Câncer – ‘Cristina Kirchner’ é o quinto caso envolvendo chefe de Estado.

(Reprodução)
Após receber diagnóstico de câncer na tireoide, a presidenta da Argentina, Cristina Kirchner, de 58 anos, manteve hoje (28) a rotina de trabalho. Kirchner agendou reuniões com ministros, governadores e comandantes das Forças Armadas. Pela primeira vez, “Cristina Kirchner” aparecerá em público depois de a Casa Rosada (sede do governo argentino) confirmar que ela será submetida a uma cirurgia no dia 4 para a retirada de um tumor maligno na glândula tireoide.

Autoridades vítimas do câncer - O câncer detectado na presidenta argentina é o quinto caso envolvendo chefes de Estado da América Latina. No Brasil, a presidenta Dilma Rousseff se curou de um linfoma, enquanto o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva faz tratamento contra um tumor na laringe.
Na Venezuela, o presidente Hugo Chávez faz quimioterapia contra um câncer que começou com um tumor na região pélvica. O presidente do Paraguai, Fernando Lugo, fez sessões de quimioterapia em São Paulo e também em Assunção para tratar de um linfoma. Com informações da Agência Brasil.

Comentários

Postagens mais visitadas