22 missionários foram condenados à morte pelo Estado Islâmico?

22 missionários foram condenados à morte pelo Estado Islâmico?
O que é o Estado Islâmico? Um grupo que diz ter autoridade política legitimada pela religião islâmica. Liderado por Abu A-Bagdhadi, que autoproclamou califa. O título é dado aos antigos sucessores de Maomé. Resumindo: o Estado Islâmico é um grupo formado por jihadistas muçulmanos ultraconservadores.

Começamos este post falando sobre o Estado Islâmico porque sempre circula nas redes sociais notícias envolvendo o grupo e uma perseguição aos cristãos. Este ano, uma notícia causou grande comoção. Vinte e dois missionários condenados por afegãos islâmicos seriam executados, informa o texto.

Mas será que está informação é verdadeira? Bom! Apesar da informação ter causado grande comoção, ela vem se repetindo ao longo dos anos. E sempre sustentando que a execução vai ocorrer "amanhã".  Acontece que o amanhã é um futuro incerto. Então já deu para desconfiar que está história é de origem duvidosa. 

No "Snopes" encontramos uma matéria sobre os 22 missionários que seriam reféns do Estado Islâmico. Segundo o site, não há 22 famílias missionárias sob a ameaça de execução. Está mensagem circulou em fevereiro de 2009. 

Foto do papa Francisco com bandeira gay é falsa.

Conclusão: a história de que 22 missionários foram condenados à morte pelo Estado Islâmico é BOATO. Quem acompanha notícias internacionais já percebeu que o EI já deu provas suficientes que não fica adiando execuções, pelo contrário, na web há vários vídeos com imagens fortes que mostram a maneira do grupo agir. 

Washington Luiz, repórter do Momento Verdadeiro.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PF deflagra 59ª fase da Operação Lava Jato.

Toffoli determina votação secreta na eleição do Senado.