Arena Condá recebe os heróis da Chapecoense. #ForçaChape

Gilmar Mendes defende atualização da Lei de Abuso de Autoridade.

domingo, 12 de junho de 2016

Bebê deu entrada em pronto-socorro com várias marcas de mordidas.


Bebê deu entrada em pronto-socorro com várias marcas de mordidas.
Amazonas - Deu entrada neste domingo (12) no Pronto-Socorro da Criança João Lúcio, em Manaus, um bebê de 1 ano e 4 meses. Segundo uma médica do hospital, a criança tinha marcas de mordidas, hematomas de espancamento por todo corpo e ferimentos no pênis. De acordo com o portal de notícias 'G1', a mãe do menino foi encaminhada à polícia.

Funcionários da unidade relataram que a criança tinha múltiplas lesões causadas possivelmente por socos e mordidas. "A criança chegou chorando. A mãe, super fria, chegou dizendo que a criança tinha caído do velocípede. Achei muito estranho porque a gente conhece quando a criança cai e, ele estava cheio de mordidas pelo corpo inteiro, perna, tronco, cabeça, bochecha, inclusive na área genital. O 'pintinho' dele estava dilacerado com mordidas", disse a pediatra.

Indagada pela médica sobre o que ocorreu com a criança, a mãe disse inicialmente que o filho tinha caído do velocípede. "Ela disse que ele caiu do velocípede, depois ela mudou de assunto, dizendo que ela dormiu e que já tinha acordado com a criança daquele jeito. Mas como? Só se tinha um tigre dentro do quarto?", afirmou a médica, em entrevista ao 'G1'. 

O bebê permaneceu por três horas em observação. Após ser submetido ao exame de raio-x, ele foi avaliado por um pediatra, um cirurgião e um ortopedista. "Ele não tem sinais de fratura. A única coisa que esta ruim é a urina, como o 'pintinho'’ dele foi muito mordido, ele não esta conseguindo urinar", disse a pediatra Aline Coelho Cordeiro.

Na tarde deste domingo, a mãe e outras pessoas foram ouvidas na delegacia. A delegada titular Juliana Tuma afirmou que o flagrante foi instaurado e que o a perícia do IML poderá identificar a natureza das mordida. Ela adiantou ainda que o menino será encaminhado ao serviço de acolhimento institucional até o caso ser elucidado. Mais informações sobre o caso devem ser obtidas na manhã desta segunda-feira (13). Com informações do portal G1.

Edição: Washington Luiz

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Não divulgamos links.Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do M.V News.

Recomendados para você.