Advogado da família de Grazielly morta em acidente com jet ski vai pedir 10 milhões de indenização.


Fiquei sabendo! Que a família da pequena Grazielly Almeida Lames, 3 anos, atingida na cabeça por um jet ski desgovernado na praia de Guaratuba, em Bertioga no último dia 18 de fevereiro vai pedir 10 milhões de reais de indenização.

Ela visitava o mar pela primeira vez, brincava com a mãe na área rasa da praia quando o jet ski a atingiu na cabeça. Grazielly foi levada de helicóptero ao Hospital Municipal de Bertioga, com traumatismo craniano, mas chegou já morta. O adolescente suspeito de dirigir o jet ski fugiu do local sem prestar socorro.

O advogado José Beraldo, da família de Grazielly Lames informou no começo da tarde desta sexta-feira (30) que a indenização a ser pedida pela morte da menina será de R$ 10 milhões.


Desfecho do Caso – Segundo informações divulgadas pelo portal de notícias “UOL” o inquérito, presidido pelo delegado Rony da Silva Oliveira, da Delegacia Seccional de Santos, foram indiciados por homicídio culposo (quando não há intenção) o dono do jet ski, José Augusto Cardoso; o caseiro Erivaldo Francisco de Moura, conhecido como "Chapolin"; e dois mecânicos que fizeram a manutenção do aparelho dois dias antes do acidente: Tiago Veloso Lins e Ailton Bispo de Oliveira.

*Com informações do portal UOL.

O Caçador de Recompensas (1972) | Filme de Faroeste Dublado