FIES: 'Universidades ameaçam cortar alunos por falta de pagamento'.

(Divulgação)
Número de alunos atendidos pelo Fies pode ser reduzido pelas Universidades particulares que aderiram ao programa de financiamento estudantil do governo federal.

Segundo informações divulgadas pela Folha Online as Universidades ainda não receberam repasses atrasados de R$ 500 milhões referentes a matrículas nos últimos dois anos.

De acordo com a Fenep (Federação Nacional das Escolas Particulares), o problema começou em 2010, quando o programa foi ampliado e a administração da verba migrou da Caixa para o Mec.

Em 2010, o Fies custeava 224 mil alunos; em 2011, mais de 150 mil aderiram. O governo reconhece que pode haver alguma demora no pagamento, mas nega que o valor seja tão alto.

Parte da lentidão, diz, pode ser culpa das próprias instituições, que ainda não se acostumaram com os novos ritos e demoram a fornecer dados dos alunos.

Com informações da Folha.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PF deflagra 59ª fase da Operação Lava Jato.

Toffoli determina votação secreta na eleição do Senado.