Deu ruim! Rayanne Morais e Douglas Sampaio foram parar na DP.

Gilmar Mendes defende atualização da Lei de Abuso de Autoridade.

quinta-feira, 5 de novembro de 2015

Menina de 6 anos sobrevive com coração fora do tórax.


Menina surpreende médicos ao sobreviver com coração fora do tórax. A criança sofre de uma doença rara conhecida como Pentalogia de Cantrell. A doença afeta 5,5 bebês a cada milhão de nascimentos -, em que os órgãos vitais se desenvolvem fora das partes correspondentes no corpo saudável, como informou uma reportagem da agência de notícias britânica BBC.

De acordo com a reportagem, devido a gravidade do transtorno de Virsaviya, assim que ela nasceu, os médicos disseram a Dari Borun que sua filha dificilmente sobreviveria. "A pequena nasceu com o coração fora da caixa torácica e os intestinos fora do abdômen. Além do coração e dos intestinos, ela não tinha parte dos músculos abdominais, não tinha diafragma e nem parte dos ossos do peito", disse à BBC Mundo.

A gravidade do transtorno varia de caso a caso. No caso dela, "também nasceu com transposição das veias dos pulmões, o que quer dizer que essas veias são muito grandes e geram uma hipertensão coronária. Nos ultrassons e radiografias (as veias) parecem globos. E não deveria ser assim. Quando tinha quatro meses, ela passou por uma cirurgia para consertar o problemas mas, infelizmente, não houve sucesso", explicou a mãe.

É possível ver o coração de Virsaviya, que hoje tem 6 anos e meio, por fora do peitoral, coberto por uma fina camada de pele. Como ele não tem proteção adequada, qualquer pequeno baque ou queda pode causa um dano significativo.
A Pentalogía de Cantrell o desenvolvimento de alguns órgãos vitais | Foto: Dari Borun/BBC.
Virsaviya e Dari são da cidade de Novorossiysk, no sudoeste da Rússia. Chegaram a Boston, nos Estados Unidos, há cerca de nove meses. E depois foram para o sul da Flórida, onde pretendem morar de forma permanente. 

Apesar da frágil condição de sua saúde e das dificuldades pelas quais passa, Virsaviya parece aproveitar sua vida. Ela gosta de pôneis, golfinhos, cantar e dançar - principalmente músicas de Beyoncé. Leia a reportagem na íntegra no site da BBC

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Não divulgamos links.Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do M.V News.

Recomendados para você.