Sepultamento de Subtenente do Corpo de Bombeiros que morreu após ser atropelado por ônibus no RJ

O enterro do subtenente aposentado do Corpo de Bombeiros, Gilson Castro Silva, de 58 anos, será nesta quarta-feira (4) no Cemitério Ricardo de Albuquerque, na Zona Norte do Rio. Ele  foi atropelado por um ônibus no início da manhã desse domingo (1), na Avenida Nossa Sra. de Copacabana, na altura da Praça do Lido, na Zona Sul do Rio do Janeiro.

Imagens registradas por outras pessoas que estavam no local mostram que o motorista do ônibus arrancou e passou por cima do militar. Em seu depoimento, o motorista disse que não viu que Gilson estava à frente do ônibus na hora que acelerou o veículo – o que, segundo a Polícia Civil, é desmentido pela investigação.

Após analisar essas imagens, segundo o delegado André Leiras, titular da 12ª DP, não restaram dúvidas sobre a conduta do investigado e o dolo de matar. O motorista Valdir das Mercês Junior foi preso por suspeita de homicídio doloso – quando há a intenção de matar.

Segundo familiares do Gilson Castro Silva, a empresa Nossa Senhora das Graças não prestou nenhuma assistência financeira aos parentes. Com informações do g1.

Comentários

Atenção! Por favor, observe que o conteúdo deste site é protegido por direitos autorais. Não é permitido o uso não autorizado do conteúdo sem a permissão prévia do autor. Caso tenha interesse em utilizar alguma parte do conteúdo, por favor, entre em contato pelo e-mail momentoverdadeiro@gmail.com para mais informações. Agradecemos a compreensão.

Seguidores

Postagens mais visitadas deste blog

Escândalo de estupro envolvendo Daniel Alves: Tatuagem expõe mentiras do jogador

Jovem relata como sobreviveu ao incêndio na Boate Kiss em Santa Maria (RS).

Vocalista da banda Gurizada Fandangueira contou sua versão sobre o incêndio na Boate Kiss.