Cena do filme O Último Tango em Paris repercute na web.

Netflix anuncia 2ª temporada de Luke Cage

domingo, 11 de setembro de 2016

Crivella disse que negro só gosta de: "cachaça, prostituição e macumba"?


Não dá para acreditar em tudo que está disponível na Internet. Como se trata de uma grande rede de computadores, há milhares e milhares de conteúdos que não correspondem a verdade publicados diariamente. Esses conteúdos circulam nas redes sociais, enfim, tem que selecionar e tomar cuidado antes de compartilhar certas informações. 

Em ano eleitoral então! Aumenta o número de falsas notícias que circulam pela web.

No Rio de Janeiro, por exemplo, voltou a circular uma história associada ao senador Marcelo Crivella, que concorre ao cargo de prefeito neste pleito eleitoral. Segundo informações, o político, que é bispo licenciado da Igreja Universal do Reino de Deus, conseguiu banir  do Youtube um vídeo onde ele aparece dizendo que "negro gosta mesmo é cachaça, prostituição e macumba".

Marcelo Crivella postou um vídeo onde é possível ver que a frase foi tirada do contexto. "Contra mentiras, nada melhor do que a verdade e a honestidade. Veja aqui como, de fato, eu falei sobre os negros na África. Não é com mentiras e boatos que se ganha uma campanha". Veja o vídeo:
É isso! Mais um boato maldoso que circula pelas redes sociais. Acompanhe as atualizações do Momento Verdadeiro.

Veja também:
Vinheta da MGM foi feita com o leão amarrado?

Por: Washington Luiz.

3 comentários :

  1. Abraão Wairss Jr.12 de outubro de 2016 08:27

    Parabéns!!! Crivella é 10.

    ResponderExcluir
  2. Acho q ele estava se referindo a cultura. Pessoal comunista jogando sujo.

    ResponderExcluir
  3. O bispo licenciado Marcelo Crivella responde à Folha:

    Segundo Crivella, "o livro foi escrito há décadas em inglês e Zulu quando eu vivia na África num ambiente de guerras, superstição e feitiçaria."

    Explicação:Só estou enrolando. E daí que eu escrevi há décadas, isto é, em 1999...Décadas?! Eu só falei décadas porque quero que pareça um ato irrefletido da minha juventude, quando eu era uma garoto imatura lá pelos meus 43 anos.

    "As poucas referências ao catolicismo foram equivocadas e extremistas feitas por um jovem missionário, cujo zelo imaturo da fé levou a cometer esse lamentável erro. Isso infelizmente ocorre", disse.

    Explicação: Aqui, mais uma vez, dou ênfase à ideia de que se tratava de um "garoto imaturo de 45 anos". Reforçando isso, espero que o povo de Deus acredite mesmo que, à época, eu era só um garoto. Comecei em 1977, ao lado do meu tio; fui consagrado BISPO, só na África foram 10 anos como missionário, levando a palavra colleta de Deus. Entenderam?! Desde 77 com meu tio Macedo, fui missionário, fui consagrado Bispo, casei, tive três filhos e sou engenheiro, mas, sobretudo, eu era um garoto imatura que não sabia o que dizia.

    Crivella diz, na nota, que ama "os católicos, espíritas, evangélicos e a todos."

    Explicação: Não esperem que eu diga, mais uma vez, que que a Igreja Católica e outras religiões cristãs "pregam doutrinas demoníacas".

    "Se alguma vez os ofendi, peço perdão. O mesmo em relação à homossexualidade."

    Explicação: aqui, olhem só, eu ainda tenho a cara de pau de iniciar essa frase como elemento "se". Por que será? Se alguma vez fui cara de pau, por favor, perdoem-me.

    ResponderExcluir

Não divulgamos links.Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do M.V News.

Ajude a manter o Momento Verdadeiro.

Recomendados para você.