Bolsonaro diz que insumos da CoronaVac chegarão nos próximos dias

Imagem
O presidente Jair Bolsonaro afirmou, na tarde desta segunda-feira (25), que os insumos necessários para a fabricação da vacina CoronaVac estão próximos da liberação pela China e devem chegar ao Brasil "nos próximos dias". A informação, segundo o presidente, foi repassada pela Embaixada do país asiático.  Além dos insumos da CoronaVac, o presidente disse que os ingredientes farmacêuticos ativos (IFA) da outra vacina em uso no Brasil, a produzida pela AstraZeneca em parceria com a Universidade de Oxford, também estão com trâmite acelerado para que possam ser enviados da China.  Com a chegada da matéria-prima das duas vacinas, tanto o Instituto Butantan quanto a Fundação Oswaldo Cruz poderão produzir, envasar e rotular milhões de doses da CoronaVac e do imunizante da AstraZeneca.   Também pelas redes sociais, o embaixador da China no Brasil, Yang Wanming, compartilhou a publicação de Bolsonaro e destacou que o seu país continuará a ajudar o Brasil no combate à pandemia. Nos últi

Aprovado projeto de lei que proíbe ingresso de pedófilos em cargo público.

Foi aprovado nesta quarta, 30 de abril, na Assembleia Legislativa do Rio (Alerj)  o projeto de lei 1.876-A/2012, do deputado Flávio Bolsonaro (PP), para proibir que se dê posse em cargo público da administração pública direta e indireta, autarquias e fundações a candidatos que tenham sido condenados, com sentença transitadas em julgado, pela prática de qualquer tipo de abuso sexual contra menores de idade. 

Pelo texto votado, o impedimento valerá mesmo quando a pena de pedofilia já tiver sido cumprida. “Ninguém quer que no serviço público, principalmente em áreas que lidam de forma mais próximas com crianças, como educação e saúde, profissionais já condenados por um crime hediondo como é o de pedofilia. Dessa forma, procuramos preservar todas as crianças do Estado do Rio de Janeiro de serem vítimas de servidores públicos que ainda pensem em cometer esse tipo de atrocidade”, disse o deputado. 

O projeto segue agora para o governador Luiz Fernando Pezão, que terá 15 dias úteis para vetar ou sancionar o texto. (Comunicação Social da Alerj).

Comentários

  1. PQ? QUER DIZER QUE ANTES PODIA SE APOSSAR DE CARGOS DE QUALQUER ESPÉCIE CONSENADOS DA JUSTIÇA? AI NA BOA ESSE PAIS É UMA MÃE NEH..... AQUI BANDIDO GANHA ATÉ CARGO PÚBLICO !!!!!!!!!!!!!!!!!! QUER DIZER QUE SE O CARA NÃO FOR LIDAR DIRETAMENTE COM CRIANÇA ELE SE APOSSA? LEGAL !!!!!!!!!!! É POR ISSO QUE O PAIS TAH ASSIM NEH ..... DEVEMOS PENSAR ENTÃO : SE EU NÃO DER CERTO NO CRIME EU VIRO FUNCIONÁRIO PUBLICO !!!!!!!!!!!!!!!!! ISSO É PIADA. NÃO ENTENDO PQ NESSE NOSSO REGIME CARCERÁRIO ALGUÉM ACHA QUE EXISTE POSSIBILIDADE DE RECUPERAÇÃO. É PIOR AINDA PRA CUIDAR DOS INTERRESES DA POPULAÇÃO, PQ CARGO PUBLICO É CUIDAR DOS NOSSOS INTERESSES, E EU NÃO QUERO NENHUM BANDIDO CUIDANDO DISSO PRA MIM, NA BOA....

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Não divulgamos links.Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião do M.V News.

Postagens mais visitadas deste blog

Crivella disse que negro só gosta de: "cachaça, prostituição e macumba"?

Bolsonaro tem melhor avaliação desde o começo do mandato | Podcast.

Vídeo Som de trombetas no céu de Israel é real?