


Quatro unidades do Corpo de Bombeiros, totalizando 60 homens, trabalham desde o início da manhã e haviam retirado 15 feridos dos escombros até o início desta tarde. O sol forte e a poeira atrapalham o trabalho dos bombeiros


O comandante da Defesa Civil Municipal, Coronel Simões, disse à CBN que nunca foi pedida vistoria para o edifício. A rua está bloqueada e dois prédios ao lado foram interditados e tiveram o fornecimento de energia interrompido. Suspeita-se que um vazamento de gás tenha provocado a tragédia.Após a conclusão do trabalho dos bombeiros, todos os imóveis do quarteirão serão vistoriados após o trabalho dos bombeiros para que a área seja liberada para os moradores.


Abril.com.br

As reminiscências de uma planície cheias de utopia.

Sob a visão de seus filhos -
Nem tudo é como parece, mas tende a ser como é mostrado. Na planície o sol que deveria contemplar os que no seu leito nasceram, esconde-se dos filhos da tua Terra. Valorizam os forasteiros dando-lhes honras e louvores. Enquanto premiam seus talentos com migalhas esmiuçadas sob os olhos entristecidos de quem buscou aqui seu valor.

Onde estão suas raízes? Aprisionada na rede politiqueira da distribuição de cargo e favoritismo que tanto engessam seus talentos. Oh! Planície minha, será que assistiremos sua queda? Dá para acreditar que realmente em seus acolhedores braços não há espaço? Onde se erguem centenas de megas e luxuosas construções.

Do passado as doces lembranças recolhidas de sua terra, foram temperadas nas caldeiras, que durante anos dia e noite, construíam sonhos de tempos melhores. Os fartos anos foram gastos custeando o prazer de poucos. Ti quebraram! Levaram daqui seus tesouros.

Mas um dia, de suas profundezas começaram a escorrer generosamente um precioso sangue negro, do qual uma guerra iniciou, dessa vez por uma nova geração de medíocres interesseiros e dominadores.

Ah! Terrinha acolhedora, até quando viverás a mercê desses exploradores.

Por: Washington Luiz

"Tá na Boca do Povo" - Leitor reclama da EMUT.

CanalVerdadeiro / Campos dos Goytacazes - Nosso quadro, "Tá na Boca do Povo", recebeu a reclamação de um leitor questionando a retirada de uma placa importante na porta do clube da Terceira Idade. Segundo leitor a sinalização facilitava o acesso dos idosos que frequenta o local, principalmente aqueles com maior dificuldade de locomoção.

Liberação de carga e descarga em frente a igreja Boa Morte causa transtorno aos campistas.

Veja reportagem na íntegra:



Por- Washington Luiz

Será que existe alguma Lei Ficha limpa no Brasil ?

Reprodução -

Deputado é conhecido por suas afirmações. Ele já disse: - " Se lixar para a opinião pública" e ressaltou  que a imprensa “bate”, mas ele “sempre se reelege”.



O deputado federal Sérgio Moraes (PTB-RS), que ficou conhecido por dizer que “se lixa para a opinião pública”, teve o registro de candidatura liberado hoje (29) pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Os ministros confirmaram decisão anterior de Arnaldo Versiani, que acabou anulando seu entendimento para submeter o caso ao plenário.

O registro de Moraes foi contestado pelo Ministério Público Eleitoral do Rio Grande do Sul porque ele foi condenado pelo Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul por ato doloso de improbidade administrativa. Quando era prefeito de Santa Cruz do Sul, Moraes determinou a instalação de linha telefônica de propriedade do governo municipal na casa de seu pai.

Depois de vários trâmites judiciais para tentar anular os efeitos da decisão, que transitou em julgado em 2002 e o enquadrou na Lei da Ficha Limpa, o candidato obteve uma liminar para afastar sua inelegibilidade. Entretanto, o Ministério Público afirmava que no momento de seu registro de candidatura, Moraes estava inelegível, fato pelo qual pediu a impugnação do candidato.

Os ministros do TSE entenderam que as condições de elegibilidade e as causas de inelegibilidade devem ser conferidos no momento da formalização do pedido de registro da candidatura “ressalvadas as alterações, fáticas ou jurídicas, supervenientes ao registro que afastem a inelegibilidade”, liberando assim o candidato.

Réu em duas ações penais no Supremo Tribunal Federal (STF), Moraes foi reeleito para uma vaga na Câmara dos Deputados com 97,38 mil votos. Ele ficou conhecido após dizer, em 2008, que “se lixa para a opinião pública”. Na ocasião, ele defendeu o arquivamento de denúncia no Conselho de Ética da Casa contra o deputado Edmar Moreira (PR-MG), acusado de usar a verba indenizatória com suas empresas de segurança.

Agência Brasil

Último debate na TV Globo deixa eleitores indecisos apenas com uma opção.

No último debate dos presidenciáveis na TV Globo ontem (29), tanto a ministra Dilma Rousseff (PT), quanto o governador José Serra (PSDB) adotaram uma forma mais branda e evitaram as questões predominantes durante a campanha.

O modelo formatado pela emissora colocando eleitores indecisos para sabatinar os candidatos. Se por um lado contribuiu para que não houvesse confronto, por outro inibiu os candidatos que preferiram ser formais e não tocaram em assuntos polêmicos como PNDH3, pré-sal, e os escândalos, entre diversos temas que sequer foram citados.

 Reprodução
Enfim foi diferente, mas debate? Passou longe do que o público esperava, pois sem embates diretos a preocupação com o tom formal e agradar ao eleitor oferecendo a resposta de uma possível solução futura para as demandas solicitadas, prevaleceu. Muitas promessas em torno de melhoria de salários de ambas as partes, e o papo de que tudo vai mudar ou terá continuidade prevaleceu. Finalmente se alguém estava indeciso continuou com uma opção, ESCOLHER.

Por: Washington Luiz

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Brasil será sede de conferência internacional sobre corrupção.

Agência Brasil - O Brasil vai sediar, pela primeira vez, a conferência dos estados membros do Mecanismo de Acompanhamento da Implementação da Convenção Interamericana contra a Corrupção (Mesicic) da Organização dos Estados Americanos (OEA).

Será a terceira edição do evento que tem por objetivo apoiar os países membros com avaliações, atividades e harmonização da legislação em relação. A conferência, organizada pela Controladoria-Geral da União (CGU), vai ocorrer nos dias 9 e 10 de dezembro, em Brasília.

Esta é a primeira vez que a conferência será fora dos Estados Unidos, onde ocorreram as duas primeiras reuniões, em 2004 e 2006. Entre os principais assuntos que serão discutidos está a participação da sociedade civil e o fortalecimento de combate à corrupção em áreas do setor privado.

