Câncer – ‘Cristina Kirchner’ é o quinto caso envolvendo chefe de Estado.

(Reprodução)
Após receber diagnóstico de câncer na tireoide, a presidenta da Argentina, Cristina Kirchner, de 58 anos, manteve hoje (28) a rotina de trabalho. Kirchner agendou reuniões com ministros, governadores e comandantes das Forças Armadas. Pela primeira vez, “Cristina Kirchner” aparecerá em público depois de a Casa Rosada (sede do governo argentino) confirmar que ela será submetida a uma cirurgia no dia 4 para a retirada de um tumor maligno na glândula tireoide.

Autoridades vítimas do câncer - O câncer detectado na presidenta argentina é o quinto caso envolvendo chefes de Estado da América Latina. No Brasil, a presidenta Dilma Rousseff se curou de um linfoma, enquanto o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva faz tratamento contra um tumor na laringe.
Na Venezuela, o presidente Hugo Chávez faz quimioterapia contra um câncer que começou com um tumor na região pélvica. O presidente do Paraguai, Fernando Lugo, fez sessões de quimioterapia em São Paulo e também em Assunção para tratar de um linfoma. Com informações da Agência Brasil.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PF deflagra 59ª fase da Operação Lava Jato.

Toffoli determina votação secreta na eleição do Senado.