Templo de Salomão: IURD se pronuncia sobre suspeita de fraude.


A Igreja Universal do Reino de Deus já se pronunciou sobre a acusação de fraude. O Ministério Público de São Paulo tem acompanhado investigações da prefeitura de São Paulo sobre possíveis irregularidades na construção do Templo de Salomão e não descarta a possibilidade de mover uma ação demolitória na Justiça contra o megatemplo, segundo noticiou o Gospel+.

De acordo com a IURD, até o momento a denominação “não foi ouvida ou sequer informada das irregularidades supostamente praticadas”. Em nota divulgada em seu site, a igreja do bispo Edir Macedo se defende e diz que é precipitado dizer que houve fraude: “É no mínimo prematuro afirmar que tenha havido ‘fraude’ em qualquer etapa da construção do Templo de Salomão, que transcorreu ao longo de quatro anos sob intensa fiscalização e grande transparência”, diz trecho do comunicado.
Em sua conclusão, a igreja alega que há preconceito contra a denominação e que cumpre as leis: “Reiteramos que a Universal preza pelo rigoroso cumprimento das leis e pelo acatamento às autoridades constituídas no Brasil e nos mais de cem países onde atua. Mas exigiremos sempre respeito e não preconceito contra nossa fé”.

A inauguração do Templo de Salomão acontece hoje, apesar da falta do Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB) que a instituição emite para o funcionamento de novas edificações. Curta nossa página no  Facebook Twitter.

Comentários

Ajude o Momento Verdadeiro.

Faça uma doação

Banco Santander

Agência: 1471

Conta Corrente: 01.032460.5

Washington Luiz Teixeira

Postagens mais visitadas