A conferência terá a presença do secretário-geral da OEA, José Miguel Insulza, do ministro-chefe da CGU, Jorge Hage, e de autoridades dos 28 países da América que ratificaram a Convenção Interamericana contra a Corrupção.

Além do Brasil, fazem parte do Mesicic os seguintes países: Argentina, Bahamas, Belize, Bolívia, Canadá, Colômbia, Costa Rica, Chile, Equador, El Salvador, Estados Unidos, Granada, Guatemala, Guiana, Honduras, Jamaica, México, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Peru, República Dominicana, São Vicente e Granadinas, Suriname, Trinidad e Tobago, Uruguai e Venezuela.

EBC

Barack Obama - Americanos estão em alerta sobre possíveis ameaças terroristas


Reprodução -
"Investigadores descobriram uma ameaça crível contra os Estados Unidos"

Washington – Presidente Barack Obama afirmou durante uma entrevista nesta sexta-feira (29), que as autoridades estão em alerta máximo para qualquer avião que sair do Iêmen ou qualquer avião que contiver cargas que cheguem aos Estados Unidos.

Até o momento as informações oficiais que estão sendo transmitidas pela CNN, mostram que não havia explosivos nesses pacotes suspeitos interceptados em Dubai.

Paralelo a isso, há uma investigação em Londres sobre um pacote suspeito, esse seria de cartucho de tintas, e seu destino final seria sinagogas judaicas, nos Estados Unidos.

Por: Washington Luiz
Com informações da CNN

Primeiro sistema definitivo de produção instalado na área de Tupi.

Reprodução - Cerimônia do 1º óleo produzido pelo FPSO Cidade de Angra dos Reis na área de Tupi.
A Petrobras comemorou nesta quinta-feira (28), com a presença do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, a entrada em operação do navio-plataforma Cidade de Angra dos Reis, primeiro sistema definitivo de produção instalado na área de Tupi, no pré-sal da Bacia de Santos. A nova plataforma está conectada, inicialmente, ao poço RJS-660, que será testado tecnicamente até a Declaração de Comercialidade (DC) da jazida, prevista para o final de dezembro, quando estará concluída, também, a sua interligação a outros poços produtores e a área de Tupi entrará na fase de desenvolvimento da produção. Além do presidente da República, participaram da cerimônia o presidente da Petrobras, José Sergio Gabrielli de Azevedo, diretores da companhia e outras autoridades.

Durante a solenidade, Lula parabenizou o corpo técnico da Companhia e lembrou do momento em que recebeu a notícia da descoberta das reservas de Tupi, em 2006. " Quando o Gabrielli e diretor Estrella foram em minha sala em 2006, eu não tinha noção que seria tão rápida a exploração comercial do pré-sal".

O presidente da Petrobras também ressaltou em seu discurso a capacidade técnica da empresa e a velocidade de apenas quatro anos entre a descoberta e o projeto piloto de Tupi. " É extraordinária a capacidade que tivemos descobrir esses reservatórios em 2006 e eles estarem prontos, em 2010, para a produção. Trata-se de um sistema definitivo que levará ainda algum tempo para atingir o estágio comercial, e que representa a enorme capacidade de dedicação e competência da força de trabalho da Petrobras", disse.

Primeira unidade programada para produzir em escala comercial no pré-sal da Bacia de Santos, o Cidade de Angra dos Reis é uma plataforma do tipo FPSO (na sigla em inglês, unidade flutuante que produz, armazena e exporta óleo e gás). A unidade produzirá óleo leve de alto valor comercial e dará início ao sistema de produção definitivo de Tupi, que coletará informações técnicas fundamentais para o desenvolvimento das grandes acumulações de petróleo descobertas nos últimos anos naquela bacia sedimentar. A área de Tupi é operada pela Petrobras (65%) em parceria com as empresas BG Group (25%) e Galp Energia (10%).

O FPSO Cidade de Angra dos Reis está instalado em área próxima ao FPSO Cidade de São Vicente, que faz o Teste de Longa Duração de Tupi (TLD) desde maio do ano passado, e que já produziu cerca de sete milhões de barris de petróleo. O sistema-piloto, que iniciará atividades após a Declaração de Comercialidade, complementará os dados técnicos colhidos pelo TLD com informações críticas sobre o reservatório e a produção, indispensáveis à concepção das futuras unidades que irão operar no pré-sal. Ele contribuirá, também, para o aprimoramento dos projetos de construção de poços e dos sistemas submarinos de coleta da produção, assim como para a avaliação do desempenho de diferentes métodos de recuperação (extração de petróleo) do reservatório.

Declaração de Comercialidade

Com a conclusão do TLD e da perfuração de outros poços exploratórios, a Petrobras encaminhará à Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) o Relatório Final de Avaliação da área de Tupi, junto com a Declaração de Comercialidade da jazida.

Até o momento já foram perfurados nove poços, naquela acumulação, com resultados excelentes para a empresa. O nono poço exploratório, concluído na semana passada, confirma o alto potencial de óleo leve e gás natural recuperável daquela jazida, estimado pela empresa entre 5 e 8 bilhões de barris de óleo equivalente. Esse poço comprovou, também, que a acumulação de petróleo não só se estende até o extremo sul da área do Plano de Avaliação, como, também, que a espessura do reservatório com óleo chega a cerca de 128 metros, o que reduz as incertezas das estimativas de volume de hidrocarbonetos da área. Até o final de dezembro ainda serão perfurados dois novos poços.

 Características técnicas
Reprodução - FPSO Cidade de Angra dos Reis

O FPSO Cidade de Angra dos Reis, afretado da empresa Modec, está ancorado em profundidade de água de 2.149 metros e tem capacidade para produzir, por dia, até 100 mil barris de óleo e processar até cinco milhões de metros cúbicos de gás. No pico de produção, seis poços produtores de petróleo, um poço injetor de gás, um injetor de água e outro capaz de injetar água e gás alternadamente estarão conectados ao navio.

O óleo produzido será escoado por navios aliviadores para terminais instalados em terra. O gás será separado do óleo nas instalações do FPSO. Uma parte será aproveitada para geração de energia a bordo e o excedente terá dois destinos: poderá ser reinjetado no reservatório de petróleo no processo de produção ou exportado para terra por gasoduto que ligará o FPSO à plataforma de Mexilhão, que opera um campo de gás na mesma bacia em águas rasas. De Mexilhão, o gás será escoado para a Unidade de Tratamento de Gás Monteiro Lobato, em construção na cidade de Caraguatatuba (SP). Ali ele será tratado antes de ser despachado para o mercado consumidor.

