Marido mata esposa a tiros durante brincadeira em padaria.

Brincadeira dentro de padaria termina em tragédia. Um homem matou a própria esposa ao mostrar uma arma que ele havia comprado.

O homicídio ocorreu na padaria Santa Terezinha, localizada na Avenida Presidente Kennedy, em Praia Grande, São Paulo. Segundo informações do portal 'G1', o marido, identificado como Alexandre Severino de Noronha, de 35 anos, se desesperou quando viu que a arma tinha disparado e atingido o pescoço da esposa, Francisca Marinheiro da Silva, de 37 anos. A vítima chegou a ser socorrida, mas morreu no hospital.

Alexandre e Francisca eram gerentes do estabelecimento comercial, eles trabalhavam em horários diferentes e o disparo acabou sendo feito durante a troca de turnos. Segundo informações do delegado Alexandre Comin, o casal estava em um quartinho no fundo da padaria, onde os funcionários possuem um local reservado para conversarem.

Idosa é morta pelo próprio filho com golpes de foice.

O marido foi preso em flagrante e responderá por homicídio doloso e por porte ilegal de arma de fogo. De acordo com o delegado, o crime "é doloso por ser um dolo eventual. Não se pode brincar com uma arma".

Washington Luiz, repórter do Momento Verdadeiro.
Com informações do 'G1'.

Comentários

Veja também

Zeca fica com Jeiza e Bibi com Caio.