CPI do PSF foi apenas “um pedido inoportuno”?

 O rejeitado pedido de abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para apurar informações sobre o Programa Saúde da Família foi enterrado no inicio da noite desta quarta-feira (23) na Câmara Municipal de Campos.
reprodução -  Esse pedido é INOPORTUNO.
A maioria dos edis que fazem parte da crescente bancada governista deu por encerrado o assunto. Os vereadores Altamir Bárbara e Jorge Ribeiro Rangel ambos do Partido Socialista Brasileiro (PSB) do ex-prefeito Alexandre Mocaiber desconsideraram a possibilidade da CPI.  Rangel indagou: “Não estou entendendo? Investigar o que vereadora? Dá homologação pra cá, o que tem para se investigar?” Concluiu o parlamentar dizendo que o pedido foi INOPORTUNO.
Para o vereador Jorge Magal (PMDB), líder do governo na Câmara, não havia necessidade de mexer com algo que já está resolvido. O vereador disse que instaurar uma CPI agora só iria prejudicar a convocação dos aprovados no concurso.
reprodução - Vereadora deve ir
ao Ministério Público.
Com minoria na Casa de Leis a oposição tenta resistir, mas vê a cada sessão que dificilmente encontrará apoio dos demais vereadores. Como também entenderam que não vão conseguir aprovar nada que seja contra os interesses do governo. Os membros da oposição pretendem buscar os caminhos jurídicos para não naufragar. Já esperando que não tivesse seu pedido aprovado a vereadora Odisséia (PT) disse que deverá buscar apoio no terceiro poder, o JUDICIÁRIO.   
MomentoVerdadeiro.

Comentários

Postagens mais visitadas