Informações gerais sobre as reservas do pré-sal

Volume recuperável pré-sal


As descobertas já realizadas ainda estão em fase de avaliação e não estão concluídos e aprovados os planos de desenvolvimento da produção. Portanto, não podemos falar em reservas provadas. Entretanto, os testes preliminares, realizados em quatro áreas do pré-sal (três na Bacia de Santos e uma na Bacia de Campos) permitiram prever volumes recuperáveis entre 10,6 bilhões e 16 bilhões de barris equivalentes - BOE (petróleo e gás), o que dobraria as reservas brasileiras de petróleo e gás que são de 15 bilhões de barris de óleo equivalente (petróleo e gás). Este volume considera a estimava de 5 bilhões a 8 bilhões de barris equivalentes recuperável em Tupi (Bacia de Santos) entre 3 bilhões e 4 bilhões de barris em Iara (Bacia de Santos), 1,1 a 2 bilhões de barris de óleo recuperável em Guará (Bacia de Santos) e 1.5 a 2.5 bilhões no Parque das Baleias (Bacia de Campos, em frente ao Espírito Santo). Para o volume recuperável se transformar em reservas, será necessário terminar o processo de avaliação das descobertas e aprovado e aprovar, na ANP, o plano de desenvolvimento da produção.

Área de Iara

No dia 10 de setembro a Petrobras divulgou que o consórcio formado por ela, como operadora com 65%, BG Group (25%) e Galp Energia (10%), comprovou relevante descoberta de óleo leve nos reservatórios do pré-sal na área conhecida como Iara. A estimativa de volume recuperável é de 3 a 4 bilhões de barris de petróleo leve e gás natural. Esta estimativa foi confirmada por teste a cabo e revelou a existência de petróleo leve, com densidade entre 26° e 30°API, numa área de cerca de 300 km2.

Área de Tupi

O conjunto de dados coletados, associados ao conhecimento já adquirido no pré-sal permitiu estimar o volume supracitado. Iara está localizado na área ao norte de Tupi, a cerca de 230 km do litoral da cidade do Rio de Janeiro, em lâmina d'água de 2.230 metros. A profundidade final atingida foi de 6.080 metros. A área conhecida como Tupi, também no Bloco BMS-11, resultou na descoberta anunciada em 11 de julho de 2006, com estimativa de volume recuperável entre 5 e 8 bilhões de barris de petróleo leve e gás natural, cujo Plano de Avaliação aprovado pela ANP encontra-se em execução. A seguir a relação dos blocos com participação da Petrobras (BR) no pré-sal da Bacia de Santos.

Parque das Baleias

Em novembro a Petrobras concluiu a perfuração de dois novos poços na seção pré-sal do litoral do Espírito Santo e comprovou expressiva descoberta de óleo leve (30 graus API) na área denominada Parque das Baleias, ao norte da Bacia de Campos. O volume recuperável das descobertas, feitas em reservatórios do pré-sal localizados abaixo dos campos de óleo pesado de Baleia Franca, Baleia Azul e Jubarte, é estimado entre 1,5 e 2 bilhões de barris de óleo equivalente (boe). Os poços 6-BFR-1-ESS e 6-BAZ-1DB-ESS foram perfurados a cerca de 80 quilômetros da costa e a cinco e seis quilômetros a norte e a sul, respectivamente, do poço descobridor 1-ESS- 103A, localizado na seção pré-sal abaixo do campo de óleo pesado de Jubarte, que já produz, com alta vazão, desde setembro deste ano.

Nesses dois poços os reservatórios foram descobertos sob uma camada de sal de até 700 metros e em lâminas d'água de 1.348 e 1.426 metros. Os reservatórios estão entre 4.200 e 4.800 metros de profundidade a partir do nível do mar e apresentam espessuras porosas com óleo de 190 e 300 metros, o que comprova o grande potencial das descobertas.

Até agora já foram perfurados seis poços na seção pré-sal do Espírito Santo, todos eles com sucesso. Com as novas descobertas, o volume total de óleo estimado na área do Parque das Baleias, incluídos os reservatórios localizados acima e abaixo da camada de sal, já chega a aproximadamente 3,5 bilhões de boe. Os excelentes resultados dessas duas perfurações, as ótimas respostas do Teste de Longa Duração (TLD) do poço pioneiro 1-ESS-103A e as facilidades logísticas já instaladas e em instalação na área levam a Petrobras a intensificar os estudos para acelerar a produção do pré-sal do Espírito Santo.



Reprodução - Cerimônia do Óleo no FPSO Cidade de Angra dos Reis, área de Tupi.

Fonte: Agência Petrobras de Noticias




Amistoso contra Argentina terá seleção ofensiva com Neymar e Ronaldinho Gaucho

Confira os 23 jogadores convocados por Mano Menezes 


Reprodução - Neymar convocado seleção.

Goleiros

Jefferson (Botafogo)

Neto (Atlético-PR)

Victor (Grêmio)



Laterais

Adriano (Barcelona)

André Santos (Fenerbahçe)

Daniel Alves (Barcelona)

Rafael (Manchester United)



Zagueiros

Alex (Chelsea)

David Luiz (Benfica)

Réver (Atlético-MG)

Thiago Silva (Milan)


Volantes

Lucas (Liverpool)

Elias (Corinthians)

Ramires (Chelsea)

Sandro (Tottenham)

Jucilei (Corinthians)


Meias

Ronaldinho Gaúcho (Milan)

Douglas (Grêmio)

Phillippe Coutinho (Inter de Milão-ITA)



Atacantes

Robinho (Milan)

Alexandre Pato (Milan)

André (Dínamo de Kiev)

Neymar (Santos)


Reprodução: Ronaldinho Gaucho

O atacante Neymar e o meia-atacante Ronaldinho foram as principais novidades na lista de convocados do técnico Mano Menezes para o amistoso da seleção brasileira contra a Argentina, marcado para 17 de novembro, em Doha, no Qatar. A lista de convocados foi anunciada na manhã desta sexta-feira, no Rio de Janeiro.

Neymar retorna após ficar de fora da última convocação, quando o Brasil enfrentou o Irã e a Ucrânia no início deste mês. Na oportunidade, a jovem promessa santista não foi convocado como uma forma de punição pela polêmica que se envolveu com o ex-técnico do Santos, Dorival Júnior --atualmente está no Atlético-MG.

Neymar só havia sido convocado para o amistoso contra os EUA, o primeiro da "Era Mano Menezes", quando marcou um gol na vitória por 2 a 0.

Já Ronaldinho ainda não havia sido chamado por Mano Menezes. O jogador foi observado de perto pelo treinador, que acompanhou os jogos do Milan contra o Chievo, pelo Italiano, e diante do Real Madrid, pela Copa dos Campeões.

Além de Neymar e Ronaldinho, a outra novidade na lista de convocados foi o meia Douglas, do Grêmio.

Com informações do portal UOL.

Datafolha aponta - Dilma 56% x Serra 44% - Disputa será voto a voto.


