Pular para o conteúdo principal

Petrobras resgatou este ano 3.084 pinguins nas praias brasileiras.

O Projeto de Monitoramento de Praias (PMP), criado pela Petrobras em 2009 para atendimento de condicionantes ambientais de atividades de exploração e produção marítima de petróleo e gás, do litoral do Ceará até Santa Catarina, resgatou no primeiro semestre deste ano, nas praias que se estendem da Região Sul até o Espírito Santo, 3.084 pinguins. O número inclui até o dia de ontem (9). Os dados são atualizados diariamente.

O PMP é desenvolvido em dez estados, ao longo da costa brasileira, à exceção de Pernambuco e da Paraíba, onde a Petrobras não tem operações no mar, cobrindo extensão de mais de três mil quilômetros. O programa é considerado o maior do mundo de monitoramento de praias.

De acordo com a gerente-geral de Licenciamento Ambiental da Petrobras, Daniele Lomba, o principal objetivo do projeto é identificar “a correlação das nossas atividades com a fauna marinha, para verificar se há algum tipo de impacto”. 

O projeto conta com várias instituições parceiras. São 42 bases de fauna e veterinárias ao longo da costa brasileira que apoiam o projeto. “Ele começou pelo Nordeste, depois veio para a Bacia de Campos, no estado do Rio de Janeiro e, depois, para a Bacia de Santos, quando a companhia iniciou a exploração do pré-sal”, disse à Agência Brasil. 

Na Bacia de Santos, o projeto está operando desde 2015.

Recorde

Para os primeiros seis meses do ano, é o maior número registrado de resgate de pinguins pelo projeto nos últimos anos. No mesmo período, foram encontrados 91 pinguins, em 2017; 55, em 2018; 88, em 2019. Em todo o ano passado, foram encontrados 4.141 pinguins.

Daniele Lomba disse que as ocorrências de pinguins na costa brasileira são usuais no período do inverno, que se estende de 21 de junho a 22 de setembro. “Mas neste ano antecipou um pouquinho a chegada desses animais”. Os pesquisadores não sabem, ainda, o que originou esse aumento. A expectativa, entretanto, é que o número de pinguins vai crescer porque julho, agosto e setembro são os meses que apresentam anualmente maior número de ocorrências.

De acordo com informação da assessoria de imprensa da Petrobras, somente na primeira semana de julho apareceram 353 pinguins, sendo 176 no estado do Rio de Janeiro. Este ano, houve o registro de 1.342 pinguins em Santa Catarina; 1.267, em São Paulo; 305, no Rio de Janeiro; e 170, no Paraná.

Espécies

De acordo com o projeto, os animais encontrados são da espécie pinguim-de-magalhães (Spheniscus magellanicus), comum nas Ilhas Malvinas, Argentina e Chile, que, para fugir das temperaturas frias, migram para o litoral brasileiro durante o inverno.

Na avaliação do gerente executivo de Segurança, Meio Ambiente e Saúde da Petrobras, Mauricio Antonio Costa Diniz, o Projeto de Monitoramento de Praias desenvolve um papel fundamental, porque “contribui para a geração de conhecimento científico sobre a biodiversidade marinha e colabora com os órgãos ambientais na conservação e na gestão ambiental”.

Animais

Daniele Lomba informou que, de maneira geral, os animais mais observados pelo programa no litoral do país são tartarugas, além de golfinhos, baleias e aves marinhas. “O programa monitora essas praias. É um monitoramento diário terrestre e também embarcado”. Quando são encontrados, os animais são resgatados pelas equipes e enviados para reabilitação nos centros veterinários, sendo posteriormente reintroduzidos no mar. Antes disso, porém, os animais recebem uma marcação, que permitirá o seu acompanhamento, caso reapareçam em outra região. Os pinguins, por exemplo, recebem chips. No caso de carcaças, se essas estiverem em condições de serem analisadas, elas são recolhidas, acondicionadas e enviadas para análise em laboratórios, para ver se há uma correlação entre a morte do animal e alguma atividade humana.

