Xuxa tocou na ferida no “Fantástico”.


Não é de hoje que a pedofilia (abuso sexual de crianças e adolescentes) atemoriza a sociedade. Entretanto sabemos que o assunto que outrora não recebia tanto destaque na imprensa passou a ser mais explorado após uma série de escândalos envolvendo religiosos, autoridades, e parte da sociedade privilegiada pelo poder financeiro. Esse fato provoca reações de todos os lados.

Desde o último domingo quando a apresentadora Xuxa Meneghel participou do quadro “O que vi da vida”, do “Fantástico”, na TV Globo, e revelou diante das câmeras que foi vítima de pedófilos o assunto vem repercutindo na mídia. Há quem pense que a “rainha dos baixinhos” estaria querendo se aparecer, explorando o assunto com outros interesses. Embora de um ponto de vista midiático fosse muito estranho, como se alguém estivesse disposto a dar “um tiro no próprio pé” – o que torna difícil acreditar que Xuxa usaria esse artifício.

Sendo assim, independente de seu passado, se condenável ou não por uma parcela da sociedade – o fato, a prioridade, é que a revelação dos abusos sexuais sofridos na infância e adolescência por Xuxa é algo muito grave, inclusive deveria ser investigado, mas isso depende da justiça.

Por fim nesse momento o que mais precisamos é proteger nossas crianças e adolescentes desses inescrupulosos e aproveitadores da ingenuidade pueril.  
Por: Washington Luiz.

Postagens mais visitadas deste blog

Tempestade deixa três mortos no Rio de Janeiro.

PF deflagra 59ª fase da Operação Lava Jato.