Funcionários da Nutrindo correm o risco de ficar sem os salários neste mês.

A empresa Nutrindo, que presta serviços de home care a pacientes de Campos dos Goytacazes, denunciou o atraso do repasse de verbas pela Prefeitura. A informação foi divulgada pelo portal G1.
De acordo com a responsável pela empresa, Sara Cruz, desde janeiro a Nutrindo atende 52 pacientes, sem contrato, e não recebe nenhum pagamento. A responsável denunciou ainda que o repasse de cerca de R$ 1 milhão deveria ser feito há cada 45 dias, segundo um acordo judicial entre as partes. E, segundo Sara, no dia 25 de agosto venceu a atual dívida da empresa, que ultrapassa R$ 7 milhões. Mas o valor dos serviços prestados até o momento, ultrapassa R$ 10 milhões. 
Segundo a Nutrindo, o último repasse feito pela Prefeitura Municipal de Campos dos Goytacazes foi em maio deste ano, e é referente às dívidas acumuladas em 2013 e 2014. A empresa ressalta que fornecedores estão sem receber e funcionários correm o risco de ficar sem os salários neste mês.

OUTRO LADO.

Através de nota, o vice-prefeito e secretário de Saúde, Francisco de Oliveira, disse que de 2013 até esta quarta foram pagos mais de R$ 21 milhões à empresa, e que o atraso no pagamento é consequência da perda na arrecadação dos royalties. "O vice-prefeito e secretário de Saúde, Doutor Chicão, diz que, de 2013 até a presente data, foram pagos 21.818.119,43 milhões à empresa e que, Campos, como os demais municípios produtores de petróleo, sofrem com perdas brutais de receitas que afetam a sua rotina e que, em função disso, os demais pagamentos encontram-se em processo administrativo". (Com informações do G1). Leia outras notícias de Campos dos Goytacazes.

Comentários

Justiça francesa condena Maluf a três anos de prisão por lavagem de dinheiro.



Software recomendado
Baixar videos do YouTube com Freemake

Recomendadas para Você