Exoneração de bispo da IURD gera especulações em Campos, RJ.

A exoneração do bispo Vieira Reis da Secretaria Municipal de Pesca e Aquicultura de Campos dos Goytacazes ganhou repercussão na imprensa local. Essa semana, a prefeita Rosinha Garotinho tornou sem efeito a portaria que nomeou o ex-vereador, veja (aqui).

Como Vieira Reis ainda não se pronunciou, começaram a surgir muitas especulações na planície goitacá. A assessoria de comunicação do município disse que ele teria saído da pasta alegando questões particulares. Matéria publicada no site Ururau ressaltou que Vieira, que é vinculado à Igreja Universal do Reino de Deus (IURD), do bispo Edir Macedo, e também é o presidente municipal do Partido Republicano Brasileiro (PRB), o mesmo do ministro da Pesca e Aquicultura, o senador Marcelo Crivella, foi substituído por Carlos Henrique Costa de Souza, que vinha exercendo a pasta de subsecretário.

IURD informa que Vieira Reis não é mais bispo da Universal.

Trajetória política conturbada - Vieira Reis foi deputado federal, na ocasião teve seu nome envolvido no "Escândalo dos Sanguessugas", também conhecido como máfia das ambulâncias, que estourou em 2006 devido à descoberta de uma quadrilha que tinha como objetivo desviar dinheiro público destinado à compra de ambulâncias, mas o bispo retomou a carreira política e com apoio da IURD de Campos dos Goytacazes foi eleito vereador na cidade e exerceu o mandato de 2008 à 2011.

Ele também disputou uma cadeira na Alerj nas últimas eleições, mas não conseguiu se eleger. Na ocasião a Igreja Universal do Reino de Deus de Campos dos Goytacazes apoiou o atual deputado estadual Alexandre Corrêa, do Rio de Janeiro. E como se pode vê a maioria dos  fiéis da IURD seguiram a recomendação da igreja. Dois anos depois não disputou a reeleição de vereador, mas indicou seu assessor Dayvison Miranda, que conseguiu se eleger com apoio da Universal. 
(Em evento da IURD, Celso Gonçalves, Dayvison Miranda e Vieira Reis - Foto/Divulgação Facebook)
Racha no Partido Republicano Brasileiro: Antes de Vieira Reis ser nomeado secretário da Pesca, o ex-presidente da Codemca, Jivago Farias, foi expulso do partido. O diretório municipal do PRB divulgou uma nota assinada pelo presidente Vieira Reis comunicando que Jivago foi expulso por desobediência e infidelidade. Atualmente a Companhia de Desenvolvimento do Município de Campos tem como presidente o ex-diretor da TV Record de Campos, Celso Gonçalves do mesmo partido e também pastor da IURD. (Momento Verdadeiro/com informações do site Ururau).

Postagens mais visitadas deste blog

PF deflagra 59ª fase da Operação Lava Jato.

Toffoli determina votação secreta na eleição do Senado.