Julgamento: Defesa dispensa cinco testemunhas.

Reprodução
Evitar fadiga dos jurados foi o motivo para defesa do casal Nardoni dispensar cinco testemunhas do julgamento.

A defesa do casal Alexandre Nardoni e Anna Carolina Jatobá, réus no julgamento da morte da menina Isabella Nardoni, dispensou cinco das dez testemunhas que estavam previstas para o júri que acontece no fórum de Santana, zona norte de São Paulo.

Foram dispensados a perita criminal Mônica Miranda Catarino, a perita Márcia Iracema Casagrande, o médico legista do Instituto Médico Legal (IML) Carlos Alberto Cuoco, o médico legista Laércio de Oliveira César e o investigador policial do 9º DP Theklis Caldo Katifedenios.

Ainda devem depor, além do jornalista Rogério Pagnan, da Folha de S.Paulo, o pedreiro Gabriel Santos Neto, o delegado do 40° DP Kalisto Kalil Filho, o perito do Instituto de Criminalística Sérgio Viera Ferreira e o escrivão do 9° DP Jair Stirbulov.

A dispensa das testemunhas foram realizadas porque a defesa teme que os depoimentos muito longos acabem por cansar e enfadar os jurados. A defesa também liberou a advogada Renata Pontes, ele tinha ficado no fórum para uma possível acareação, se fosse necessário. Ela depôs na terça-feira

Edição: Washington Luiz / Fonte: Terra

Comentários

Postagens mais visitadas