Saiba como a idolatria se tornou popular no mundo.

Washington Luiz
Teólogo e Jornalista.

A idolatria surgiu após o período antediluviano, que durou cerca de mil seiscentos e cinquenta e seis anos, segundo a cronologia bíblica. Ressaltando, com base em estudos teológicos, que nos sete primeiros capítulos da Bíblia não encontramos nada que fale da idolatria. 

Mas após o dilúvio —"no sétimo mês, no décimo sétimo dia do mês, a arca parou sobre as montanhas do Ararat" (Gênesis 8:4) — de acordo a Bíblia Sagrada,  eles — "Sem, Cão e Jafé, filhos de Noé; e a estes nasceram filhos depois do dilúvio" (Gênesis 10:1) — desceram, cerca de oitocentos quilômetros, e foram morar na região Mesopotâmia, que fica entre os rios Tigre e Eufrates. E da geração dos filhos de Noé nasceu Ninrode, poderoso caçador e grande construtor, que fundou cidades importantíssimas, entre elas: Babel e Nínive  — "Cuxe gerou a Ninrode, que começou a ser poderoso na terra. Ele era poderoso caçador diante de Jeová; pelo que se diz: Como Ninrode, poderoso caçador diante de Jeová. O princípio de seu reino foi Babel, Ereque, Acade e Calné, na terra de Sinear. Daquela terra saiu ele para a Assíria, e edificou Nínive, Reobote-Ir, Calá e Kesen entre Nínive e Calá (esta é a grande cidade)". (Gênesis 10:8-12). Nesta época eles tentaram construir a conhecida "Torre de Babel", leia em Gênesis 11.

Da geração de Ninrode surgiu a idolatria — segundo a tradição babilônica, ele ficou muito famoso por que  foi o primeiro homem a domar e domesticar um cavalo —  e diz essa tradição que quando Ninrode morreu, eles fizeram uma imagem dele em cima de um cavalo caçando um leão e começaram a adorar essa imagem. Isso aproximadamente cem anos após o dilúvio. 
(Devemos adorar a Deus, e somente ao Senhor e Criador de todas as coisas | Eu creio. )
A idolatria é uma prática enganosa, pois leva o homem a prostrar-se diante de um ídolo fabricado por mãos humanas  — ou mesmo um ídolo imaginário — e tributar a este ídolo veneração ou culto que só Deus merece.  Praticar a idolatria também é uma desobediência — "Não terás outros deuses diante de mim. Não farás para ti imagem de escultura, nem alguma semelhança do que há em cima nos céus, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra." (Êxodo 20:3-4) — ela leva o homem a substituir o Criador e adorar a criatura. "De todo o meu coração te hei buscado; Não me deixes desviar dos teus mandamentos." — (Salmos 119:10).

Veja também:
"JESUS": a pré-existência do Filho de Deus.
O papa e a profecia de Apocalipse 17.
Saiba por que ter conhecimento nem sempre significa ter sabedoria.
Saiba por que devemos acreditar na Bíblia Sagrada.
Quem são os 144 mil escolhidos no livro do Apocalipse?

Postagens mais visitadas