Felipão: "somente o Grêmio seria capaz de o trazer de volta ao futebol".


O ex-técnico da seleção Brasileira, Luiz Felipe Scolari, foi apresentado oficialmente como novo comandante do Grêmio. Felipão participou na manhã desta quarta-feira, 30, de uma entrevista coletiva realizada na nova casa do Tricolor e contou com as presenças do presidente Fábio Koff; do gerente de Futebol, Rui Costa; e do assessor, Marcos Chitolina. Além dos membros do conselho de administração. Jornalistas de várias partes do Brasil, conselheiros, funcionários do Clube e conselheiros que lotaram o auditório da Arena.

O site oficial do Grêmio informa que Felipão desembarcou em Porto Alegre por volta das 10h15 e foi recepcionado no aeroporto Salgado Filho por centenas de torcedores. Atencioso, Scolari distribuiu autógrafos e agradeceu, antes de entrar na van que o levou para Arena, juntamente com seus auxiliares, Ivo Wortmann e Murtosa.

Felipão foi recebido pela direção gremista no vestiário antes do início da entrevista coletiva. Na mesa principal, o presidente Fábio Koff foi o primeiro a fazer uso da palavra. Ele agradeceu o apoio dos membros do conselho de administração, se disse uma pessoa abençoada por viver, 18 anos depois, um momento tão marcante, e deu as boas-vindas ao novo técnico: “Nunca escondi que, desde que cheguei ao Grêmio, o meu desejo era trazer o Luiz Felipe de volta. Hoje é um momento muito feliz pra nós. Estou ao lado de uma pessoa que se tornou conhecido mundialmente pelo trabalho, dedicação e vitórias. Que sejamos felizes, que possamos devolver ao Grêmio aquilo que é do Grêmio. Acredito no teu trabalho”, declarou.

Visivelmente emocionado, Luiz Felipe Scolari se disse agradecido ao Tricolor pelo convite e salientou que, somente o Grêmio seria capaz de o trazer de volta ao futebol após o término da Copa do Mundo: “Todo mundo sabe que eu sou gremista, aqui sempre considerei a minha casa e sei que vou receber aquele carinho e aquele abraço que estou precisando. Nada me faz mais feliz do que estar aqui hoje. Nós vamos fazer um trabalho com vontade, carinho e disciplina. Obrigado ao Grêmio e a todos os gremistas”, proferiu.

Pelo Grêmio, Scolari conquistou os Campeonatos Gaúchos de 1987, 1995 e 1996; a Copa do Brasil de 1994; a Copa Libertadores da América de 1995; a Recopa Sul-Americana de 1996 e o Campeonato Brasileiro de 1996. Em 1995, foi vice-campeão do mundo no Japão. Ao todo, foram 318 jogos no comando do Tricolor com 152 vitórias, 90 empates e 76 derrotas. Nesse período, conquistou 11 títulos à frente do Tricolor. Além da passagem vitoriosa pelo Grêmio, o treinador conquistou inúmeros títulos por onde passou, como Criciúma, Palmeiras, Cruzeiro e a seleção Brasileira, onde sagrou-se campeão do mundo na Copa do Japão e Coreia. Curta nossa página no  Facebook Twitter.

Com informações do site do Grêmio.

Comentários

Postagens mais visitadas