Prefeita Rosinha Garotinho sem partido, porém com mandato.

Na rota de grandes investimentos a planície que atualmente ainda depende muito dos royalties de petróleo, começa a vislumbrar novos horizontes. Hoje economicamente o município avançou, e vem aí a instalação de novas empresas de expressão no cenário nacional e internacional.  

A prefeita Rosinha Garotinho comemorando a decisão favorável da Justiça
no dia (15/12/2010) depois de quase 7 meses de afastamento
.
No ano passado a prefeita foi afastada por aproximadamente sete meses. Rosinha Garotinho conseguiu reverter na justiça à situação desfavorável, e voltou a governar . O processo regressou a etapa inicial e lá continua a disposição da justiça. Nesse período o município foi administrado pelo presidente da Câmara, Dr. Nelson Nahim, que manteve o mesmo secretariado e em seus discursos afirmava que não iria mudar as coordenadas da prefeita Rosinha. Na sua momentânea gestão destaca-se a homologação do polêmico concurso do Programa da Saúde da Família.
Passada essa fase. E a situação caminhando dentro de certa normalidade no campo político. Na última semana uma decisão partidária vem causando alguma apreensão sobre o futuro político dessa cidade. O PMDB resolveu desfiliar à prefeita e o vereador Jorge Magal que atualmente é líder da bancada governista na Câmara. Cabe lembrar que tal decisão ainda pode ser revertida. Sua desfiliação poderia acarretar numa ação por infidelidade e uma possível perda do mandato?
De concreto mesmo até o momento é que os advogados da prefeita estão cuidando do assunto. Há ainda uma informação de que o presidente do diretório municipal do PMDB, Sr. Ivanildo Cordeiro, teria garantido que o partido não tem interesse de requerer o cargo da Prefeita. Mas na cidade o que não falta são murmúrios sobre o assunto.  

Momento Verdadeiro  

Comentários

Postagens mais visitadas