Reprodução -

Na reta final, pesquisa Datafolha divulgada nesta sexta-feira (29) mostra Dilma Rousseff (PT) com 56% dos votos válidos e José Serra (PSDB) com 44% na disputa do segundo turno pela Presidência da República.

Como a margem de erro da pesquisa é de 2 pontos percentuais, Dilma pode ter entre 54% e 58%, e Serra, entre 42% e 46%. O critério de votos válidos exclui as intenções de voto em branco e nulo e os indecisos.

Na pesquisa anterior do Datafolha, divulgada no último dia 26, Dilma também aparecia com 56% dos votos válidos e Serra com os mesmos 44%.

O Datafolha entrevistou 4.205 eleitores na quinta-feira (28). A pesquisa foi encomendada ao instituto pelo jornal "Folha de S. Paulo". Está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número de protocolo 37721/2010.

Votos totais

Pelo critério de votos totais (que incluem no cálculo brancos, nulos e indecisos), Dilma Rousseff soma 50% das intenções de voto, e José Serra, 40%. As intenções de voto em branco ou nulo acumulam 5%, segundo o Datafolha. Os eleitores indecisos são 4%.

Nos votos totais da pesquisa anterior do Datafolha, do último dia 26, Dilma tinha 49%, e Serra, 38%. Brancos e nulos eram 5%, e indecisos, 8%.

G1

Momento Saúde - A cada 5 minutos um brasileiro morre por causa de um AVC, mostra estudo.

Reprodução Ilustrativa AVC -
A cada cinco minutos, um brasileiro morre por causa de um acidente vascular cerebral (AVC), segundo dados da Academia Brasileira de Neurologia (ABN), com base em informações do Ministério da Saúde. São quase 100 mil mortes por ano no Brasil. Hoje (29), no Dia Mundial de Combate ao AVC, especialistas alertam que a maioria dos brasileiros desconhece os sintomas da doença e não procura o médico.Na maioria dos casos, o AVC, popularmente chamado de derrame, é causado pelo entupimento de uma artéria cerebral por um coágulo, impedindo o sangue de chegar a outras áreas do cérebro. “As pessoas esperam se vai melhorar e não procuram a emergência”, alerta a integrante do Departamento de Doenças Cerebrovasculares da ABN, Sheila Martins.

Dra. Gelsienny Terra

 Momento Saúde - Todo estudo tem por finalidade buscar o conhecimento ou aprimorá-lo. Na área de saúde então eles são fundamentais, as pesquisas são de extrema importância. Gostaria que o leitor ou leitora desse blog atenta-se para essa reportagem abaixo, pois ela além de revelar dados concretos, mostra medidas preventivas e o que cada um de nós podemos fazer para não participar dessa terrível estatística que aponta os números de vítimas do popular “derrame”, tecnicamente AVC (Acidente Vascular Celebral), no Brasil.





Em 2008, uma pesquisa do Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto, da Universidade de São Paulo (USP), perguntou a 800 pessoas nas ruas das cidades de Ribeirão Preto, São Paulo, Salvador e Fortaleza quais os sintomas do AVC. Somente 15,6% dos entrevistados sabiam o significado da sigla. Ainda segundo a pesquisa, a maioria dos entrevistados confundiu a doença com paralisia, congestão, trombose ou nervosismo. Os sintomas de um AVC são fraqueza ou dormência súbita em um lado do corpo, dificuldade para falar, entender ou enxergar, tontura repentina e dor de cabeça muito forte sem motivo aparente.


Reprodução - Ilustrativa
 
Para o neurologista e coordenador da pesquisa, Octávio Marques Pontes, o brasileiro não encara o AVC como uma doença que necessita de imediato atendimento médico, porque acha que não existe tratamento. “A doença está presente na vida das pessoas, mas a maioria vê como sem tratamento”, disse. Pontes informou que, desde 2001, está disponível na rede pública e privada o tratamento trombolítico, que consiste na aplicação de remédios para desobstruir a artéria e restabelecer o fluxo sanguíneo, considerado o método mais eficaz.

A recomendação é que o paciente inicie o tratamento cinco horas após o aparecimento dos primeiros sintomas. O atendimento rápido aumenta em 30% as chances de sobrevivência, segundo Pontes. Um levantamento da Associção Internacional de AVC (ISS,em inglês) constatou que 15% dos pacientes que tiveram um acidente vascular cerebral podem morrer ou sofrer novo problema no prazo de um ano.

Os especialistas alertam ainda que é possível prevenir o acidente vascular, desde que sejam adotados cuidados no decorrer da vida – entre eles praticar exercícios físicos, ter alimentação saudável e evitar o fumo, o consumo de álcool, além de ficar em alerta com as taxas de pressão e do colesterol. A doença incide na população com mais de 65 anos, mas pode ocorrer em jovens e até recém-nascidos.


"O acidente vascular cerebral ou encefálico, popularmente conhecido como derrame, é hoje a principal causa de morte no Brasil e a terceira doença que mais mata no mundo. Os mais pobres são suas principais vítimas, e o tratamento de primeira hora, que faz toda a diferença na recuperação dos pacientes, deixa a desejar. " Por Giuliano Agmont

Além da prevenção, os médicos apontam a necessidade de ampliar a rede com tratamento específico para o AVC. Atualmente, 62 hospitais públicos e privados oferecem o tratamento adequado, contra 35 em 2008, segundo a neurologista Sheila Martins. “Temos ainda muito a fazer”, alertou.

Em um ranking nacional feito pela neurologista, o Rio Grande do Sul aparece com a maior taxa de mortalidade por AVC no país – 75 mortes por 100 mil habitantes. Em segundo lugar está o Rio de Janeiro, com 68 mortes por 100 mil habitantes, seguido pelo Piauí, por Pernambuco e pelo Paraná. O cálculo é baseado em estatísticas do Ministério da Saúde de 2007.


Reprodução: Revista Pesquisa Médica


A Organização Mundial de AVC estima que uma em cada seis pessoas no mundo terá um acidente vascular cerebral na vida.

Por: Gelsienny Terra Com informações da Agência Brasil




quinta-feira, 28 de outubro de 2010

McDonald- Gerente engorda 30 quilos e pode receber 40 mil reais de indenização.

Reprodução-
Uma empresa brasileira, responsável por alguns dos franshisados da McDonald's no país, foi condenada a pagar uma indemnização de 30 mil reais (pouco mais de 12 500 euros) a um antigo funcionário que engordou 30 quilos enquanto trabalhava na empresa. O antigo gerente trabalhou no restaurante durante 12 anos. Tinha entre 70 e 75 quilos quando começou e mais de 105, quando saiu.

