Garoto atacado por tigre recebe alta de hospital.

Paraná (Cascavel) - O garoto de 11 anos, que foi atacado por um tigre na última quarta-feira, 30 de julho, no Zoológico, recebeu alta do hospital no fim da tarde desta quarta-feira (5). Ele teve o braço direito amputado na altura do ombro. Antes de deixar o hospital, o menino recebeu a visita de dois socorristas do Corpo de Bombeiros que prestaram atendimento no dia do acidente. "A gente se abraçou, chorou junto, mas é um choro de alegria, de emoção da gente saber que ele está bem", contou Andrade.

Ele deve voltar com a mãe para São Paulo amanhã. "Ele está se adaptando, mas está ótimo. A única preocupação que ele tinha era de sacrificarem o tigre, o que não vai acontecer", contou a mãe ao portal de notícias da Globo, G1.


A criança foi avaliada por uma equipe de cinco médicos de diversas especialidades antes de receber alta. Os exames que poderiam ser feitos no Instituto Médico-Legal de Cascavel não serão mais realizados. O diretor-clínico do HU, Sérgio Luiz Bader, disse que o garoto precisou da aprovação de um psiquiatra para receber alta."Conversei com o pai, conversei com ele, achei que o 'guri' está em uma situação extremamente confortável e, lógico, que terá que se recuperar de todo esse trauma, mas a evolução clínica dele é muito satisfatória e também a parte da emocional dele acho que também está desenvolvendo de forma satisfatória", comentou Bader.

Os funcionários do zoológico também terão orientação psicológica. A intenção da prefeitura é de que esse apoio auxilie os trabalhadores que lidam com os animais a manter a relação de antes do incidente. Na terça, o tigre voltou a ser exposto no zoológico. O animal ficou cinco dias isolado como medida preventiva por causa do incidente. 

Siga o Momento Verdadeiro no  Facebook Twitter.

Polícia Civil - O delegado Denis Merino, que investiga o caso, ouviu o depoimento de quatro funcionários do zoológico também na terça. Até sexta-feira (8), devem prestar depoimento outros funcionários, além de testemunhas e do pai do garoto, Marcos do Carmo Rocha.

Com informações do G1.

Comentários

Postagens mais visitadas