TSE suspende consequências para quem não votou nas eleições de 2020

Imagem
 O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso, assinou ontem (21) uma resolução suspendendo as consequências legais para quem não votou nas eleições municipais de 2020 e não justificou ou pagou a multa. Entre suas justificativas, a medida considera “que a persistência e o agravamento da pandemia da Covid-19 no país impõem aos eleitores que não compareceram à votação nas Eleições 2020, sobretudo àqueles em situação de maior vulnerabilidade, obstáculos para realizarem a justificativa eleitoral”. O texto da resolução sobre o assunto considera ainda a “dificuldade de obtenção de documentação comprobatória do impedimento para votar no caso de ausência às urnas por sintomas da covid-19”. A norma não estipula prazo para a suspensão das sanções para quem não votou e não justificou ou pagou multa. A medida ficará vigente ao menos até que o plenário do TSE vote se aprova ou não a resolução assinada por Barroso. Isso não deve acontecer antes de fevereiro, devido ao rece

Sabe vender é uma arte



Nem sempre a primeira comunicação gera uma venda, mas o primeiro contato vai definir se o cliente volta ou não. Pois a venda também é um processo que requer uma sintonia mais apurada do se quer e o modo como é oferecido.

Há algum tempo tenho ouvido reclamações sobre o atendimento ao cliente aqui em Campos dos Goytacazes. E por mais que possa parecer estranho, pude constatar que é verdade. Não é só sair por aí comprando, todos tem necessidades e de alguma forma o vendedor também se transforma em cliente em outra loja.

Sempre que vou às compras me preocupo com duas coisas. A primeira é o atendimento. O preço vem em segundo lugar porque é sabido aquele ditado que diz que o barato sai caro.

Poderia citar vários exemplos, mas seria uma lista muita longa de reclamações. Esses dias mesmo só para enfatizar estávamos eu e minha esposa num supermercado de renome internacional inaugurado a pouco na cidade, fiz minha compra e estava indo embora, quando decidi perguntar a um vendedor de TV por assinatura, sobre os pacotes oferecidos. Para minha surpresa o vendedor não deu a mínima para o que eu estava perguntando. Mascando chiclete, foi grosso e desatencioso comigo, resumindo imediatamente desisti de adquirir seu produto.

A venda não é simplesmente oferecer um produto, é preciso que o vendedor seja agradável e siga uma etiqueta isso é primordial para o sucesso da venda. Que não termina quando o vendedor convence ao cliente levar sua mercadoria. Só para lembrar a figura do vendedor (a) deve ser aquela pessoa que qualquer um queria ser parente.

Afinal: quanto vale um cliente satisfeito? R$R$R$R$.... A satisfação do cliente depende da personalização de suas preferências e necessidades.

Que Deus abençoe todos os vendedores.


Edição e comentários: Washington Luiz

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Crivella disse que negro só gosta de: "cachaça, prostituição e macumba"?

Bolsonaro tem melhor avaliação desde o começo do mandato | Podcast.

Vídeo Som de trombetas no céu de Israel é real?