Michael Jackson bebia seis garrafas de vinho para combater a insônia.


(Foto:Reprodução de Internet)
O cantor, compositor e dançarino Michael Joseph Jackson estava bêbado e paralítico quando anunciou os últimos shows de sua carreira. A informação é do site "The Sun". Em 2009, o Rei do Pop bebia seis garrafas de vinho por dia para combater a insônia, revelou Mark Lester. Segundo o compadre de Michael, ele estaria "paralítico", e por causa de seu estado de saúde quando foi divulgado o show "This Is It", na O2 Arena de Londres, Michael Jackson apenas foi capaz de fazer um discurso mínimo. "O Michael desmaiou na cama do hotel. O médico contou que ele já tinha bebido dois terços de uma garrafa de Whisky e estava paralítico", revelou ao "Sun". 

"Ele ficou sóbrio para o discurso do This Is It", relatou ainda Lester. 

A verdade é que a família Jackson alegou, na Justiça, que a promotora AEG teriam contratado Michael Jackson e  um dublê e não pretendia cancelar o evento, segundo informações. 

"O Paris, a Prince e a avó acreditam que havia um Michael Jackson falso envolvido. E até contrataram detetives para descobrir", declarou uma fonte ao Daily Star.

Bianca Cobb, especialista em linguagem corporal, disse em entrevista à "Fox News" que "o homem dos vídeos não é o Michael Jackson" e ainda apontou detalhes como a forma de caminhar e o andar de cabeça para baixo como traços que distinguem o original  do suposto dublê. Com informações do site "Disco Digital".

Reveja o videoclipe "Thriller":


Veja também:

Comentários

Postagens mais visitadas