Felipe Andreoli, repórter do 'CQC', é vítima de arrastão.

Felipe Andreoli criticou a falta de segurança em São Paulo. Na noite da última quinta, 30, o repórter do CQC estava no restaurante Ruella, na Rua João Cachoeira, no Itaim Bibi, Zona Sul, por volta das 23 horas, quando mais de 20 clientes foram saqueados. A informação é do Diário de S. Paulo.
(Divulgação)
Andreoli e a família ocupavam a última mesa, no canto. Segundo ele, os ladrões repetiam que quem escondesse algo ia tomar tiro. “Os caras estavam tão loucos que, quando passaram na nossa mesa, com nossas carteiras, relógios e celulares em cima, só levaram a correntinha da minha cunhada e o celular do meu irmão”, comentou.

“Afinal, sabem que a impunidade é quase certa. Aproveitaram um restaurante com movimento, no feriadão, e bingo. Enquanto tem gente tremendo e chorando, ainda devem estar dando risada, se não seguiram para outro assalto”, reclamou no Twitter.

Segundo testemunhas, três ou quatro ladrões dominaram os manobristas e as pessoas que estavam na parte externa do restaurante obrigando todos a entrarem no estabelecimento. Apenas um portava arma. A ação foi muito rápida.

A dona do restaurante, Danielle Dahoui,  segundo Andreoli, foi de mesa em mesa, com lágrimas nos olhos, pedir desculpas aos clientes. “Foi de cortar o coração ver funcionários e a dona chorando como se tivessem cometido o assalto.”

Segundo informações do jornal "Diário de S. Paulo", a polícia prendeu um dos assaltantes na sexta (31).

Postagens mais visitadas deste blog

PF deflagra 59ª fase da Operação Lava Jato.

Toffoli determina votação secreta na eleição do Senado.