Lula deve ter acompanhamento com fonoaudiólogos durante tratamento do câncer.

(reprodução)
Momento Verdadeiro - Os médicos constataram após o resultado de uma biópsia que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva desenvolveu um câncer do tipo mais comum, o exame indicou ainda que a agressividade do tumor é considerada média e seu estágio de desenvolvimento é relativamente inicial. As informações foram divulgadas na tarde desta segunda-feira(31) pela equipe médica que acompanha o ex-presidente no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo. Os médicos Roberto Kalil Filho, Paulo Hoff, Artur Katz e Luiz Paulo Kowalski são os responsáveis pelo tratamento. 


Kowalski explicou que o tumor do ex-presidente tem aproximadamente 3 centímetros, está em uma fase de desenvolvimento que os médicos chamam de T2 e ainda não atingiu as cordas vocais do paciente.

Hoff disse, porém, que o tratamento a que o ex-presidente será submetido pode afetar sua voz. “O tratamento pode deixar alguma alteração de voz”, afirmou ele. “Dando tudo certo, seria uma alteração mínima e não teria nenhum impacto para nosso paciente.”

Por causa desse impacto, Lula também deve ter acompanhamento de fonoaudiólogos durante o tratamento do tumor. 

Momento Verdadeiro com informações da Agência Brasil de Notícias.

Comentários

Ajude o Momento Verdadeiro.

Faça uma doação

Banco Santander

Agência: 1471

Conta Corrente: 01.032460.5

Washington Luiz Teixeira

Postagens mais visitadas