Blogs podem ser pessoais, opinativos ou profissionais

Por Washington Luiz -

Apesar de vivermos num país onde a Constituição garante a liberdade de expressão, é importante estarmos atentos, no que falamos, escrevemos, publicamos... Principalmente quando vamos falar de alguém.

A liberdade que os blogs oferecem para o amplo debate de diversidades de assuntos é realmente democrática e maravilhosa. Mas cabe ao criador ou administrador da página na web considerar se as postagens ou comentários publicados são de teor crítico construtivo ou ofensivo. Matéria estudada exaustivamente no curso de Jornalismo para web, na parte que aborda os blogs. Que podem ser: pessoal; de opinião ou profissional. É fato que não há melhor contribuição para o futuro do jornalismo online que os blogs profissionais: eles criam uma ponte direta entre a fonte da notícia e seu leitor, abordam aspectos que um noticioso jamais teria interesse ou espaço para publicar.

De acordo com o mestre do curso de Jornalismo Online a facilidade de publicação de conteúdo a partir de qualquer computador com conexão abre perspectivas nunca vistas para divulgação de uma idéia, uma experiência ou o que mais se desejar. Claro que é importante dizer que é fundamental pesquisar; existe muita coisa na rede que não pode ser digna de crédito, mas é inegável reconhecer o poder e a influência crescente desse meio.

Assim o jornalismo já acordou para o poder dos blogs e a maioria dos grandes jornais tratou de “profissionalizar” o meio, disponibilizando espaços para articulistas de suas equipes editoriais. Departamentos de mídia de agências também investem no potencial desse canal e vêm adaptando formatos e ações a essa realidade.

Comentários

Postagens mais visitadas