TSE suspende consequências para quem não votou nas eleições de 2020

Imagem
 O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luís Roberto Barroso, assinou ontem (21) uma resolução suspendendo as consequências legais para quem não votou nas eleições municipais de 2020 e não justificou ou pagou a multa. Entre suas justificativas, a medida considera “que a persistência e o agravamento da pandemia da Covid-19 no país impõem aos eleitores que não compareceram à votação nas Eleições 2020, sobretudo àqueles em situação de maior vulnerabilidade, obstáculos para realizarem a justificativa eleitoral”. O texto da resolução sobre o assunto considera ainda a “dificuldade de obtenção de documentação comprobatória do impedimento para votar no caso de ausência às urnas por sintomas da covid-19”. A norma não estipula prazo para a suspensão das sanções para quem não votou e não justificou ou pagou multa. A medida ficará vigente ao menos até que o plenário do TSE vote se aprova ou não a resolução assinada por Barroso. Isso não deve acontecer antes de fevereiro, devido ao rece

"Fantástico" exibe especial sobre Hebe Camargo neste domingo.

A "Rainha da Televisão Brasileira" foi homenageada hoje (30) no Fantástico, da TV Globo, que preparou uma cobertura especial sobre a vida e a carreira da apresentadora Hebe Camargo.

Sua alegria de viver se transformou em estilo. Amigos lembram com saudade de histórias que viveram ao lado da apresentadora. 

O corpo de Hebe Camargo foi enterrado na manhã deste domingo, dia 30, no Cemitério Gethsemani, no bairro do Morumbi, em São Paulo.


"Fantástico": Milhares de fãs se despediram pessoalmente de Hebe Camargo. 
Silvio Santos se despede de Hebe Camargo.

Não faltaram manifestações de carinho durante o velório, a missa conduzida pelo Padre Marcelo Rossi, o cortejo pelas ruas e o derradeiro adeus na cerimônia de sepultamento. 

Fãs apressados. Lágrimas. O desejo de estar mais perto de Hebe Camargo. “Gostava muito da Hebe, gostava muito dela”, diz uma fã. 

“Acho que sim, que é insubstituível”, afirma uma fã. Cada um buscando a melhor lembrança. “Gostava do selinho que ela dava nos artistas”, conta fã. 

Uma multidão em coro. “Hebe! Hebe, eu te amo!”, gritam. 

As homenagens começaram no sábado (20). À noite, o caixão com o corpo da apresentadora chegou ao Palácio dos Bandeirantes, sede do governo do Estado de São Paulo. E logo quem sempre deu gargalhadas com Hebe foi dar adeus à mulher que durante 60 anos conquistou uma legião de fãs no rádio e na televisão. 

“Irreparável. Tinha uma Alegria de viver”, diz uma senhora. Colegas de trabalho, autoridades e artistas foram se despedir. 

“Todos os momentos ao lado da Hebe me marcaram. Todos. Ela é minha amiga e ainda vai ser pra sempre”, declara Claudia Leitte. 

“Uma mulher muito vencedora, vencedora em todos os sentidos da palavra”, diz Emerson Fitipaldi. 

Amigos de longa data estavam lá. Silvio Santos falou com Hebe. E se despediu com a marca registrada da apresentadora, o selinho. 

O cantor Fábio Júnior chorou ao lado da amiga. Diante do caixão, Roberto Carlos ficou alguns minutos em silêncio. Por várias vezes, Hebe declarou que era fã número 1 do cantor. 

“Hebe vai ficar no coração, no meu coração, e no coração de todos os brasileiros, de todas as pessoas que amam Hebe profundamente. Eu tenho certeza disso. A gente nunca vai esquecer uma pessoa como a Hebe”, declara Roberto Carlos. 

Marcelo, o único filho, se enrolou num manto com a foto da mãe. 

De manhã os fãs foram chamados para rezar pela apresentadora. A missa foi celebrada pelo Padre Marcelo Rossi a pedido da própria família de Hebe. A apresentadora, antes de morrer, já tinha feito um pedido ao padre: que essa não fosse uma missa triste, mas uma missa de memória. 

Foi uma celebração à alegria de Hebe. O Padre Marcelo cantou um dos sucessos de Roberto Carlos. Todos no salão se emocionaram quando um grupo de pessoas entrou cantando a mesma música. 

No final do velório, uma homenagem que não estava programada: o discurso de despedida de um fã arrancou aplausos. 

O caixão seguiu para o cemitério em um carro do Corpo de Bombeiros. 

No caixão coberto com a bandeira do Brasil, foram jogadas pétalas de rosas. E foi sob muitos aplausos que Hebe Camargo foi enterrada. 
“Até os últimos momentos, brincando, fazendo piada e rido da nossa cara, sempre... É isso que vai ficar pra sempre”, declara Claudio Pessutti, sobrinho e assessor. 




Momento Verdadeiro| Televisão.

Com informações do Fantástico.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Crivella disse que negro só gosta de: "cachaça, prostituição e macumba"?

Bolsonaro tem melhor avaliação desde o começo do mandato | Podcast.

Vídeo Som de trombetas no céu de Israel é real?