Ministro concede habeas corpus para procuradora da República suspeita de participar do esquema de corrupção em Brasília.

reprodução
O ministro Napoleão Nunes Maia Filho do Superior Tribunal Justiça  decidiu conceder liberdade a promotora de Justiça Deborah Guerner e a Jorge Guerner seu marido. O ministro os concedeu habeas corpus no fim da noite desta quinta-feira (28).

No entendimento do ministro: “a prisão não está afinada com a proteção que o sistema jurídico confere ao direito de ir e vir”.

O casal estava preso desde o dia 20. A procuradora pode está envolvida num esquema de corrupção em Brasília, o caso ficou conhecido como mensalão, ainda a fortes suspeitas de que Deborah e Jorge tenham cometido algumas irreguralidades em São Paulo.

A procuradora da Republica ainda é acusada de fraude processual. Ela  pode ter simulado insanidade mental para escapar da responsabilidade dos crimes. As imagens foram divulgadas na imprensa e mostra um psiquiatra orientando a procuradora a agir como se fosse insana. Redação do Momento Verdadeiro com informações do jornal O Globo.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PF deflagra 59ª fase da Operação Lava Jato.

Toffoli determina votação secreta na eleição do Senado.