A condenação foi proferida numa primeira instância e, aí, a empresa foi condenada a pagar 40 mil reais (cerca de 16 700 euros). O Tribunal Regional do Trabalho da 4ª Região do Rio Grande do Sul confirmou a condenação, mas reduziu a indemnização em 10 mil reais, avança o «Estadão».

As provas apresentadas no processo indicam que o gerente era obrigado a provar a comida produzida no restaurante e, na hora da refeição, a empresa dava a comer o que lá havia: hamburguer, refrigerante e batatas fritas. E a empresa não permitia a troca do lanche por vales ou dinheiro. Os juízes reconhecem que o ex-funcionário tinha propensão genética para a obesidade, mas adiantam que isso não retira a responsabilidade da empresa.

Tvi24.iol.pt

Ficha limpa é válida para os políticos que renuciaram para fugir da cassação, confirma Lewandowski.

Reprodução
O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal (STF), confirmou hoje (28) que a decisão da Suprema Corte sobre a Lei da Ficha Limpa é válida para todos os casos de políticos que renunciaram ao mandato para fugir de processo de cassação. Ontem (27), ao analisar recurso de Jader Barbalho (PMDB-PA), segundo colocado na eleição para senador no estado, o STF decidiu que a Lei poderá ser aplicada na eleição deste ano.

No entendimento do ministro, o recurso de Barbalho é idêntico ao apresentado em setembro pelo então candidato ao governo do Distrito Federal Joaquim Roriz (PSC). Na época, o julgamento do recurso contra a impugnação da candidatura de Roriz terminou empatado em 5 a 5. No início da análise, os ministros aprovaram a repercussão geral sobre o tema, aplicando, com isso, a decisão a todos os outros casos similares.

“A meu ver, a lei vale. No caso Roriz, o tribunal reconheceu a repercussão geral do tema, e a questão julgada ontem foi exatamente idêntica. Todos os demais casos terão essa mesma solução”, disse.

Lewandowski ainda ressaltou que o caso de Valdemar Costa Neto (PP-SP) é diferente do de Jader Barbalho e Joaquim Roriz, apesar de envolver também renúncia de parlamentar. Costa Neto renunciou ao mandato de deputado federal em 2005, depois de ser acusado de envolvimento no caso do mensalão. Entretanto, o entendimento do Tribunal Superior Eleitoral foi o de que, como Valdemar Costa Neto renunciou antes da abertura de processo ou de representação contra ele, não poderia ser aplicada a Lei da Ficha Limpa nesse caso.

Agência Brasil

Comprar antibióticos no Brasil somente com receita especial, determina Anvisa.

Reprodução
A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicou hoje (28) no Diário Oficial da União as novas regras para controlar a venda de antibióticos. Essas substâncias, a partir de agora, só poderão ser vendidas em farmácias e drogarias do país mediante a apresentação da receita de controle especial em duas vias pelo consumidor.

A primeira via ficará retida na farmácia e a segunda deverá ser devolvida ao paciente carimbada para comprovar o atendimento. Quem prescrever as receitas deve atentar para a necessidade de entregar de forma legível e sem rasuras duas vias do receituário aos pacientes.

As embalagens e bulas também terão que mudar e incluir a frase “Venda sob prescrição médica – só pode ser vendido com retenção da receita”. As empresas terão 180 dias para se adequar às novas normas de rotulagem.

A resolução definiu também novo prazo de validade para as receitas, que passa a ser de dez dias, em função dos mecanismos de ação dos antimicrobianos. Todas as prescrições deverão ser escrituradas, ou seja, ter suas movimentações registradas no Sistema Nacional de Gerenciamento de Produtos Controlados. O prazo para que as farmácias iniciem esse registro e concluam a adesão ao sistema é de 180 dias.

As medidas valem para mais de 90 substâncias antimicrobianas, que abrangem todos os antibióticos com registro no país, com exceção dos que têm uso exclusivo no ambiente hospitalar. O objetivo da Anvisa é ampliar o controle sobre essas substâncias, principalmente após o aumento do número de contaminaçães pela superbactéria Klebsiella pneumoniae carbapenemase (KPC).

Agência Brasil

Néstor Kirchner morre aos 60 anos vitima de um infarte

Argentina - Ele estava junto à mulher, a presidente argentina, Cristina, descansando em El Calafate, quando passou mal na manhã de ontemEx-presidente (2003-2007) e principal responsável pela recuperação econômica da Argentina depois da crise de 2001, marido da atual titular da Casa Rosada, Cristina Kirchner, deputado e secretário-geral da Unasul, Néstor Kirchner morreu ontem de infarte, aos 60 anos, criando um vácuo no país. A morte, às 9h15min, em El Calafate, gerou um cenário de incerteza política – Kirchner era, na prática, uma espécie de copresidente argentino, junto à mulher, e provável candidato à sucessão em 2011.

Reprodução - "Néstor Kirchner, que tinha um longo histórico de problemas cardíacos, se encontrava com a esposa na residência da família em El Calafate, província de Santa Cruz, quando sofreu uma parada cardiorrespiratória e teve que ser levado para um hospital de maneira urgente."  AP.

O ministro do Trabalho, Carlos Tomada, informou que o velório será realizado a partir do meio-dia de hoje, na Casa Rosada, em Buenos Aires por 48 horas. As autoridades argentinas esperam a presença de diversos chefes de Estado da região, inclusive o presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O corpo de Kirchner ficará no recém-batizado Salão dos Patriotas Latino-Americanos, onde estão expostos quadros dos presidentes Juan Domingo Perón e Getúlio Vargas, de Tiradentes, do líder guerrilheiro Ernesto Che Guevara e do libertador venezuelano Simón Bolívar.

O enterro deve ocorrer em Río Gallegos, capital da província de Santa Cruz e cidade natal do ex-presidente, provavelmente no sábado, segundo informações extraoficiais.

Kirchner estava em El Calafate – cidade também em Santa Cruz, uma das principais atrações turísticas da Argentina – passando o feriado (devido ao censo no país) quando sentiu-se mal, durante uma reunião. Às 7h deu entrada no Hospital José Formenti. Pouco mais de duas horas depois, apesar das tentativas dos médicos de reanimá-lo, o homem mais poderoso da Argentina foi declarado morto.

Analistas recordaram os diversos alertas que a saúde de Kirchner havia dado nos últimos anos. Em 2004, foi internado por uma grave hemorragia gastrointestinal. O então presidente ficou em repouso por somente duas semanas. Em fevereiro passado, foi internado para uma cirurgia de de sobstrução da carótida. Apenas três dias depois, Kirchner – ignorando recomendações médicas – mantinha reuniões em seu quarto de hospital com os ministros do governo da mulher. Os médicos pediram que suavizasse o ritmo de trabalho. Ele respondeu aos pedidos com piadas. Em setembro, o ex-presidente foi internado, desta vez, para uma angioplastia.