Comunidades

O Projeto de Monitoramento das Praias trabalha em parceira com as comunidades locais. A recomendação feita para a população das diversas áreas de atuação do projeto é que, ao avistar baleias, lobos ou leões-marinhos, golfinhos, pinguins, aves e tartarugas marinhas nas praias, vivos ou mortos, acione o PMP da sua região. 

Os contatos para esses avisos são: PMP-BS Área SC/PR e Área SP – 0800 6423341; PMP-BS Área RJ (Paraty a Saquarema) – 0800 9995151; PMP-BC/ES (RJ) -0800 0262828; PMP-BC/ES (ES) - 0800 0395005; PMP-SEAL (Piaçabuçu/AL até Conde/BA) - 08000-793434 ou (79) 9 9683-1971; PMP-RNCE (RN) - (84) 98843 4621; PMP-RNCE (CE) - (85) 99800 0109 e 3113 2137. (Agência Brasil).

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Vídeo Som de trombetas no céu de Israel é real?

O mundo tem sofrido muitas mudanças. Por conta destas mudanças, muitos acreditam que a segunda vinda de Jesus Cristo está bem próxima. Será que já estamos vivendo o Apocalipse bíblico? Bom! De tudo que já ouvi até hoje, apenas uma coisa é certa. A morte chegará em algum momento para cada um de nós, e não poderemos fazer nada. Ela poderia ser o fim, mas para quem crê, a morte é um novo começo ao lado de Deus.

Fim do mistério! Vídeo Som de trombetas vindo do céu em Jerusalém.

Recentemente fiz um post, que você pode ler na íntegra neste (link) comentando uma notícia falsa de que a Nasa tinha confirmado uma catástrofe no Brasil. Agora vou falar sobre um vídeo, intitulado: "Som de trombetas no céu de Israel", que foi publicado no Youtube no inicio do mês de outubro e já tem mais de 150 mil visualizações.

Lei sobre ‘chip da besta’ desrespeita à Constituição, diz PGL.

Cientista choca ateus ao confirmar que a oração tem o poder de curar doenças?

Papa Francisco vai visitar Congregação…

Você está no Cadastro Único do Governo Federal.

Os últimos dias têm sido difíceis para milhões de brasileiros devido a pandemia de coronavírus, que assola o mundo. Vivemos momentos de incerteza e diferente daqueles que tem condições de receber um tratamento adequado em caso de contaminação e até uma possível complicação do quadro desencadeado pela Covid-19, que pode ser fatal, sabemos que o sistema de saúde pública não terá condições de suportar uma demanda alta. E é por isso que somos obrigados a ficar em casa de quarentena.  Mas, além da Covid-19, temos outro problema. Como se manter durante a quarentena? Então! Eis que uma pequena luz se acende. Só que, ao que parece, esse auxílio ainda não chegou a milhões de famílias. Pais de família e donas de casa, trabalhadores informais e desempregados que todos os dias acessam o sistema e se deparam com uma mensagem que avisando: Você está no Cadastro Único do Governo Federal.As condições para recebimento do Auxílio Emergencial serão avaliados com os seus dados do Cadastro Único. Lembram…

Casal da Cedae chega de Kombi pede amostra de água e assalta residência [é boato].

Assunto: Boatos que circulam pela internet Homem e mulher disfarçados com uniforme da Cedae realizam assaltos à residências. Casal usando uniforme da Cedae assaltam residências. Olá pessoal. Está circulando pelo Facebook e também pelo WhatsApp um texto alertando que um casal usando o uniforme da Companhia Estadual de Águas e Esgotos (CEDAE) estaria realizando assaltos à residências. 
Segundo o texto, eles chegam de Kombi e dizem que vão fazer coleta de água para análise."Se chegar uma kombi na porta da sua casa com um homem e uma mulher com uma pasta dizendo que é da cedae que veio tirar amostra da água, não atenda que é assalto são bandidos espalhe pra todo mundo da vizinhança". É fato que, recentemente, foi constatado pelas autoridades que ocorreu um aumento deste crime. Por exemplo, em Niterói, Região Metropolitana do Rio de Janeiro, o roubo à residência aumentou 97,36% do primeiro semestre do ano passado para este. De janeiro a julho de 2017, foram registrados 75 casos. …