CUIDADO NO QUE SE FALA



Muito cuidado no que se fala nesse País... Não estou aqui defendendo ninguém, apenas acostumado a ver tantas expressões equivocadas, todos se lembram do bá-fá-fá que foi a discussão ocorrida entre os Ministros Joaquim Barbosa e Gilmar Mendes, ambos do STF. Agora Ana Maria Braga vai pagar 150 mil de indenização por falar o que pensa, não é questão de valor, mas sim de ver como a Justiça é rápida em julgar uma causa que "fere a moral" de um juiz. E tem mais, vamos falar a verdade se é uma pessoa comum que pede indenização por danos morais o muito que ele pode receber é R$10.000,00 mil reais, o de uma juiza vale R$ 150.000,00. E a nossa constituição diz que todos são iguais perante a lei.

"Quando o direito ignora a realidade, a realidade se vinga ignorando o direito".
Georges Ripert



A 7ª Vara Cível do Foro Regional de Santo Amaro (SP) condenou a apresentadora Ana Maria Braga e a TV Globo a indenizar em R$ 150 mil a juíza Luciana Viveiro Seabra por danos morais. Para o juiz responsável pelo caso, David Malfatti, a apresentadora do programa "Mais Você" foi parcial em comentários contra a vítima. Durante o programa, Ana Maria disse que a morte de Evellyn estava anunciada e, sobre Luciana, chegou a comentar: "Ele tinha seqüestrado a jovem há menos de seis meses. Então a juíza falou: ele tem bom comportamento", disse a apresentadora, chamando atenção para a responsável pelo caso. "eu quero falar o nome dessa juíza para a gente prestar atenção. Ela, ela, a juíza é Luciana Viveiro Seabra". Fonte:Portal Imprensa



Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PF deflagra 59ª fase da Operação Lava Jato.

Toffoli determina votação secreta na eleição do Senado.