Com informações do Diário Catarinense.

Rogério Matoso cita o regimento e Magal tem sua voz abafada.

Campos dos Goytacazes - Como ontem (26) não houve sessão, acumularam-se os serviços na Câmara. Assim os edis deixaram para esta quarta-feira (27) a aprovação das indicações, votação dos requerimentos, decretos, e todos os demais afazeres que é atribuição dos vereadores.

Entretanto para que seja aprovada e encaminhada alguma solicitação para o executivo é necessário que aconteça concordância entre os vereadores. Só que nem sempre isso é possível. Na sessão plenária desta quarta-feira, a vereadora de oposição, Odisséia Carvalho, apresentou um vídeo exibindo imagens de uma escola-creche, que segundo relato de alguns moradores da localidade da Tapera, a citada obra ainda não acabada tem servido para outros fins.

A partir desse momento, como cada um tem um ponto de vista o vereador Magal resolveu defender a prefeita afastada judicialmente, Rosinha Garotinho, que havia sido citada como responsável pela obra. Magal retrucou falando sobre a creche de Santa Helena, que foi deixada inacabada pelo governo anterior.

O clima esquentou quando o vereador foi advertido pelo presidente Rogério Matoso. De acordo com Matoso, o momento não era aberto aos debates, visto que não é previsto no regimento. Porém, Magal questionou o direito de falar. E insistiu até que o presidente pediu ao edil para sentar e aguardar o momento em que os vereadores teriam espaço para usar a tribuna com esses fins. Ainda havendo insistência por parte de Magal, seu microfone foi cortado e foi preciso ser convencido por outros colegas para que cedesse.

Magal disse: - Todo vereador tem que ser respeitado. Nesse momento o presidente foi direto e afirmou: - Para ter democracia tem que ter regra.


O vídeo ainda rendeu crítica por parte da vereadora Dona Penha, por ser ela presidente da comissão de fiscalização da Educação no município que questionou por não ter sido avisada com antecedência sobre o vídeo que seria passado. – Na próxima vez que a senhora for fiscalizar, entre em contato comigo ou com Kelinho que fazemos parte da comissão onde eu sou a presidente, e esse vídeo nos pegou de surpresa... Concluiu D. Penha.

Por: Washington Luiz

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Desigualdade racial ainda é uma triste realidade no Brasil, mostra estudo.

É muito dificil a situação da população negra no Brasil, e é revoltante saber que essa parte da população sofre sem ter seus direitos garantidos, principalmente no que diz respeito a saúde. Estudos feitos em Recife mostram a diferença entre as populações negras e as consideradas nao negras. Será que deveria existir tamanha desigualdade proveniente da cor de um cidadão? Será que no Brasil esxite alguém 100% de uma raça? Acredito que não, visto que nossa população é oriunda da miscigenação de grupos étnicos.

Reprodução
A Secretaria de Saúde do Recife apresenta esta manhã um documento sobre a situação de natalidade, mortalidade e morbidade da população negra do Recife. O estudo mostra a diferença que existe entre o nascer, adoecer e morrer da população negra e não- negra (classificadas como brancas, amarelas e indígenas) que residiram no Recife no ano de 2009.

O lançamento do Quadro Epidemiológico de Natalidade e Mortalidade por Raça/Cor Recife 2009 acontece na sala do Conselho Municipal de Saúde, na Rua Major Codeceira, Santo Amaro. Esta será a quarta edição do documento que é uma realização da gerência de Epidemiologia, vinculada à diretoria de Vigilância à Saúde da Secretaria que tem como objetivo promover o conhecimento da saúde da população negra da Cidade.

O evento vai discutir casos como qualidade de vida das crianças negras ao nascer e de morte de negros e não-negros em geral. Um dos dados que constam no documento tem relação com os números de pessoas que contraíram o vírus da AIDS em 2009. Para cada pessoa não-negra doente, existiu cerca de duas pessoas negras infectadas. Nos anos de 2006 e 2007, essa equação era um não-negro infectado para três negros infectados”, disse.

As causas de morte demonstram a pior situação para a população negra. Considerando todo e qualquer tipo de violência, para cada pessoa não-negra que morreu, seis pessoas negras faleceram. Esses números aumentam quando o tipo de morte é o homicídio. A cada branco, amarelo ou indígena que morreu vítima de homicídio, morreram 18 negros. Em 2008, foram registrados 15 negros para cada 1 não-negro.

O lançamento integra as comemorações do Dia Nacional de Mobilização Pró-Saúde da População Negra. Neste dia, várias atividades acontecerão em todo o País com o objetivo de promover e defender os direitos da população negra à Saúde e também estimular os gestores para a implementação das políticas públicas que são mais direcionadas a essa população (Política de Atenção às Pessoas com Doença Falciforme, instituída no Recife em 2001 e em 2005 pelo Ministério da Saúde; e a Política de Saúde da População Negra, desenvolvida pelo Município em 2006 e pelo MS em 2009).

A ação é uma iniciativa dos movimentos sociais, rede de religiões de Matriz Africana, Fundo das Nações Unidas para Promoção da Igualdade de Gênero, Raça e Etnia – Brasil, e conta com o apoio da Secretaria Especial de Políticas de Promoção da Igualdade Racial (SEPPIR), Ministério da Saúde, secretarias estaduais e municipais e profissionais de saúde e todos os militantes para o alcance da equidade no SUS.

Edição e comentários: Washington Luiz
Fonte: DIARIODEPERNAMBUCO.COM.BR

Goytacaz - Azulão da Rua do Gás ganha destaque na página do globo esporte

"Sou Goytacaz... Sou Goytacaz até morrer... nosso lema é vencer...vencer" - A alegria de ser alvi-anil, ganha destaque na história do esporte no Brasil. Eles estão sempre confiante. Os mais antigos lembram com nostalgia os tempos gloriosos em que o Estádio Ary de Oliveira e Souza vivia repleto de torcedores empurravam o Azul Celeste a vitória.

Mas agora não mais viveremos das reminicências do passado, e a alegria volta a reinar no campo de grandes conquistas. Eu me lembro de quantas vezes fui com meu pai aos jogos e muitos inesquecíveis. Que bom! Campos ganha e a formosa torcida do Goytacaz tem o imenso prazer. Desde já desejo uma longa jornada de sucesso aos jogadores que tem o privilégio de usar a consagrada camisa alvianil.

