Flamengo goleia e deixa Vitória mais perto do rebaixamento.


O Flamengo levou muito a sério o confronto de sábado à noite na Arena da Amazônia, diante do Vitória, mesmo sem mais nada a disputar neste Campeonato Brasileiro. Com gols de Kadu (contra), Elton, Everton e Nixon, o rubro-negro carioca goleou o baiano por 4 a 0.

O resultado foi péssimo para o desesperado Vitória, que segue na zona do rebaixamento e não depende mais de si para escapar da série B em 2015. Com 38 pontos, o Vitória segue na 17ª colocação e tentará a vitória contra o Santos na última rodada, mas tem que torcer contra o Palmeiras, que receberá o Atlético-PR no novo Palestra Itália.

Já o Flamengo soma agora 51 pontos e dorme na oitava posição, podendo ser ultrapassado neste domingo pelo Furacão. Na última rodada, o Flamengo se despede diante do Grêmio em Porto Alegre, no domingo.

O Vitória iniciou a partida dando um susto na pequena torcida do Flamengo na Arena da Amazônia. Com um minuto de bola rolando, uma falta ensaiada deixou Dinei na frente de Paulo Victor, que salvou o gol, mas deu rebote. Neto Coruja mandou para as redes. O lance, entretanto, foi anulado pelo árbitro, já que o volante baiano ajeitou a bola com a mão. Apesar do susto inicial, o Flamengo foi melhor no primeiro tempo. Com maior posse de bola, o time rubro-negro carioca explorava bem as laterais e criava muitas oportunidades de gol.

O momento de maior pressão do Flamengo começou por volta dos 22 minutos. Everton recebeu de João Paulo, entrou na área, foi ao fundo e cruzou. Elton tentou o chute mas Ednei aparece para salvar o Vitória. Aos 24, escanteio que Elton aproveitou de cabeça e Wallace quase empurrou para o gol. Três minutos depois, saiu o gol do Flamengo num lance polêmico que começou com Elton chutando em cima de Gatito. No rebote, o mesmo Elton levantou do outro lado e Everton cabeceou por cobertura. A bola foi em direção à trave, e o zagueiro Kadu tentou cortar mas tocou para dentro. Como Gatito chegou logo e segurou a bola, os jogadores do Vitória ficaram reclamando que a bola não teria cruzado a linha, mas o assistente confirmou o gol.

Curta a fanpage do Momento Verdadeiro no Facebook e receba notícias.

Mesmo na frente, o Fla não diminuiu o ritmo e quase ampliou aos 34. Nixon recebeu de Canteros e avançou pela ponta direita. Ao se aproximar da área, levantou para Elton, que entrava livre. O atacante mergulhou com os pés, mas a bola tocou no travessão e não entrou. O Vitória arriscou uma reação no final da etapa. Aos 39, José Welison cobrou lateral na área, Dinei cabeceou para o meio e Marcinho acertou o travessão de Paulo Victor. No último lance da primeira etapa, Richarlyson cobrou falta e Paulo Victor defendeu. No rebote, Marcinho cruzou e Dinei ficou pedindo pênalti após dividida.

O Flamengo voltou para o segundo tempo cadenciando mais o jogo, mas mesmo assim sua superioridade em campo era evidente. Mesmo precisando desesperadamente do resultado, o Vitória eswbarrava nas sus limitações técnicas e pouco conseguia criar ofensivamente. Após algumas chances desperdiçadas por incompetência de seus atacantes, o Flamengo chegou ao segundo gol aos 23 minutos. Lucas Mugni, que havia entrado no lugar de Márcio Araújo, levantou na área para Elton, que se antecipou no lance e fez de cabeça.

Perdendo por 2 a 0, o time baiano teve seu estado emocional nitidamente alterado. Aos 29, Escudero pisou em Cáceres, recebeu o segundo cartão amarelo e foi para os vestiários mais cedo. Com um a mais em campo, a situação ficou ainda mais fácil para o Flamengo. Aos 35, contra-ataque carioca pegou a defesa adversária aberta e Nixon tocou para Everton fazer 3 a 0. Aos 40, foi a vez de Nixon deixar o dele. O atacante recebeu na área, venceu a mercação e tocou no canto para fazer o quarto gol do Flamengo.


No final, a equipe de Vanderlei Luxemburgo foi aplaudida de pé em Manaus.

Fonte: Terra

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Professor Xavier e Magneto se casaram?

Morre Mauricio Torres, apresentador do "Esporte Fantástico".

PRINCIPAIS NOTÍCIAS DO DIA