Vídeo de Bolsonaro contra Jean Wyllys é falso, diz polícia.

STF mantém Renan Calheiros na presidência do Senado.

segunda-feira, 5 de outubro de 2015

PM mata sobrinha de 9 anos com um tiro na cabeça.


Rio de Janeiro. Ao reagir a um suposto assalto, um policial militar atingiu com um tiro a sobrinha, em São João de Meriti, na Baixada Fluminense, na noite deste sábado. Ana Gil da Silva Ananias, de 9 anos, subia as escadas de casa e morreu na frente da mãe, que viu tudo pela janela. A tragédia familiar aconteceu na Avenida Presidente Linconl, no bairro Jardim Meriti, como informou uma reportagem do jornal O Dia.

De acordo com a publicação, o soldado PM Márcio Henrique Oliveira da Silva, lotado no 22 º BPM (Maré), pensou que seu carro, um Celta preto, estava sendo roubado e deu ordem para o motorista parar. Como não foi obedecido, o policial disparou três tiros. 

Quem estava ao volante não era um ladrão, mas um primo do policial — Alexander de Oliveira Alves da Silva, 29 anos — que pegara seu carro sem pedir autorização. A menina Ana Gil estava subindo as escadas para entrar em casa quando foi baleada. Ela foi levada para PAM e transferida para o Hospital Estadual Adão Pereira Nunes, em Duque de Caxias, mas não resistiu.

O caso está sendo investigado pela Divisão de Homicídios da Baixada Fluminense. Atingido por um tiro, o carro do policial foi periciado no local. A arma dele foi apreendida. O corpo de Ana foi encaminhada para o Instituto Médico Legal. A mãe da criança também prestou depoimento na delegacia. Reportagem completa no site do jornal O Dia.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Não divulgamos links.Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do M.V News.