Por: Washington Luiz

Reprodução
Cahê Mota / Globoesporte.com
Ao Goytacaz  Futebol Clube - Homenagens, histórias, conquistas, tristezas, lágrimas e superação são  as marcas deixadas de geração a geração por sua  fiel torcida apaixonada. O Goyta ganha destaque nas páginas do Globo Esporte.
Reprodução ---- Campos dos Goytacazes, no interior do Rio de Janeiro, não tem no vermelho a cor da paixão. Lá, impera o azul. Mais precisamente na Rua do Gás, 351. No endereço, está localizado o estádio Ary de Oliveira e Souza. Matriz de uma “religião” baseada na devoção, apesar dos quase 20 anos de sofrimento. E onde sazonalmente fanáticos, que se multiplicam em meio à dor, comparecem vestidos com a cor do céu para torcer e rezar pelo ressurgimento do Goytacaz Futebol Clube.

Com história quase centenária – 98 anos -, o “Goyta” há muito tempo não tem do que se orgulhar pelo que realiza dentro de campo. Responsável pela revelação de um jogador como Amarildo, o Possesso - craque que brilhou no Botafogo e na Europa e foi substituto de Pelé na Seleção Brasileira no título do bicampeonato mundial de 1962, com direito a dois gols na decisão -, e com participações na Série A do Brasileirão, o clube agoniza há 18 anos fora da elite do futebol estadual e viveu em 2010 o seu pior capítulo, caindo pela primeira vez para a Terceira Divisão. O longo período no purgatório, no entanto, não diminuiu em nada o fanatismo do torcedor, capaz de ter média de público de dois mil pagantes em jogos da Segunda Divisão e que carrega consigo uma lenda de ser a quinta maior do Rio de Janeiro.

Torcida e história do Goytacaz



O Goytacaz é como Flamengo, Corinthians, Vasco... Quanto mais sofre, cresce mais. O sofrimento faz o amor renascer. Às vezes, na felicidade esse sentimento foge, não na dor. E vamos seguir lutando bravamente, sem se afastar do clube, para voltarmos à Primeira Divisão – disse Carlos Augusto Rangel, o “Pisa na Barata”, de 63 anos, 52 deles dentro do “Aryzão”.

Como se não bastasse acentuada decadência da equipe azul, o Americano, maior rival do clube, ocupou por muito tempo o posto de “maior dos pequenos”, com boas campanhas nos estaduais e títulos das taças Guanabara e Rio de 2002. Nada, porém, que tirasse o bom humor ou abalasse o fanatismo dos alvi-anis. Se o adversário tinha resultados, o Goyta era quem monopolizava as atenções na cidade e via sua torcida crescer. Um alento para os apaixonados.

- Isso tudo já começa pelas cores. É só ver o azul e branco, que é a cor do céu, e o preto e branco, que é cor de defunto. Essa já é a primeira diferença no amor que temos pelo Goytacaz. Hoje em dia não tem criança que é Americano, todo mundo é Goyta. Estamos sofrendo ao longo dos anos com péssimas administrações, mas confiamos na volta por cima – provocou Pisa na Barata.

O torcedor folclórico foi além e lançou um desafio para os aficionados do Americano.

"Com o Goytacaz na Terceira Divisão, estamos vendo aqui o estádio com mais de 1.500 torcedores pela Copa Rio. Ano que vem, na estreia do Americano na Primeira Divisão, se passar de 100 presentes eu pago um carro Okm"Pisa na Barata, torcedor folclórico- Com o Goytacaz na Terceira Divisão, estamos vendo aqui o estádio com mais de 1.500 torcedores pela Copa Rio. Ano que vem, na estreia do Americano na Primeira Divisão, se passar de 100 presentes eu pago um carro 0km."
A Copa Rio, por sinal, tem servido como a corda para alçar o clube do fundo do poço no qual se estabeleceu após o rebaixamento para a Terceira Divisão. Afogado em dívidas, vítima de greve de jogadores por falta de pagamento e sem perspectivas que gerassem qualquer entusiasmo, o clube está sob nova gerência desde o aniversário de 98 anos, no último dia 20 de agosto.

Torcedores fanáticos, o empresário José Luiz Dutra e o médico Marcelo Ramalho assumiram como presidente e vice, respectivamente, com um planejamento pautado na união com o maior, e talvez único, bem da entidade: o torcedor. A aposta para trazê-los de volta? Justamente a competição estadual. E a estratégia tem dado certo.

Com uma equipe remodelada e pautada em jogadores da região Norte Fluminense, o Goytacaz lidera o Grupo E das semifinais. Se chegar à decisão, já estará garantido ou na Série D do Brasileirão ou na Copa do Brasil.

- A Copa Rio foi a forma que encontramos para levantar a cabeça da nossa torcida. Era preciso manter a chama acesa – afirmou Marcelo Ramalho.


Fanatismo marcado na pele e com 'passa-fora' em treinador


Bastaram os resultados positivos, por menores que sejam, surgirem em campo para o “Aryzão” voltar a encher. Na vitória por 2 a 1 contra o Bangu, no último dia 16, mais de 1.500 torcedores pagaram para entrar no estádio. Entre eles, Sebastião Júnior, de 42 anos. Sentado em frente à torcida organizada que fundou, ele em nada lembrava os grandalhões que comandam gritos ofensivos em estádios Brasil afora. Era o retrato da aflição. Diante do campo esburacado e cheio de areia, sofria a cada ataque, a cada lance. Postura condizente ao fanatismo que o fez tatuar o distintivo do Goyta no braço.

     Reprodução:
Foto: Cahê Mota / Globoesporte.com
- A paixão é inexplicável. A maior prova disso é essa tatuagem no meu braço. Fico triste pelo clube estar na Terceira Divisão, mas tenho alegria por ter certeza de que a torcida nunca vai abandonar o clube. O estádio está sempre cheio, seja o dia que for. Somos fiéis ao Goytacaz.


Fiéis e abusados, diga-se de passagem. Se em clubes como Flamengo e Corinthians manifestações de torcedores são comuns diante de crises, no Goyta a interferência da torcida chegou ao extremo de exigir a demissão de um treinador em 2008. Com campanha oscilante na Segundona, Eugênio Carlos não agradou e teve sua saída cobrada... e aceita pela diretoria.


- Alguns técnicos e jogadores já tiveram que esperar mais de duas horas após as partidas para saírem do estádio ou até do campo. Isso acontece, sim. A torcida do Goytacaz cobra. Quem vier para cá tem que saber disso. Se tiver que botar para fora, botamos mesmo – revelou Sebastião.


Revelado pelo Americano, Rondinelli se derrete pelo Goyta

Imune a esse tipo de manifestação, o meio-campo Rondinelli tem sido a figura principal desta equipe que pode levar o clube de volta ao cenário nacional. Ex-lateral de Cruzeiro, Sport, Goiás, Fortaleza e revelado pelo Americano, ele já decidiu muitas partidas com o chute potente de perna esquerda, mas não esconde a frustração de não ter conseguido corresponder com o acesso à Primeira Divisão a paixão do torcedor, que ele considera inexplicável.

