Vídeo de Bolsonaro contra Jean Wyllys é falso, diz polícia.

STF mantém Renan Calheiros na presidência do Senado.

quarta-feira, 25 de maio de 2016

Polícia prende GCM investigado por morte da própria esposa em Campos.


Campos dos Goytacazes - Guarda municipal investigado por envolvimento na morte da própria esposa, a analista judiciária Patrícia Manhães Gonçalves Mattos, é preso em uma ação conjunta da Polícia Civil e do Ministério Público. Além do GCM, o primo dele e um advogado foram levados para 146ª Delegacia de Polícia de Guarus, segundo informações divulgadas na manhã desta quarta-feira (25) pelo blog Momento Verdadeiro NF. A analista judiciária Patrícia Manhães morreu após levar três tiros, dois na cabeça e um no tórax no dia 13 de abril, relembre o caso (aqui).

O delegado titular da 146ª DP/Guarus, Luiz Maurício Armond,  concedeu entrevista. Ele disse que a suspeita é de que o advogado do investigado, que também foi preso, tenha coagido testemunhas. O marido da analista judiciária tinha uma amante há mais de um ano, que também é casada, e se encontrava com ela em um apartamento no condomínio Recanto das Palmeiras. "Durante as investigações, identificamos várias contradições entre as testemunhas. Descobrimos que ele tinha um caso extraconjugal com uma mulher e ela será levada para a delegacia também para prestar depoimento", disse Armond.

Ainda de acordo com o delegado, outro GCM preso é apontado pela polícia como sendo o executor do crime. Luiz Maurício Armond informou que o guarda municipal que teria matado Patrícia Manhães tem envolvimento em outros crimes, inclusive, está sendo acusado de ser chefe de milícia no bairro.

A Polícia Civil cumpre seis mandados de prisão preventiva e busca e apreensão. As diligências acontecem nos bairros do Centro, Parque Rodoviário, Parque Imperial, Parque São Mateus e Parque Lebret. Com informações do jornal Notícia Urbana.

Washington Luiz, repórter do Momento Verdadeiro.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Não divulgamos links.Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do M.V News.