Boeing Black smartphone criado para se autodestruir quando violado.


A fabricante americana de aviões Boeing desenvolveu um smartphone destinado a profissionais que atuam na defesa e segurança dos Estados Unidos, informou a empresa nesta quinta-feira. Detalhes do Boeing Black foram apresentados nesta semana à Comissão Federal de Comunicações (FCC): ele utiliza o sistema operacional Android, do Google.

O Boeing Black é feito como um dispositivo selado com resina epóxi. Qualquer tentativa de quebrar a carcaça do dispositivo para acessar seu hardware, e portanto seus dados, aciona um mecanismo que além de criptografar ligações e mensagens, apaga automaticamente todos os seus dados e programas.

O aparelho oferecerá suporte para dois chips e funcionará nas redes GSM, WCDMA e LTE. O smartphone também terá bateria removível, recursos de conexão Wi-Fi e Bluetooth e armazenamento de dados em cartão microSD.

Fonte: Veja

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PF deflagra 59ª fase da Operação Lava Jato.

Toffoli determina votação secreta na eleição do Senado.