Arena Condá recebe os heróis da Chapecoense. #ForçaChape

Gilmar Mendes defende atualização da Lei de Abuso de Autoridade.

quinta-feira, 5 de maio de 2016

Vanessa Graziottin desmente boato e pede punições.


O Brasil vive um momento político extremamente conturbado. Enquanto o Senado Federal se prepara para votar a admissibilidade do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff, a Câmara dos Deputados vê o atual presidente, Eduardo Cunha, ser afastado do cargo pelo Superior Tribunal Federal. Por outro lado, a Operação Lava Jato tem revelado que há um esquema de desvio dinheiro envolvendo políticos do alto escalão do Governo e até da oposição.

Esse quadro é preocupante e tem afetado a vida dos brasileiros. Pois o país também enfrenta uma grave crise econômica que necessita de um governo estruturado para ser, pelo menos, minimizada. Resumindo, enquanto a situação política não está definida, o povo sofre. 

E, se não bastasse os problemas reais, todos os dias surgem boatos nas redes sociais. Já disseram que "Dilma doou R$176 bilhões para Cuba" (leia aqui), que o "WhatsApp vai cobrar 0,37 centavos por cada mensagem" enviada (leia aqui),  tem "holocausto econômico na Petrobras" (leia aqui), e agora aparece um texto dizendo que, para defender Dilma, uma senadora disse que a "classe média brasileira é analfabeta". Ufa!

A falsa mensagem, que circula nas redes sociais, diz que a senadora Vanessa Grazziotin, do PCdoB, ofendeu a classe média. “A classe média é analfabeta política e tem de ficar no seu lugar insignificante de contribuinte e deixa a esquerda intelectual garantir o futuro dessa nação...”, diz um trecho da mensagem acompanhada da foto da senadora. 

Vanessa Grazziotin usou sua conta no Facebook para se pronunciar sobre o caso. Segundo ela, foi o senador Magno Malta que lhe mostrou o texto que circula nas redes sociais usando seu nome. A senadora gravou um vídeo informando que já tomou medidas legais sobre o caso: "Já alertei a polícia do Senado Federal, estou comunicando imediatamente a Polícia Federal para identificar e punir esses verdadeiros criminosos que atuam na internet, sem identificação com o único propósito de denegrir quem faz o seu trabalho com dignidade, sem levantar uma única mentira com quem quer que seja". Assista ao vídeo.

Washington Luiz, repórter do Momento Verdadeiro.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Não divulgamos links.Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do M.V News.

Recomendados para você.