    Reprodução:
Cahê Mota / Globoesporte.com


- Eu não consigo explicar. É difícil. Todo mundo só fala bem dessa torcida, que mesmo diante dos problemas enche o estádio. Às vezes é quarta-feira à tarde e tem 3 mil torcedores, mesmo com o Goytacaz há 18 anos na Segunda Divisão e agora na Terceira. É complicado até falar. Essa é minha quarta passagem pelo clube e sempre batalhei para dar uma alegria para essa torcida, que merece muito.

Com conhecimento de causa, Rondinelli se coloca até mesmo no meio da rivalidade entre Goytacaz e Americano para decretar:

- Comecei a carreira no Americano, só tenho a agradecer ao clube, de lá saí para grandes equipes do futebol nacional, mas para falar de torcedor não tem como esconder. Já joguei para 8 mil torcedores em uma Segunda Divisão pelo Goytacaz. É diferente. Comparece mais.


O acesso tão sonhado por Rondinelli e pelos torcedores, no entanto, foi conquistado em 2006. Só não foi validado. Com o aumento dos clubes no Carioca de 2007, quatro novos participantes deveriam ser determinados a partir de uma seletiva no segundo semestre. A presença da Portuguesa, que tinha sido rebaixada no mesmo ano, porém, anulou a competição. Quarto colocado, o Goyta não levou o acesso, mas chamou atenção mais uma vez por sua torcida justamente na partida que o colocaria na elite.



'Invasão Azul'


- No último jogo, contra a Portuguesa, mais de 1.500 pessoas saíram de Campos, em inúmeros ônibus, e invadiram a Ilha do Governador. Do time deles devia ter, no máximo, 300 pessoas. O resto era nosso. Uma pena que não valeu – recordou o Pedrinho Goyta-Fla, torcedor fanático do Alvi-Anil e do Rubro-Negro, mas que faz questão de afirmar – Se eles se enfrentarem, eu sou azul!

Foto: Cahê Mota / Globoesporte.com
Em Campos não há pesquisas que comprovem a preferência dos torcedores. A diretoria do Goytacaz, no entanto, aponta mais de 60% da população de 650 mil habitantes como apaixonados pelo clube. Entretanto, o que mais chama a atenção nos jogos no Ary de Oliveira e Souza é a presença de jovens, que sequer viram o clube na elite e se dizem apaixonados. Como David Andretti, de 19 anos - praticamente o período em que o time ficou fora da Primeira Divisão -, criador da torcida Jovem-Goyta.

- Venho ao estádio com meu pai desde que nasci e fiz essa opção. Não foi por influência de ninguém. Vamos continuar lutando. Mesmo com o time mal, não vamos desacreditar. Todo mundo passa por baixo, e nossa hora vai chegar. Ainda realizo meu sonho de ver o time na Primeira Divisão.

Longe dos holofotes há décadas, o Goytacaz já disputou por três oportunidades a Série A do Brasileirão, em 1977, 1978 e 1979. Em nível nacional, a última boa campanha foi na Série B de 1985, quando foi vice-campeão, o que não garantia o acesso na época. Já na elite do Estado do Rio de Janeiro, após a fusão com o Estado da Guanabara, em 1975, foram 12 participações em 16 possíveis até o fulminante rebaixamento em 1992.

Abel Braga e Amarildo: carinho e boas lembranças


Reprodução - Site oficial do Goyta
Figuras marcantes de uma época em que o clube chamava a atenção não somente pela paixão do torcedor, Amarildo, bicampeão mundial em 1962 pela Seleção e com passagens por Botafogo, Flamengo, Vasco, Milan, Fiorentina e Roma, e Abel Braga, ex-zagueiro e técnico que, entre outras conquistas, foi campeão do mundo com o Inter, em 2006, nutrem carinho pelo “Azulão da Rua do Gás”.

Direto de Abu Dabhi, nos Emirados Árabes, onde comanda o Al-Jazira, Abelão lembrou a passagem pelo clube, onde encerrou a carreira, entre 1984 e 1985.

- Tenho um carinho enorme pelo Goytacaz, pois foi meu último clube como jogador. Além disso, o treinador era o Pinheiro, justamente com quem eu havia começado a carreira. Isso facilitou muito na minha chegada. Gostei muito de morar em Campos, que é uma cidade bastante acolhedora. Sempre acompanhei as notícias sobre o clube. A torcida já era presente e incentivava bastante na minha época, mas não tão fanática.

Campista, Amarildo tem os laços ainda mais estreitos com o Goyta. Antes mesmo de sonhar em ser campeão do mundo com a Seleção Brasileira, o “Aryzão” abrigou os primeiros capítulos de sua história com o futebol. Algo que mesmo com o passar das décadas não sai da memória.

- Na minha época, o campo também ficava sempre superlotado. Nos acostumamos a enfrentar os grandes clubes do Rio e, antes mesmo de jogar, eu tinha o hábito de pular o muro para ver jogos de Flamengo, Botafogo, Vasco e Fluminense. Tenho até uma cicatriz no meu pé dessa época (risos).

Aos 70 anos, Amarildo vive no Rio de Janeiro, mas, a distância, sofre com a situação atual do clube que o fez “nascer para o mundo”, como ele mesmo gosta de falar. Emocionado, o “Possesso” clamou por uma volta por cima e se colocou à disposição para ajudar.

- É lamentável ver o Goytacaz como está. Alguém em Campos tem o dever de olhar pelo clube, que é o mais tradicional da cidade. De lá saíram grandes jogadores para o exterior e para clubes importantes do Brasil. Mas, infelizmente, está desaparecendo lentamente. É um pecado. É preciso fazer alguma coisa, nem que seja a prefeitura. Precisamos levantar o Goyta. Respeito o Americano e o Rio Branco, mas o Goytacaz é o Goytacaz. É quem tem a tradição. Fico triste porque nasci ali. Quando alguém chegar lá para tomar alguma atitude verdadeira, estarei pronto para ajudar.

E assim, com a esperança pautada na paixão de seus torcedores e em busca de uma corda que o puxe para fora do “poço” da Terceira Divisão, o Goytacaz, que lidera o Grupo E da Copa Rio, com 10 pontos, encara o Friburguense, dia 3 de novembro, em Friburgo, precisando de uma vitória simples para dar o primeiro passo para ressurgr no cenário nacional.

Será uma forma ao menos de retribuir com resultados uma torcida que leva ao pé da letra a estrofe de seu hino, que diz: ‘Na vitória ou na derrota, na alegria ou no amargor, sou Goytacaz, sim, senhor. Sou Goytacaz por amor.”

  Reprodução:
 Foto: Carlos Grevi / Jornal O Diário


Edição e comentários: Washington Luiz
Fonte: Site do GloboEsporte.Globo



  Reprodução: