Igrejas cristãs são incendiadas em Senegal.

África Ocidental – Um conflito político atinge igrejas cristãs em Senegal. Centenas de pessoas ficaram feridas. Milhares de manifestantes senegaleses incendiaram prédios do governo e igrejas cristãs, na capital Dacar.

Os protestos começaram após o presidente, Abdoulaye Wade, estipular várias modificações na lei eleitoral do Senegal, com o objetivo de aumentar a possibilidade de candidatura para um terceiro mandato nas próximas eleições, em fevereiro de 2012.

Na lei atual, enquanto são necessários 50% dos votos para que o candidato vença no primeiro turno, com a mudança, seriam precisos apenas 25% para a vitória. Essa alteração, dentre outras, de acordo com críticos do governo, seria uma estratégia do presidente para se ver livre de um segundo turno e, ao mesmo tempo, fazer de seu filho, Karim Wade, e atual ministro, o seu sucessor.

Devido aos ataques, a região está passando por vários cortes de energia, prejudicando assim, a economia e a vida dos moradores locais.Tudo isso causou alvoroço entre os manifestantes, que foram às ruas provocando uma série de atentados contra escritórios do governo e igrejas cristãs.

Momento Verdadeiro/Com informações do portal ArcaUniversal

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PF deflagra 59ª fase da Operação Lava Jato.

Toffoli determina votação secreta na eleição do Senado.