Bolsonaro diz que insumos da CoronaVac chegarão nos próximos dias

Imagem
O presidente Jair Bolsonaro afirmou, na tarde desta segunda-feira (25), que os insumos necessários para a fabricação da vacina CoronaVac estão próximos da liberação pela China e devem chegar ao Brasil "nos próximos dias". A informação, segundo o presidente, foi repassada pela Embaixada do país asiático.  Além dos insumos da CoronaVac, o presidente disse que os ingredientes farmacêuticos ativos (IFA) da outra vacina em uso no Brasil, a produzida pela AstraZeneca em parceria com a Universidade de Oxford, também estão com trâmite acelerado para que possam ser enviados da China.  Com a chegada da matéria-prima das duas vacinas, tanto o Instituto Butantan quanto a Fundação Oswaldo Cruz poderão produzir, envasar e rotular milhões de doses da CoronaVac e do imunizante da AstraZeneca.   Também pelas redes sociais, o embaixador da China no Brasil, Yang Wanming, compartilhou a publicação de Bolsonaro e destacou que o seu país continuará a ajudar o Brasil no combate à pandemia. Nos últi

José Maria Marin não chefiará o Corinthians no Japão.

Momento Verdadeiro|Com Agências.

Corinthians comunica que após ter sido convocado pelo presidente da FIFA, Joseph Blatter, para compor a delegação da entidade no Campeonato Mundial de Clubes, o presidente da CBF, José Maria Marin, não poderá acompanhar o Corinthians durante a competição. Apesar de ter inicialmente aceito o convite do Timão, José Maria Marin teve que atender a convocação da entidade máxima do futebol mundial e "desfalcará" o Corinthians. 
[Presidente da CBF, José Maria Marin - Foto/Ascom-CBF]
Marin fez questão de comunicar prontamente a mudança ao clube. Aproveitou para desejar boa sorte no torneio internacional; e também para convidar o presidente Mário Gobbi para chefiar a delegação brasileira no primeiro amistoso da Seleção em 2013, em Londres, no que foi prontamente aceito. 

"O Corinthians agradece ao presidente da CBF por ter, inicialmente, aceito o convite. Entende as razões que o fizeram declinar. E tem certeza de que novas oportunidades virão para que ele nos acompanhe", explicou o presidente Mário Gobbi.

Antes de Marin, o Corinthians cogitou colocar Luís Inácio Lula da Silva, presidente da República entre 2003 e 2010 e torcedor corintiano, na posição. O político, porém, informou que não poderia participar do evento e a cúpula, então, fez o convite a Marin. Com a recusa do dirigente, o cargo não deve ser ocupado na viagem para a disputa do Mundial.

Ofício do presidente da CBF destinado ao Corinthians:

[Clique para ampliar | Fonte CBF]

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Crivella disse que negro só gosta de: "cachaça, prostituição e macumba"?

Bolsonaro tem melhor avaliação desde o começo do mandato | Podcast.

Vídeo Som de trombetas no céu de Israel é real?