Eu apoio Notícias do Momento

Extra e Submarino lideram a lista de reclamações da Black Friday.

Lojas que tiveram o maior número de reclamações durante a Black Friday no Brasil. A informação foi divulgada no site Reclame Aqui: Extra.com.br - Submarino - Ponto frio (loja virtual)- Americanas.com - Casas Bahia  (loja virtual)- Walmart  (loja virtual) - Centauro (loja virtual)- Saraiva (livraria, editora, virtual) - Magazine Luiza (loja virtual) - Fast shop.

Outro Lado: O Walmart informou que todas as dúvidas dos consumidores no "Reclame Aqui" no período foram esclarecidas com contatos telefônicos ou por meios eletrônicos, inclusive as que não diziam respeito à Black Friday.

A Saraiva informou que não pode se manifestar a respeito, pois até o momento ainda não havia sido notificada oficialmente sobre o assunto. "A premissa da Saraiva respeitar todo e qualquer direito de seus clientes", declarou a empresa.

A Whirpool, dona das marcas Brastemp e Consul, diz que está "em contato com os consumidores que tentaram adquirir produtos nos nossos sites para garantir que a compra seja efetuada com sucesso".

O Magazine Luiza disse que "reforçou a estrutura do site e não registrou instabilidade durante o evento", afirmando que ampliou a equipe de atendimento para o período da promoção.

A Centauro disse que pelo "volume excessivo de visitas", o site teve "momentos de instabilidade". A empresa diz que os acessos foram 15 vezes superiores à quantidade de visitantes recebida regularmente na loja virtual, está "trabalhando para corrigir falhas no site causadas por muitos acessos" e vai estender os descontos até a próxima segunda-feira.

O Submarino e Americanas.com disseram que não vão comentar o assunto.

Segundo informações do site 'SRZD', no Rio de Janeiro, a secretária de Estado de Proteção e Defesa do Consumidor, Cidinha Campos, declarou que os comerciantes não se preocuparam em manter a ética, mesmo sabendo que estavam sendo fiscalizados. "É surpreendente como o comerciante se acha esperto fazendo essas mesquinharias para ganhar tão pouco. Não se preocupam em ser descobertos, mesmo em ocasiões como o Black Friday, que sabem que estão sendo vigiados por consumidores e órgãos de vigilância. Eles não têm nenhum apreço pelas marcas deles, jogando elas no lixo", disse.

Postagens mais visitadas deste blog

PF deflagra 59ª fase da Operação Lava Jato.

Toffoli determina votação secreta na eleição do Senado.