Vice-presidente do Brasil tem preferência pelo Banco Santander, diz revista.


Brasil - De acordo com a coluna 'Radar on-line', do jornalista 'Lauro Jardim', a análise dos efeitos de uma possível reeleição de Dilma Rousseff sobre a economia brasileira colocou o Santander sob a mira do Palácio do Planalto e do PT, mas pelos lados do Palácio do Jaburu o banco espanhol não é (ou pelo menos não era) tão mal visto assim.

Segundo a publicação, Michel Temer declarou ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) possuir 2,6 milhões de reais no Santander, entre investimentos e conta corrente. O dinheiro corresponde a 35% do patrimônio de 7,5 milhões de reais declarado por Temer à Justiça Eleitoral.

A propósito, o valor é maior que a soma do dinheiro guardado pelo vice-presidente nos bancos do governo, o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal, onde Temer possui, respectivamente, 735 300 reais e 246 400 reais.

Será que os aliados petistas mais radicais pedirão que Temer encerre sua conta no banco Santander?

Curta nossa página no  Facebook Twitter.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

PF deflagra 59ª fase da Operação Lava Jato.

Toffoli determina votação secreta na eleição do Senado.