IPTU 2010 volta a ser pauta na Câmara

Reprodução
Trabalhos iniciados no legislativo em 2010. A primeira sessão foi aberta com a participação da prefeita Rosinha Garotinho e a presença do vice-prefeito Dr. Chicão. Rosinha destacou que a possibilidade de redução dos royalties de petróleo significará a falência do município e assim solicitou o apoio de todos, principalmente na defesa desse recurso que hoje é a base econômica dos Estados do Rio de Janeiro e Espírito Santo e também de todos os municípios produtores.

O tema mais polêmico e aguardado pela oposição é a cobrança do Imposto Territorial Urbano desse ano, que foi temporariamente suspensa por erro de calculo da Secretaria de Finanças. A base de oposição iniciou os trabalhos prometendo fiscalizar com maior rigor o governo. O vereador Marcos Barcellar conhecido por seu estilo irônico chamou a prefeita de artista e frisou que lugar de celebridade é na Globo, o desabafo foi por conta da afirmação da prefeita quando em seu discurso declarou que seu governo está bem.

Os vereadores de oposição, Rogério Matoso(PPS), Dante Lucas(PDT), Abdu Neme(PSB), Jorginho Pé no Chão (PT do B) e Odisséia Carvalho(PT) juntos com Marcos Barcellar estão preprarados para fazer as devidas cobranças.

De acordo com o presidente da Câmara, Nelson Nahin o projeto foi aprovado ano passado, mas o tema ainda será abordado na sessão desta quarta-feira (24/02).

Edição e comentários: Washington Luiz

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PF deflagra 59ª fase da Operação Lava Jato.

Toffoli determina votação secreta na eleição do Senado.