Eu apoio Notícias do Momento

Justiça considera improcedente a “Operação Telhado de Vidro” - que apurava desvio de milhões em Campos dos Goytacazes.

(DIVULGAÇÃO - FACEBOOK DO EX-PREFEITO DE CAMPOS DOS GOYTACAZES, ALEXANDRE MOCAIBER)

O ex-prefeito de Campos dos Goytacazes, Alexandre Mocaiber, e secretários acusados de desviar milhões dos cofres públicos da planície goitacá estão “limpos”. O juiz da 4 Vara Federal de Campos, Elder Fernandes Luciano, julgou improcedente a Ação Cautelar que afastou Mocaiber da prefeitura em 2008.

O magistrado disse que não houve malversação de verbas federais e determinou a liberação dos bens de todos os réus. Ele ainda determinou que a decisão seja anexada à Ação Penal e à Ação de Improbidade.

Relembre o caso - A Polícia Federal realizou uma operação denominada “Telhado de Vidro” para apurar suposto desvio de milhões dos cofres públicos. Na ocasião a PF prendeu (2008) dois secretários da Prefeitura de Campos dos Goytacazes, interior do Rio de Janeiro, numa operação contra fraude em licitações: José Luís Púglia (Obras) e Edílson de Oliveira Quintanilha (Desenvolvimento).

Segundo a PF, o esquema consistia na fraude de licitações públicas para contratação de serviços terceirizados. Além dos secretários, também participavam do esquema entidades filantrópicas e órgãos públicos.

Na ocasião foram realizadas buscas na casa do prefeito da cidade, Alexandre Mocaiber (PSB), e na do secretário de Fazenda, Carlos Edmundo Ribeiro. O esquema teria desviado R$ 240 milhões dos cofres públicos.


Por:Washington Luiz
Com Agências.


Comentários – Não perca seu tempo escrevendo palavrões, tentando ofender os outros, comentários assim não serão publicados – afinal aqui valorizamos sua opinião -- e ela será vista por milhares de internautas.  

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PF deflagra 59ª fase da Operação Lava Jato.

Toffoli determina votação secreta na eleição do Senado.