Música "Alone Yet Not Alone" teve indicação ao Oscar revogada.

A Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood revogou a indicação ao Oscar da música para "Alone Yet Not Alone", depois que o compositor violou as regras da premiação e enviou um email para integrantes do júri apresentando a música para consideração.

O músico Bruce Broughton, ex-dirigente da Academia e atualmente membro da seção musical do comitê executivo da organização, compôs a música para o filme independente de mesmo nome.

A Academia disse nesta quarta-feira que Broughton usou sua posição dentro da organização para contactar membros do júri sobre o fato de ele ter submetido a música, o que era "inconsistente" com as regras de campanha para nomeações ao Oscar.

"Não importa se a comunicação teve boa intenção, usar a posição como ex-dirigente da Academia e membro do comitê executivo para pessoalmente promover a sua própria submissão ao Oscar cria a aparência de uma vantagem injusta", disse num comunicado Cheryl Boone Isaacs, presidente da Academia.

Broughton disse num comunicado que estava "arrasado" por causa da decisão.

"Eu me permiti fazer a campanha mais simples, e isso se virou contra mim quando a música começou a ganhar atenção. Eu fui derrubado por competidores que tiveram meses de promoção e propaganda por trás deles. Eu simplesmente pedi às pessoas para ouvir e avaliar a música", afirmou o músico.

(*) Fonte: Terra

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Crivella disse que negro só gosta de: "cachaça, prostituição e macumba"?

Bolsonaro tem melhor avaliação desde o começo do mandato | Podcast.

Vídeo Som de trombetas no céu de Israel é real?